Ban

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Ofir Loyola inaugura o melhor parque de radioterapia do Norte e Nordeste



O mais moderno Parque Radioterápico do Norte/Nordeste e um dos mais bem equipados do país será entregue nesta terça-feira, 20, pelo Governo Popular, no Hospital Ofir Loyola, referência em oncologia. Foram cerca de R$ 9 milhões em investimentos e o hospital inaugurará, também, a Divisão de Medicina Nuclear. Trata-se do maior investimento no setor em toda a história do hospital.


Serão entregues um tomógrafo simulador, uma braquiterapia e um acelerador linear (Varian 2100 C), que vão melhorar a qualidade de atendimento aos pacientes, um avanço histórico para o tratamento do câncer no Pará. Os equipamentos de última geração permitirão que o Ofir Loyola atenda entre 250 e 300 pacientes por dia. Isso representa o fim das filas para o tratamento de radioterapia no estado.


"Estes novos serviços consolidam o Ofir Loyola como centro de excelência em oncologia, com a mais alta tecnologia para diagnóstico e tratamento dos pacientes da rede pública", afirma o diretor geral do HOL, Dr. Paulo Soares.


Todos os novos equipamentos são importados e já passaram pela adequação às normas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Em um espaço de 1.650 metros quadrados, o HOL vai concentrar três aceleradores, um cobalto, uma braquiterapia nova e dois simuladores.


Qualidade - Definido pelo Ministério da Saúde como o único Centro de Alta Complexidade em Oncologia da região Norte, o Hospital Ophir Loyola, prestes a completar 100 anos, está agora preparado para o futuro, oferecendo qualidade máxima em serviços.


O Governo do Estado contratou mais quatro médicos especialistas em oncologia, médicos que necessitam de alta qualificação, para atender a grande demanda de pacientes. O hospital contava com apenas três radioterapeutas. Com sete radioterapeutas, o hospital supera metas. A média atual de atendimentos é de 115 pacientes novos por semana, além dos que já estão em tratamento.


Atendendo 100% SUS, o HOL oferece assistência digna, especializada e integral aos pacientes na área de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer. Antes mesmo de o Ofir Loyola inaugurar o parque radioterápico, o hospital já havia normalizado o atendimento de pacientes em radioterapia e segue convocando os pacientes da capital e interior do estado para a antecipação de consultas.


Medicina Nuclear


A Divisão de Medicina Nuclear, que também será inaugurada nesta terça no Hospital Ofir Loyola, representou um investimento de mais de R$ 1,6 milhão. O novo serviço dispõe de equipamentos como o Gama Câmara e se equivale à estrutura de grandes centros de excelência do Brasil para diagnóstico e tratamento de tumores malignos e outras doenças.


(Fonte: Secom, com informações da Ascom/HOL e pequenas modificações do blog. A foto é de Elcimar Neves).

Um comentário:

Anônimo disse...

Sra. Ana Célia, tudo bem que a Governadora inaugure o que a tantos anos estava encaixotado. Não tira o mérito desta inauguração, mas porque a nossa Governadora não constroi o Hospital Oncologico Infantil Ofir Loyola? Esta obra era para ser inaugurada em Dezembro/2008 e até a presente data não saiu das fundações estando paradissima, assim como todo este Governo. O dinheiro para esta obra esta contratado com o BNDES , inclusive este Governo já recebeu parte deste recurso, segundo informações que tenho do BNDES. Não dava para voce se inteirar deste fato e formar uma corrente para alavancar esta construção?
Pedro Carvalho