Ban

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Um ato covarde e monstruoso



Estou pretérita com essa demissão da jornalista Waleiska Fernandes.

E mais ainda com os comentaristas que tentam justificar, e até defender, a violência de que essa menina foi vítima.

Será que a política torna as pessoas tão monstruosas e pusilânimes a ponto de fazer com que se sintam satisfeitas diante de uma arbitrariedade dessas?

Será que as pessoas que falam tanto em mudar o mundo, em construir uma sociedade mais justa, acreditam que podem realmente fazer isso a partir de fogueiras inquisitoriais?

“Ah, porque o PT fez!... Ah, porque o PT faz!...”

Que se danem os petistas!

Sempre tive pra mim, no fundo do coração, que havia, sim, uma diferença, pequena, mas diferença, entre tucanos e petistas: a maior tolerância dos primeiros em relação ao pensamento divergente.

Mas, a cada dia que passa, mais e mais me convenço que se botar a todos num tacho e espremer, a água que vai sobrar não poderá nem ser lançada num esgoto, sob pena de caracterizar crime ambiental.

Como é que alguém pode defender a demissão de uma menina grávida? – me digam aí...

Acaso não há mulheres neste governo, ou os homens deste governo não têm mulher, mãe, irmã ou filha?

Como é que alguém pode falar, como o Jatene fala, em “pacto com a sociedade”, em unir todas as forças para arrancar o Pará dessa miséria, e ao mesmo tempo consentir numa violência dessas?

Como é que pessoas, que se dizem democratas, amantes da liberdade e de direitos duramente conquistados pela sociedade, podem se tornar cúmplices de algo assim?

Até quando este Pará permanecerá escravo dessa coisa ridícula, covarde e obscurantista de perseguir os outros por suas opções políticas?

Até quando as pessoas desta terra, que mais parece encafuada na Idade Média, seguirão achando que a coisa pública pode ser usada simplesmente para beneficiar os “compadres” e exterminar os adversários?

Infelizmente, os tucanos parecem não ter aprendido nada nos quatro anos em que ficaram fora do poder. Infelizmente, a SOBERBA não lhes permitiu refletir e aprender com os erros.

Em vez de conquistar, perseguem. E, ao fim e ao cabo, simplesmente repetem a cartilha que dizem tanto condenar.

Pobre Pará. Pobre PSDB do Pará.

---------

Aqui, o depoimento da própria Waleiska sobre a demissão dela da Cosanpa: http://faloporquetenhoboca.blogspot.com/2011/02/direitos-trabalhistas-x-perseguicao.html
Lamentável. Simplesmente, lamentável!

15 comentários:

Anônimo disse...

É lamentável, que vivendo neste século XXI, ainda existam dirigentes com o pé e alma no obscurantismo da idade média. Não avançaram no crescimento humano, nem tampouco nas leis trabalhistas modernas de nosso país. Até quando presenciaremos isso ?? No Pará, parece que o despreparo moderno da administração é muito ruim. Não se tem avanços. Existe uma mediocridade abissal. Não sabem que jogadores defendem seus times e se aplicam conforme a administração do técnico. A mediocridade tem sido residência destes "pseudo administradores". Já pensaram se Cristo, em sua breve convivência com os terraqueos, fosse fazer essa distinção política ?? Aposto que esses "pseudo dirigentes" professam uma religiosidade sem par. Que absurdo o que fizeram com esta trabalhadora grávida. Uma lição profissional srs: a conquista dos opostos ocorre com a boa convivência e o respeito´. Falhou a direção da Cosanpa, falhou a Administração governamental. Para avançar neste século, o Pará precisa estar antenado com a modernidade e para começar: Que tal avançar a humanização desta administração Exmo Sr. Governador Simão Jatene ??

Anônimo disse...

E diziam que os socialistas eram ateus. Os ne0-liberalistas são o que. Posso responder: BANDIDOS DO COLARINHO BRANCO E A MENTE NEGRA. E quem viu seu discurso Governador . Ainda deve acreditar no SR. ?

Anônimo disse...

Pretérita?
Cuma, sumana?

. disse...

Oi, Ana Célia!

Muito obrigada pelo apoio!
Um forte abraço!

PS: E adorei o "menina". Até surgiram umas espinhas de ninfeta no meu rosto! rsrs

Anônimo disse...

não sei que pacto é esse que o Jajá fala. Se com grávida ele age assim... E não é a primeira, visse, AC? O Jajá cortou vale alimentação, proporconal férias, 13º e garantias de trabalhadores do governo prometendo regularizar até meados de 2012. Gostaria de saber se ele gostaria de esperar um ano para receber sues direitos. Se tem DAS que não trabalha, tem muito DAS que trabalha, mas para o Jajá petista é tdfarinha do mesmo saco, é td incompetente e sei lá mais o quê. Aff!!!

Anônimo disse...

cadê que o ultramodernotwitteiro Ney Seretário Messias de Comunicação JR comena sobre o caso no twitter dele? rsrsrsrrsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Li no Blog da Franssinete, nos comentários que ela já entrou gestante na Cosanpa, portanto ela queria aplicar golpe baixo se isto realmente for verdade.

Virgilio disse...

Até quando as pessoas desta terra, que mais parece encafuada na Idade Média, seguirão achando que a coisa pública pode ser usada simplesmente para beneficiar os “compadres” e exterminar os adversários?

A meu ver esta questão que voce coloca no seu texto, é a grande questão, tudo nesta terra ainda está com os pés, pensamentos e obras fincados na idade média, com as exceções de praxe é claro.

Anônimo disse...

Os destinos para aqueles que praticam atos injustos como esse é tenebroso e cruel.


Força!

Anônimo disse...

Pra não acredita no que está acontecendo só mesmo quem não conhece o psdb, esse partido é do mal. Essas práticas são corriqueiras nas prefeituras administradas por esse partido.

Passei em um concurso em pra prefeitura de Paragominas, não fiquei seis meses. Não troquei minha dignidade por um emprego, nem mesmo concursado. Nessa cidade testemunhei a opressão a que são submetidos os servidores públicos municipais, uma coisa chocante, e o pior de tudo ninguém ousa dar um pio.

Um colega que ousou tecer críticas ao prefeito na hora do lanche dos servidores, com menos de uma semana foi despachado para um interior a mais de 100km da sede do
município, coisa de louco.

Quando não aguentei mais peguei minha rede e voltei pra minha Belém.

É uma pena que os servidores públicos tenham a memória tão curta a ponto de esquecer a tragédia que significou os 12 anos de desmandos dos tucanos, foram tempos terríveis para os servidores do estado, mas parece que baixou na categoria um "espírito de mulher de malandro", fazer o que? Alguém já disse em algum lugar, uma pessoa só é inteligente, mas o povo, às vezes age como uma manada.

Mas logo isso tudo passa, a grande mídia vai criar uma sensação de que tudo está bem, de que vivemos no paraíso e todos vão se acostumar e vão de novo avaliar o governo Jatene com um grande gestor, é esperar pra ver.

Raimundo

Anônimo disse...

É ridicula a defesa que tu e outras blogueiras fazem sobre este caso. Ora, essa tal de Waleiska, ardorosa petista e integrante da equipe de propaganda da candidata Ana Júlia foi admitida na Cosampa já com 4 meses de gravidez, nos últimos dias do desgoverno da Ana. Foi admitida para trabalhar em outro setor, mas foi lotada na assesoria de comunicação que é comandada por outra ferrenha petista, uma tal de Milene (organizadora dos jantares de adesão para a Ana Julia. As duas, juntas, em conluio, seriam as espiãs dos atos e ações da atual diretoria para repassar informações ao seu partido, o PT.
Merecem, as duas, serem mandadas pro olho da ru, sim. O Ney Messias não tem nada com isso, deve é ficar de olho nessas trairas.

Anônimo disse...

Essa tal Waleika não pensou em direitos e deveres quando se aboletou na Cosanpa já com 4 meses de grávida nos últimos messes do governo Ana Júlia e agora quer posar de vítima.
Fala sério cumpanheirada! Então quer dizer que a atual gestão da Cosanp tem que engolir a "coitadinha" da Waleiska, mas essa mesma coitadinha foi admitida arbitrariamente e sabia disso.
Mais um golpe sujo desse bando de petista, esse é jeito PT se dar bem!

Anônimo disse...

oi perereca do meu coração!se tu tivesses uma empresa tu contrataria prenha de 4 meses? du vi de ó dó,macaxeira mocotó.Essa menina tentou aplicar o golpe da barriga e não colou.Se tivesse um pingo de dignidade teria entregue o lugar, já que foi coordenadora da campanha da aninha,a rainha da sema.
Acho que mulher grávida deve ter tratamento digno,mas só as que tem caráter

Papaco, Destilando a Cicuta. disse...

hahahahaha o bunitinho ai de cima falando em trairagem e me cita o ney messias, belo exemplo mesmo hahahaha vai acordar deste sonho lindo, vc me fez acordar pra dar gargalhada, vc pode entender de tudo garoto, menos de ney messias hahahaha, desculpa ana, mas não podia passar em branco. hahahahaha

Anônimo disse...

Quem conhece todo o script desde a contratação dessa moça sabe que essa demissão era esperada e o esperneio d'agora é para o consumo externo ficar com pena dela.
Mas o golpe não deu certo, não é Leiska ?