Ban

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Uma morte de passarinho!...


De Simão Jatene sobre Benedito Nunes:
"Em nome de todos os paraenses, agradeço a inestimável contribuição do mestre Benedito José Nunes à cultura do país. A sua dedicação como escritor, crítico de arte, filósofo e professor é irretocável. Mais ainda, sua grandeza como paraense se revelou quando recebeu convites irrecusáveis para trabalhar em outros centros, no Brasil e no exterior, mas escolheu o Pará como destino e lugar para viver e construir a sua vasta e admirável trajetória intelectual. O Pará, reconhecido, saberá honrar a sua memória".
E do CJK: “O intelectual verdadeiro é o que procura, incansavelmente, a verdade, mas não apenas para festejar intimamente, mas para dizê-la, escrevê-la e sustentá-la publicamente. E ele assim o fez, e de forma diferenciada. Em contraponto com a trajetória de outros "intelectuais", Benedito Nunes nunca se acercou do Poder, ao contrário de outros, para quem a proximidade com as eventuais camadas dominantes funciona como a validação de suas ideias e projetos. Partiu em Paz, sem comprometer sua independência”.

3 comentários:

Anônimo disse...

Prezada Blogueira,

Adoro seus comentários e é bom mesmo ficar fiscalizando, mas com todo respeito, queria questionar umas coisas:

Sabes que Belém carece de material humano qualificado como um doente carece de oxigencio, sabes que Belém é um ovo de codorna, virou mexeu um se esbarra no outro, que goste ou não os contatos pessoais se resumem a contatos socio-economicos (só frequenta a mesma roda quem fatura a mesma quantia) ai te pergunto, levando em conta essa quantidade de fatores, tu não acha extremamente natural a contratação de filhos, afilhados, primos, sobrinhos, amigos intimos uns dos outros. Porque cá pra nós, eu trabalho na iniciativa privada e ralo horrores pra achar funcionario competente, e por mais que queria abrir o leque de opções, sempre cai nessa mesma gente.
Pessoas com nivel médio, está cheio, competente, nem tanto, agora qnd o assunto é nivel superior, lascou e competente.. ultimamente to importando do NE e com muita dificuldade, pois parece que lá o negócio melhorou consideravelmente que eles tão considerando isso aqui o fim de mundo!
Qual a sua opinião?

Anônimo disse...

Que história é essa de falar "em nome de todos os paraenses"?
No meu nome esse fdp não fala.
Te manca, jatene safado.
Eu falo por mim e prestei, pessoalmente, minhas condolências à família do inesquecível Mestre Benedito Nunes.

Anônimo disse...

A Simão, será que tu vai ficar batendo no peito 4 anos, o Pará não vai aguentar!!!