Ban

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Tucanos saem em defesa de Mário Couto

O PSDB acaba de divulgar nota em que rebate nota emitida pelo PT, ontem, em defesa da governadora Ana Júlia Carepa. Aqui http://pererecadavizinha.blogspot.com/2010/04/em-defesa-de-ana-pt-repudia-declaracoes.html

Abaixo, a íntegra do documento tucano.
Volto logo mais ou amanhã.

NOTA À IMPRENSA



O PSDB do Pará, diante da nota divulgada à imprensa pelo PT, vem a público dizer o que segue.


O senador Mário Couto cumpre rigorosamente o seu papel constitucional ao avaliar o governo Ana Júlia Carepa, e se o faz negativamente é porque, como representante do povo do Pará, reproduz o que pensa e sente a maioria da população.


O PT, repetindo comportamento já conhecido, não gosta de ser criticado e não aceita que a sua governadora seja avaliada por outros partidos. Mas deve reconhecer que o discurso do senador Mário Couto não é uma voz isolada, tanto que, na nota, o PT não arrisca uma palavra em defesa do governo. No dia-a-dia, em suas andanças em busca da reeleição, a própria governadora Ana Júlia Carepa tem sentido na pele a reação popular, conforme notícias da imprensa.


A mesma reação popular, a que o senador Mário Couto deu voz ao discursar no Congresso Nacional, é o reflexo do estado de abandono do Pará e das pessoas. O povo sente insegurança, convive diariamente com uma violência desmedida. A saúde está sucateada, crianças morrem na Santa Casa, os doentes de câncer vão se tratar em Teresina, o Ofir Loyola passou de referência nacional a hospital sem remédios nem equipamentos. O Pará é campeão em mortes pela gripe H1N1. As estradas estão destruídas. A educação está falida e os kits escolares vêm se somar aos muitos escândalos que rondam várias secretarias e órgãos do governo, conforme noticiado rotineiramente pela imprensa.


Esse é o retrato acabado do governo do PT, que, na oposição, sabe falar e criticar, sempre de forma irresponsável, mas, uma vez com o poder nas mãos, não sabe realizar. Ana Júlia e o PT tiveram tempo para cumprir suas promessas de campanha, mas até hoje nada fizeram. Iludiram os eleitores com discursos sobre mudanças, e só o que deixam são mudanças para pior.


É bem ilustrativo que, apesar de tantos atrativos, o Pará tenha perdido a Copa de 2014 para o Amazonas e, mais recentemente, o Grand Prix de Atletismo para o Rio, evento esportivo de grande envergadura, que já se realizava aqui no nosso Estádio Olímpico do Mangueirão desde 2002. Incompetência é o nome que se dá a isso. Esse governo não faz nada de novo. E sequer mantém o que já havia sido conquistado pelo povo.


Mas o PT, na tentativa de desvirtuar o debate, como é seu costume, fala em “preconceito” contra a mulher. Ora, o Pará está repleto de mulheres competentes em todos os níveis, inclusive em cargos de suma importância, e todas são devidamente reconhecidas. Os governos do PSDB tiveram inúmeras mulheres em cargos-chave, inclusive como vice-governadora, e todas bem avaliadas em suas funções.


O PSDB tem muito orgulho da história que construiu e das grandes lideranças que projetou e que, em doze anos de governo, deixaram marcas indeléveis e saudades na memória do povo, em realizações que engrandeceram o Pará e melhoraram a vida dos paraenses. Infelizmente, em quase quatro anos de PT, o Pará só fez andar para trás.


Por fim, o PSDB lamenta que o PT, no afã de defender sua governadora do indefensável, tenha resvalado para a baixaria. Esse é mais um traço do PT: o partido de Ana Júlia Carepa acha que pode falar de todos, mas ninguém pode falar dele.


O Pará está farto disso.

Belém, 14 de abril de 2010.


Senador Fernando Flexa Ribeiro
Presidente do PSDB do Pará

8 comentários:

Anônimo disse...

Ana, Aqui de Sampa que adotei como 2a terra,terra do PSDB, ou melhor comandada pelo partido da nota, vemos as mazelas que eles retratam aí: assaltos, mortes, estupros e para desgraça de milhares de famílias o avanço do crack nas ruas não dá trégua. Vejo nas ruas aqui uma geração de pessoas sem rumo, sem futuro. Aqui a greve dos professores é violenta, quem não lembra do finado Mário Covas. Bem isso é só para mostrar o quanto é fácil ser baladeira. Aí no Pará, creio que a administração da governadora Ana Carepa não pode fazer milagres em 3 anos. O que recebo de informações daí é que a maioria dos assaltantes ou meliante, como fala a polícia, têm no máximo 20 anos (quando têm). Isso quer dizer que nos 12 anos, que o PSDB governou meu estado esqueceu uma geração. Uma geração de crianças que não viu e fez questão de não cuidar nem delas, muito mais das escolas. Foram 12 anos de obras e desvios não é mesmo senador Flexa Ribeiro ? Não é mesmo senador Mário Couto ? Tem muita gente que esquentava notas fiscais para vc pela bandas da ilha do Marajó. Lembra das notas de remédios, senador ???? Pois bem: quanto aos 12 anos, milhares de crianças cresceram e deu no que deu. Aquele que tinha 4 anos foi crescendo no abandono da família e do estado e hoje se chegou aos 16 e 19 anos virou delinquente. Que pena ?? Nos 12 anos de governo a escola pública perdeu para a escola particular. Lembro do meu velho CEPC, SOUFRAN, CEPAP - Foi no governo tucano que tudo se foi. Portanto, não se pode culpar três anos da Ana Carepa (PT), pelos 12 anos do PSDB. REFLITAM E FAÇAM O MELHOR PELO PARÁ.
P.S. Tem um jornalista aí, que pode fazer uma análise bem melhor sobre este assunto. Chama-se Lúcio Flávio Pinto
Abs.

Anônimo disse...

Quem acha que o PV está unido apoiando Ana Júlia está enganado. Leia o que escreveu o pessoal do Paju, de Santarém, traduzindo o que nós daqui de Oriximiná também pensamos
www.blogdopaju.blogspot.com

Anônimo disse...

Depois da nomeação da Élida, como assessora especial do governo, o PT, deverá fazer uma nota de desagravo ao senador Mario Couto, acompanhada de pedido de desculpas da deputada Regina Barata.

Anônimo disse...

A verdade é uma só: o governo Ana Júlia fracassou. E com ela toda uma esperança de milhões de eleitores que acreditaram na mudança que, infelizmente, não aconteceu. E, pelo jeito, nem vai acontecer.

Anônimo disse...

Houve mudanças estruturais no governo PSDB, porém a área social foi esquecida, tanto que se verifica no aumento da violência, sem esquecer a corrupção que vem desde a época do império. No governo Ana Júlia, nada mudou, ou melhor as coisas pioraram, a corrupção está institucionalizada, a incompetência está posta de fato com a perda da sub-sede da copa de 2014 e do grand prix de atletismo que pousou no Rio, não há uma única obra estrutural no Pará, o que se percebe é que o governo tá fazendo caixa 2 pra campanha da reeleição da preciosa e do sr. puty de forma escancarada. Vergonha e mais vergonha. Todos são iguais ou conseguem ser piores para o nosso sofrido PArá

Carlos Henrique disse...

Senador Flecha QUEM? Eu não votei nele, alguém votou?

Anônimo disse...

É o perfil dessa turma(quadrilha)do PSDB sempre foi essa, de invadir a vida privada das pessoas em detrimento da crítica política e bem fundamentada.
Todos sabem que o Senador Bicheiro Mário Couto, fruto de enriquecimento de atividades tidas como ilegais, costumava andar com suas belas mulheres(profissionais)como forma de demonstrar poder e cafonice, deve ser por isso que não mulheres dignas e trabalhadoras ocupar cargos superiores aos que já ocupou, já que estava acostumados com as belas mulheres como assessoras para assuntos aleatórios.
Senador cuidado, pois sua filhinha, moça de família né, vai ser candidata também, espero que ela não tenha sua capacidade questionada por ser mulher, senão os altos escalões podem confundir qual seria mesmo a capacitação dela !!!!!!
Idiota!! Bicheiro e mafioso!!!

Rita Neves disse...

Muito me admiro do senhor Flexa Ribeiro como esse falso-moralismo dele, defendendo o desequilibrado mental do Mário Couto. O senhor Flexa tem uma amante e ainda por cima montou pra ela uma agência de publicidade em Belém. Portanto antes de acertar o alvo alheio senhor Flexa acerte o seu falso-moralismo. Vocês do PSDB são todos falso-moralistas e traidores. Basta a traição que Flexa, Jatene e esse desequilibrado do Mário Couto cometeram contra o Almir. Eu se fosse o Almir, o melhor chefe que eu já tive, traria à tona todos os podres de vocês que não são poucos e o Almir sabe.