Ban

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Tucanos não descartam assinar CPI da AL.


O PSDB ainda não decidiu se assina o pedido de CPI para apurar as supostas fraudes na Assembléia Legislativa.
Os tucanos, no entanto, discutem a hipótese em reunião que acontece neste momento.
O líder da bancada, deputado José Megale, disse há pouco ao blog que amanhã pedirá ao deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) uma cópia da proposição.
“Precisamos ver o requerimento, antes de decidir. Perguntei a 15 deputados e ninguém ainda leu”, disse ele.
Megale negou que haja uma orientação de Jatene, para que os tucanos assinem o pedido de CPI.
“Não recebemos nenhuma orientação de Jatene. A decisão é da bancada”, assegurou.
A reunião tucana começou há meia hora. O deputado não pôde falar mais nada, por estar em meio à discussão.

6 comentários:

Anônimo disse...

É muito cinismo desses Prlamentares tucanos, tentam nos convencer que o chefe do bando, o Simao Lorota, realmente nao orientou-lhes para boicotar a CPI. Eles estao simplesmente tentando salver o mandato deles, pois a bandalheira se tornou pública e eles simplesmente nao conseguem mais manter a farsa que inicialmente eles montaram, para preservar nao só o senador bicheiro contraventor, como todos eles, que devem estar mwrgulhados nessa lama ate o pescoço.

Anônimo disse...

Pô, os samangos da ALEPRA barraram os troskos e cabanos do Psol de lavarem a escadaria com qboa e criolina. A Marinor bem que berrou, mas tiveram de se contentar em lavar a calçada do prédio

Anônimo disse...

Nessa altura da invetigação de vários órgãos estaduais e federais, a CPI será muito proveitosa para o Edmilson. A visibilidade será maravilhosa para a sua campanha à Prefeitura.

Anônimo disse...

O problema, ô energumeno, não é a visibilidade de quem quer que seja. É sim a necessidade de se passar a limpo a safadeza existente de desvio do seu, do meu, do nosso dinheiro suado!Quem não deve não teme, portanto quem for contrário à CPI deve ter muito o que esconder!

Diógenes Brandão disse...

égua, somos incríveis mesmo!

A CPI da ALEPA não é uma propriedade do Ed, nem do PSOL, muito menos da esquerda como querem fazer crêr. A CPI é um instrumento político previsto no regimento parlamentar - precisava dizer? - sim, parece que precisava.

A questão sobre os desdobramentos é que precisa de atenção, pois quem disse que CPI é sinal de justiça nesse país. Quantas não vimos acabar em pizza? Os ético e arautos que bradam contra o mensalão, os ficha-sujas, o caixa2 e tantas outras "modices" que embalaram o noticiário e desemburacaram um levante ético no país e no Pará precisam deixar de canalhice e fazer cortar na carne quando a viralatisse acuar os seus ídolos, amigos e políticos prediletos.

Se isso acontecesse, a CPI seria brindada por todos, de todos os partidos e igrejas, do vermelho e do amarelo (será?) e víamos a praxes do discusso fácil eleitoreiro virar algo prático.

Será que alguém que lê este e outros blogs ainda lembra em que deputado votou?

Anônimo disse...

Prefiro uma investigação a fundo da corrupção da ALEPA, mesmo servindo de gancho para candidatura do Edmilson à Prefeitura, que na minha opinião foi um prefeito regular, porém muito acima do desatre da administração atual, a ficarmos sem conhecimento do verdadeiro jogo sujo que, de acordo com as evidências a muito corroem o meu, o seu, o nosso dinheiro e contribuem para que o Estado do Pará continue neste atraso, que parodiando o que disse o triste Prefeito de Manaus " agora está explicado".