Ban

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

lambança3

Carta Aberta à Joana Pessoa



Em primeiro lugar gostaria de lhe dizer, doutora Joana Pessoa, que sem ética e inescrupulosa é a senhora, que tem a coragem de usar (sabe-se lá a que custo, né mermo?), uma página de um jornalão só pra me atacar.



Sem ética e inescrupulosa é a senhora que preside uma entidade que, apenas três meses depois de criada, assumiu a administração desse “filé” de dinheiro público que é o Hangar, sem licitação e no Governo da sua amiga, comadre e ex-patroa, Ana Júlia Carepa.



Sem ética e inescrupulosa é a senhora, que já foi até investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito, sob a suspeita de integrar uma quadrilha, um bando, que afanava os cofres públicos.



Não, me perdoe, pois, na verdade, que me equivoco: a senhora não é apenas sem ética e inescrupulosa. A senhora é, também, uma grandessíssima COVARDE, porque investe contra mim e não contra aqueles que detêm, de fato, o poder editorial dos jornalões.



Ou a senhora, “ingenuamente”, vai dizer que desconhece o fato de que eu, repórter, jornalista, “operária da informação”, não possuo qualquer possibilidade de ingerência naquilo que é publicado nos jornalões?



O que a senhora possui de paixão pelo dinheiro, pelo poder e pelos convescotes da alta sociedade, doutora Joana Pessoa, falta-lhe em compostura, dignidade e caráter.



A senhora me ataca dessa forma pusilânime, poucas vezes vista na imprensa brasileira, porque, simplesmente, não consegue desmentir uma vírgula sequer daquilo que publiquei neste blog.



Vamos, lá, doutora Joana Pessoa: desminta que a Sema alugou uma sala “equipada” no Hangar por R$ 35 mil por mês.



Desminta que a Seduc pagou à Via Amazônia, sem licitação, quase R$ 2 milhões pela realização de um evento de uns poucos dias para os nossos fumados professores.



Desminta que a Seduc pagou à Via Amazônia, também sem licitação, mais de meio milhão de reais pela confecção de 40 mil impressos de divulgação.



Desminta que a Via Amazônia já recebeu, em apenas um ano e seis meses, pelo menos R$ 25 milhões do Governo do Estado, boa parte disso sem licitação.



Desminta que o endereço da Via Amazônia, quando foi criada, ou seja, mesmo antes de assinar o contrato de gestão do Hangar, já era o mesmíssimo endereço desse centro de convenções.



Desminta que a Via Amazônia foi qualificada como OS apenas seis dias antes de assumir a gestão do Hangar.



Por que é que a senhora não desmente todos esses fatos?



Eu respondo: a senhora não desmente porque sabe muitíssimo bem que todos eles estão DOCUMENTADOS.



A senhora sabe muito que, se tentar desmentir, eu, simplesmente, lhe “esfrego na cara”, como se diz, as cópias dos diários oficiais e dos documentos da Receita Federal e da Auditoria Geral do Estado (AGE), nos quais tudo isso está PROVADO.



É por isso que a senhora recorre a essa falácia tão conhecida do “argumento contra o homem”.



A senhora me ataca para tentar desviar o foco de fatos tão graves, que podem, sim, configurar crime.



A senhora me ataca porque, simplesmente, não tem como atacar a informação.



A senhora me ataca porque, nesse seu raciocínio rude, tortuoso, a senhora imagina que pode desqualificar o fato, desqualificando quem o levou ao conhecimento dos cidadãos.



A senhora me ataca, enfim, para ocultar a LAMBANÇA que acontece no Hangar.



Tal comportamento, na minha sagrada opinião, doutora Joana Pessoa, revela a sua arrogância, a sua crença na impunidade (talvez até decorrente do resultado daquela CPI, né mermo?); o seu menosprezo, enfim, pelos contribuintes – os contribuintes que pagamos, aliás, o caviar que a senhora, diz-que socialista, gosta de “saborear” entre todos os poderosos de plantão...



A senhora reclama que não foi ouvida por mim. Mas, foi sim.



Todos os leitores deste blog são testemunhas de que publiquei, na íntegra, a nota de esclarecimento que me foi enviada pelo Hangar.



E o fiz na madrugada do dia seguinte em que a recebi, mesmo tendo chegado em casa mais de meia noite, morta de sebosa e de cansada.



E, como a senhora bem sabe, porque deve ter lido neste blog, não fiz qualquer comentário sobre os seus “esclarecimentos” – embora me pareçam que não esclarecem coisíssima alguma.



Ou seja: garanti-lhe o sagrado direito de resposta, de defesa, coisa que a senhora, doutora Joana Pessoa, ao atacar-me, covardemente, através de um jornalão, sobre o qual a senhora tem mais ingerência que eu, dados os tubos de dinheiro que controla, não teve a dignidade de me garantir...



E a senhora, doutora Joana Pessoa, é que a “revolucionária”, a “socialista”, né mermo?



É fato, também, que a senhora me ligou, na terça-feira passada, para que eu fosse até o Hangar.



Mas, não fui por dois motivos.



Primeiro porque, doutora Joana Pessoa, ao contrário da senhora, eu tenho de suar a camisa para sobreviver.



Não tenho tempo para salamaleques aos donos de jornais. Nem para convescotes com a alta sociedade – e olhe que nem sou socialista, ou “revolucionária”, né mermo?...



Devido à necessidade de sobrevivência (e aqui até peço desculpas aos leitores) tenho de confessar que já havia até desistido de investigar, mais profundamente, essa história toda; ia deixar que tudo ficasse pela reportagem publicada neste blog e pelos “esclarecimentos” do Hangar.



No entanto, não posso, agora, deixar de manifestar a minha estranheza pela sua indignação, doutora Joana Pessoa, ante ao fato de eu não ter comparecido a esse seu “tour fantástico” no centro de convenções.



E peço-lhe desculpas, doutora Joana Pessoa, se, afinal, frustrei a sua expectativa de me oferecer os maravilhosos acepipes, que, pelo visto, a senhora gostaria de ter me oferecido – como está acostumada a oferecer a muita gente, aliás...



Em segundo lugar, doutora Joana Pessoa, já havia desistido de investigar essa história do Hangar em respeito ao sofrimento que isso, certamente, trará a muitos e bons amigos petistas, que, ao contrário da senhora, acreditam, sinceramente, no ideário do PT.



Da última vez em que investiguei, profundamente, casos tão escabrosos como o do Hangar, muita gente sofreu.



E, como tenho acompanhado tal sofrimento, de gente honesta que nunca pegou, indignamente, um dedal de mel coado do Estado, mas que sofre “por rebate”, hoje penso duas, três vezes antes de ir fundo em matérias assim...



No entanto, doutora Joana Pessoa, o seu comportamento, sem ética, inescrupuloso, covarde, abjeto, não me deixa alternativa: agora, vou, sim, investigar, profundamente, o Hangar.



Vou passar um pente finíssimo.



E tenha certeza de que, se existirem, os piolhos cairão em profusão...



E “transbordarão” para além da blogosfera - tenha certeza disso, também...



A senhora colocou em dúvida o meu caráter e a minha competência profissional.



E o fez de uma forma tão nojenta, tão covarde, tão acanalhada, como nunca vi em 28 anos de profissão.



Nem no tempo da ditadura da direita, doutora Joana Pessoa, vi algo assim.. E olhe que os militares nem eram “socialistas”, né mermo?



Me respeite!...Não pertenci, não pertenço e nem jamais pertencerei a sua “confraria”!...



E é por isso que tenho a CREDIBILIDADE que a senhora quer, a todo custo, destruir, né mermo? Para continuar a “operar” em paz...



Portanto, agora, vou atrás de todos os documentos - recibos, notas fiscais, CNPJs, endereços - pertinentes ao dinheiro público que a senhora está a administrar.



Vou, aliás, até seguir o conselho de um promotor de Justiça meu amigo: vou, eu mesma, denunciar esses fatos ao Ministério Público.



Para ser parte no processo e poder acompanhar todas as investigações bem de pertinho...



Creio que, depois de tudo isso, a senhora e todos os cidadãos, todos os contribuintes, merecemos uma resposta à altura daquela página covarde, doentiamente covarde, que a senhora mandou produzir.



E devo lhe avisar, doutora Joana Pessoa: não perca tempo com intimidações, mesmo as veladas (como nós duas bem sabemos que a senhora já fez, né mermo?), nem com ameaças explícitas ou com tentativas de me oferecer uns “acepipes”...



Há dez anos, quando eu investigativa as tenebrosas transações entre o Ipasep e a Medserve, tentaram me intimidar, me acusar de tudo que é sorte de coisa, exatamente como a senhora fez.



E tudo o que conseguiram foi o inverso do esperado: botei o pé no acelerador e revirei cada palmo daquela transação.



E, passados dez anos, veio a operação Rêmora, da Polícia Federal, a demonstrar quem, afinal, tinha razão...



Dinheiro deixa rastro, doutora Joana. Passe o tempo que passar...



Já esperava que a senhora agisse assim, que a senhora me atacasse dessa forma.



Numa resposta a um anônimo que me ameaçava, há uns dois ou três dias, disse isto mesmo, doutora Joana Pessoa: não temo ameaças; não temo poderes, nem da Terra, nem do inferno.



Temo, somente, a Deus...



Também não se dê ao trabalho de tentar ocultar documentos: vou encontrá-los, doutora Joana Pessoa; se estiverem na face da Terra, pode ter certeza de que os encontrarei.



Não, não vou persegui-la, que isso seria demasiado fácil; seria transformá-la de algoz em vítima.



Também não estou lhe ameaçando: estou lhe avisando, o que é bem diferente.



Estou lhe dando duas quadras de avanço, apesar dos tubos de dinheiro que a senhora controla.



E apenas para que, depois, os membros da sua “confraria” não me acusem de ser tão covarde, tão pusilânime, quanto a senhora.



Fique certa de que não vou investigar a sua vida pessoal – não me interessa!



Mas, como cidadã e jornalista, vou esquadrinhar cada palmo de dinheiro público que já passou pelas suas mãos – inclusive a documentação daquela CPI...



Vou, em suma, fazer o que deveria ter feito desde o começo dessa história toda: vou deixar de lado o sentimento e a minha necessidade de sobrevivência e agir como servidora pública que sou – ou seja, bem ao contrário da senhora, doutora Joana Pessoa.



Porque eu, sim, sirvo ao público – AO CONTRÁRIO DE ME SERVIR DO PÚBLICO, como fazem tantos por aí...



Vou, em suma, lhe dizer aquilo que diziam os espanhóis aos fascistas: não, não nos moverão!... NÃO!... NA, NA NI, NA, NÃO!... NÃO PASSARÃO!...



Os fascistas, enfim, aparentemente triunfaram, é?



Foi só temporariamente, doutora Joana Pessoa, foi só temporariamente...



Para desgosto de gente da sua marca, quem venceu, no final das contas, foi a Decência, foi a Sociedade, foi a Democracia.



Portanto, é pra se dizer, como naquele gesto emblemático do grande Ulysses Guimarães: QUE VENHA O “CORREDOR POLONÊS!”...




FUUUUIIIIIIII!!!!!!!!!

47 comentários:

morenocris disse...

carácola, que resposta!

Beijos, Ana.

Anônimo disse...

Excelente, Lady Ana Célia!

Você, sim, é uma grande Mulher!
Você, sim, merece - a despeito de talvez até desprezar -, qualquer título acadêmico, de nobreza ou um vistoso e desejado laurel.

Essa etralhada ordinária merece, mesmo, é chafurdar na mais fétida lama, e apodrecer na cadeia de macacão laranjado.

A "doutora" Joana Pessoa, mais conhecida como a jeca deslumbrada do Hangar, não dá nem pra saída com vc.

Em tempo: sabemos de histórias onde ela achaca os prestadores de serviço do Hangar numa sala á sós e trancada tendo a pachorra de dizer que, se eles têm X a receber, ela pagará o valor subtraído de 10%, a título de "contribuição" para o hangar.

Aquele conjunto musical "Mocotó Elétrico" ensaiou uma revolta e ameaça de denúncia mas ficou por isso mesmo. Veja qual é e lidere a instalação de uma CPI URGENTE contra essa canalha.

Uma vez mais, parabéns, grande e inteligente mulher! Bem diferente dessa petralha ordinária.

Anônimo disse...

SNIF, SNIF, QUE DRAMA! POBRE JORNALISTA, CRUCIFICADA E PERSEGUIDA. QUE CRUEL!!!! ORA, ORA... AQUI NINGUÉM ACREDITA EM PAPAI NOEL!

Anônimo disse...

Mais do que pertinente sua decisão de ir em frente na investigação dessa megatrapalhada.
O pacato cidadão que só vê e ouve as "maravilhas" do tal governo da mudança precisa saber do lado obscuro dos "cumpanheiros".
É isso aí "dona" Perereca.
Aguardamos "news".

Anônimo disse...

Vixe, Ana.

Ainda não vi o que a Joana fez para tal resposta, mas imagino bem o que seja. Esse pessoal do PT faz isso: quando não tem resposta para as denúncias (e é isso que acontece na maioria das vezes) eles simplesmente atacam o jornalista. Quando não, atacam a mídia em geral, que apenas servem os interesses 'dazelite'. Se escrever esse desabafo foi oc erto ou não, tanto faz. Talvez eu não teria essa coragem. Guardaria a raiva e soltaria numa próxima matéria. Certamente, bala na agulha você tem. Mas, de qualquer forma, foi o que você quis fazer e isso que importa. Imagino como deves estar se sentindo agora...numa ansiedade sem saber pelo quê exatamente. Sei que tens uma baita personalidade. Não te conheço pessoalmente, mas pelo jeito que escreves e pelos temas, tens sim. Por isso, não é solidariedade nem nada, mas queria dizer 'força e segue em frente'. Isso que estas a fazer é do caralho! Ou seria 'da perereca!'?

Beijos.

Anônimo disse...

Prezada ana celia, em primeiro lugar parabens pela coragem e pela forma inconteste que colocaste as coisas....passo a te admirar a partir de então.
Como não resido mais em Belem, confesso que fiquei voando quanto a origem da replica, quando e em que jornal saiu a materia a que voce se refere?

parabens e aguardo ansioso as cenas do proximo capitulo!

Anônimo disse...

Vai perereca vai.
Estamos com voce.

Anônimo disse...

Ana, pq vc não colocou as expicações do Hangar na matéria do jornal?
Pq não identificou os promotores?

Anônimo disse...

"A senhora reclama que não foi ouvida por mim. Mas, foi sim.
Todos os leitores deste blog são testemunhas de que publiquei, na íntegra, a nota de esclarecimento que me foi enviada pelo Hangar."
Para os jornalistas, publicar nota de esclarecimento é o mesmo que “ouvir” a(s) outra(s) parte(s) envolvidas no assunto em questão? Pensei que essa publicação fosse apenas direito de resposta, garantido a quem não foi ouvido antes da publicação da matéria...
Vá em frente, Ana, talvez o jornalismo consiga participar dignamente da construção da moralidade necessária ao serviço público. Mas gostaria de ver a mesma eficiência na apuração em ações da Prefeitura de Belém, sob a batuta do “prefeito falsário de Nova Déli”, como diz o Quinta. Claro que O Liberal não vai permitir, né? Que pena. E nem sei se vc teria o mesmo interesse, afinal parece que tua matéria só foi pro blog porque foi rejeitada a princípio pelos seus novos patrões. Foi isso mesmo?
abs

Anônimo disse...

Ana Célia Pinheiro,

Bela resposta. Acertou em cheio. Minha solidadriedade. Siga em frente com sua determinação e competência profissional de boa jornalista que você tem. Tenho certeza que a sociedade paraense só tem a ganhar. Pode contar com a gente.

Vera de Souza

Anônimo disse...

Eu ja tive que ser escoltado pela policia federal de dentro de um aviao so pq perguntei a uma "ilustre" desconhecida ( e bebada tambem)o que ela achava da chamada impunidade parlamentar. Ela era deputada do PT e vcs podem imaginar a baixaria da bebada arrotando poder por todos os seus dilacerados orificios.Desci,os policiais me pediram desculpas e agradeceram por evitar mais confusao e embarquei em outro voo e ela desembarcou do decoro e da classe, que na verdade ,pelo comportamento, seguramente nunca teve. Miseravelmente,nem seu nome consigo lembrar.Que bencao !!!
Da-lhe nessa corja de hipocritas Perereca.Eu tambem me iludi.

Anônimo disse...

O PT não respeita ninguém. Muito menos essa tal de Joana Pessoa. Só porque tem um carguinho no Hangar e está em cima da bufunfa acha que pode tudo. Vá em frente nas suas investigações dona Perereca e coloque pra nós toda a verdade. Não se renda a esses petistas de m............

Anônimo disse...

Dona Perereca,

O LUXO É UM LIXO, Essa sehora que se defende numa CPI dizendo ser aquinhoada por seus ex-maridos para justificar as cifras milhonárias encontradas em suas contas bancárias isso quando operava p terceiros imagine agora como gestora da lavanderia... Cadeia p/ madame! Ei perereca não esqueça da outra iluminada do Hangar, na verdade a patroa da Pessoa e serviçal da Governadora.. quem é ??? Zildinha, carinhosamente tratada de MORECA pela Gova. Passe pelo Carlos Gomes e converse com o "namorado" da Zildinha que lá tem...leve junto o Ministério Público! O mínimo que se espera de um Governo Petista é a imediata suspensão desse contrato para que dúvidas não recaiam sobre a Governadora.

Ass. Companheiro(a).

JOAO CARLOS A ANDRADE disse...

É indiscutivel o trabalho da Sra. Joana Pessoa a frente do Hangar.
Nosso Centro de Convenções é elogiado por aqueles que o utilizam, não só pela estrutura, mas pela qualidade dos serviços e organização.
Os ataques ao Governo do Estado e a Associação Via Amazônia é um retrato do cenário que a opisição tenta criar nas proximas eleiçoes.
O Liberal ainda chora o prejuízo causado pela perda co (este sim) contrato imoral e milionário com a FUNTELPA que foi devidamente cancelado pelo Governo do Estado, na gestao da governadora Ana Júlia.
Só para lembra-la senhora Ana Célia, o estado pagava para as ORM utilizarem os equipamentos da FUNTELPA que é do Governo.
Agora vem o liberal falar em ética???
Não estou colocando em cheque, seu talento, sua ética e seus costumes.
Apenas que a justiça seja feita e valendo daquele ditado "Quem tem telhado de vidro.... "
Acho dificil que esse comentário seja publicado em seu blog, mas de qualquer forma, agradeço a oportunidade de expressar-me.

Anônimo disse...

Parabéns Ana Célia,me senti com a alma lavada.Essa "dôtora" Joana Pessoa,bem que merecia estar no presidio junto com o Chico Ferreira(assassino dos irmãos Novelinos)pois,nas eleições passadas, o assassino vivia servindo a "dôtora",com vultosos empréstimos para posterior pagamento,o que não aconteceu,e deu no que deu.Parabéns, e espero que continues em busca de novas falcatruas no hangar, que até pagamento de serviços prestados a outras secretarias do governo,faz pagamento.Você sim merece respeito,enquanto a "dôtora" deslumbrada vai voltar a morar naquele prediozinho fétido na Djalma Dutra,assim que acabar esse (des)governo.Um grande abraço!

O professor

Anônimo disse...

Ana parabéns pela sua coragem e lucidez, esse Desgoverno é uma farsa. Essa tal de Joana que do dia pra noite passou de Caixa 2 para emergente ???? Sei não, olha a Ana Júlia sabe de tudo, ou qual outro motivo de ter o Governo repeleto de ex-marido, ex-cunhado,ex-cunhada,irmãos,ex-namorados, ex-namorado condenado que tenho certeza que você sabe quem é. Investigue mesmo e mostre ao Ministério Público o que todos vêem mas o MP não, por que será ? Como pode uma OSs antes de ser habilitada já possuir o endereço do Hangar. Poupe-nos , dá-lhe Ana Célia .

Anônimo disse...

Eita, que essa perereca com raiva ninguém segura!

Anônimo disse...

Dá-lhe Perereca. Vá fundo na sua reportagem e mostre mesmo pra todos nós quem é essa Joana Pessoa e a sua thurma petista. O que é que eles pensam que são? Esculhamabavam o Hangar e agora descobriram lá a mina de ouro. Coma palavra o Ministério Público.

Anônimo disse...

Perereca,quer dizer que você assina tudo que os jornalões te mandarem?E depois....não foi você quem publicou primeiro no teu blog?
Por que não ouviu as partes(princípio primordial do bom jornalista)Direito de resposta,é direito assegurado por lei,não depende de voces.Nos seus blogs e jornais pessoais,voces usam e abusam de não ouvir as partes e depois colocam a culpa apenas nos jornalões.Ora tenha a santa paciência,aqui para poucos,fala desbravadamente,mas continua trabalhando para os jornalões,Quando não é num, é noutro.Força de trabalho....ai...ai.Isso não deixa de ser o seu preço.Recebe do jornalão e esculhamba com ele na solidariedade aos bloguistas.Seja coerente perereca...ou então volte para o pântano.
Que tem muita coisa escabrosa neste governo....lá isso tem e os que tem acesso a boa informação sabem disso.Mas caráter de Joana Pessoa e o seu, são bem semelhantes.Os princípios são parecidos.Mudam apenas as moedas.

Anônimo disse...

MINHA NOSSA!
SUPER MULHER MESSSSSSMOOOOOO!!!!
EU ESTIVE POR LÁ NO HANGAR QUANDO FOI FEITO UM COMENTÁRIO SOBRE O ABSURDO QUE SE PAGAVA PELAS SALAS, QUE MELHOR O EVENTO PDERIA TER SIDO FEITO EM HOTEL DE LUXO QUE SAIRIA MAIS BARATO E MENOS COMPLICADO PARA OS POBRES PROFESSORES ACESSAR O LOCAL.
VAI FUNDO MESMO.

Juvencio de Arruda disse...

Ana Célia, a nota é despropositada.
Sua investigação bateu numa área especialmente sensível do governo. E não é de hoje, como vc bem rememora neste post. Vem de campanhas anteriores, em cima de inexplicáveis saldos bancários que só não vieram a público graças a interferência notória do maléfico senador Sarney.
Prossiga.
Bjs pra vc.

Anônimo disse...

Tem muito mais coisas fedendo nesse Hangar. Isso é só o começo. É só investigar que se chega a muita, muita , mais muita coisa escabrosa.
Siga em frente na sua maratona. Não se intime e se socorra mesmo do Ministério Público que, acredito, tem a obrigação de zelar pelo nosso patrimônio, na defesa dos cidadãos e do dinheiro público
Pra começar, veja o que anda fazendo o diretor decorador Paulinho Morelli. Ganha uma baba do Hangar e ainda tem a coragem de obrigar os contratantes a fazerem a decoração dos eventos com ele. Ou seja, ganha duas vezes, todas de maneira imoral, e na maior cara de pau.

Anônimo disse...

DENÚNCIA A OAB e IMPRENSA DO ESTADO
Vimos DENUNCIAR a prática de NEPOTISMO e Favorecimentos pela alta cúpula do Governo atual dentro da Secretaria de Saúde do Estado do Pará
NOMEAÇÔES GRACIOSAS
1- Luis Roberto Vasconcelos Carepa – Irmão da Governadora, já foi nomeado e depois exonerado da Diretoria da Escola Técnica do SUS, após denuncias da revista VEJA, Local onde nunca colocou os pés. Atualmente a Nepotista Ana nomeou para COORDENADOR DOS HOSPITAIS REGIONAIS lidando direto com as OSs gerenciando Milhões do dinheiro público
2- Alcione Dias do Nascimento – Cunhada da Governadora, Mulher de Luis Roberto Carepa, DAS 4 da Escola Técnica do SUS ,também nunca foi lá, teve Bebê recentemente , LOTADA NA REALIDADE NA ASSISTÊNCIA FARMACEUTICA SOB ALEGAÇÃO DE QUE UM DIA FOI REPRESENTANTE DE REMÉDIOS, ou seja conhece os propagandista
4- Rosângela Casemiro Cotieiro – parece ser Ex-mulher do Estanislau Santos Carepa que dispensa apresentações, DAS 3
5- Rosilena de Lourdes Barreto Trindade nome que já diz tudo, Irmã do Secretário da SEFA Raimundo Barreto Trindade e que se usa de pr=e requesito para nada de bom fazer
6-Marcio Aldrin França Cavalcante, MARIDO da Ex-Diretora Técnica da SESPA Danielle Soares Cavalcante e atual Secretária Adjunta. Danielle é expert em Venha Nós..., nomeou uma prima sua para Coordenar um programa junto a sua antiga Diretoria Técnica
Tudo isso é do inteiro apoio e conhecimento da Larura Rosseti(afilhada da Elcione Zahluth)
A prima de Daniele Cavalcante que está na frente da da Educação e Saude,não entende nada deste setor ,tanto que esta voltando para os cofres do ministério da saúde 2 milhões de reais que não foram gasto, pode uma coisa dessas, é um descaso com a saude publica em nosso estado. E por falar em Daniele Barata acho que ela está lendo teu blog, a mesma tem dado Bom dia para algumas pessoas na sespa.

O Perereco

Anônimo disse...

Ei moça, venha me dizer que vc não sabia que a materia iria sair no liberal sem ouvir o outyro lado? sem dar os nomes dos ditos "promotores"?, enfim, esta materia serviu apenas para cumpriir com a estratégia de orly e cia, de quem vc e empregada.
BVc não pode simplesmente por se dizer jornalista sair atacando quem quiser sem provas concretas, que tal falar das denuncias na epoca dos tucanos sera que o Orly deixara ?

Anônimo disse...

Parabéns Ana Célia, pela coragem e determinaação em apurar todo esse escândalo. Se prepare. Você está mexendo em casa de abelha. E daquelas que saem correndo atrás das pessoas pra ferrar de qualquer maneira. Mas eu bem seiq ue vc sabe muito bem como se livrar dessas abelhas e até acabar com elas. |Torço por você.

Anônimo disse...

Não só acione o MP, Ana, mas entre com um pedido de investigação perante o TCE concomitantemente com uma ação popular no TJE. Com certeza você será respeitada e terá o apóio de todo cidadão que não compactua com esse descalabro governamental, onde os apaniguados são mais arrogantes do que qualquer um já viu na história deste Estado e país. Vá em frente não desista, não fique só nas palavras, aja!!!
Você tem o apóio meu e de muitos outros. Mostre a ponta do iceberg das imundices cometidas por esses inescrupulosos, que falavam e pregavam uma coisa e hoje cometem verdadeiros absurdos descaradamente.
Parabéns e continue firme e forte!!!

JCF disse...

"Perereca"
Vá com vontade neste osso...
Pena que ele seja só mau-cheiro e que possa melecar outras pessoas...

Anônimo disse...

Perereca, verifique as demissoes de funcionários da OS, nesta semana. Salvo engano, a Pessoa mandou embora o Diretor Operacional e uma das suas secretárias.... eles tem muito a falar!!!
Aperte que eles falam!!!

Anônimo disse...

Ana se você tiver sorte é bem provável que encontre esmalte da Mafiosa nas negociatas do Governo com um distribuidor de combustível que tem o slogan de um clube local bem como com uma distribuidora de remédio que vende pro estado, mas tome cuidado pois não há Penitenciária Feminina para tantas meliantes assim e podem acabar caindo no programa de proteção especial como vítimas .
Escuridão, bj

Anônimo disse...

Ana Célia Pinheiro...PARABÉNS!!!Voce reacende minhas esperanças de decência e honestidade neste meio tão contaminado que é o jornalismo.Mulheres como voce,dignificam nossa classe.Vá em frente e que Deus te proteja!


Eva de Sena

Anônimo disse...

Publicou a reportagem sem ouvir o outro lado mesmo já tendo recebido explicações no blog. Foi convidada para ir ao Hangar ver as contas de perto e não compareceu. Agora vem dando uma de ofendida cuspindo fogo pelas ventas em ataques desproporcionais ao publicado pelo Hangar e ainda diz que é uma pobre jornalista temente à Deus?
Faça-me o favor dona perereca, ninguémn merece engolir esse sapo.

Anônimo disse...

Vá em frente Ana Célia. Quero ver os petistas defenderem esse mal. Não acredito que a nossa governadora saiba de tanta bandalheira nesse Hangar e não faça nada. faça-me o favor. Isso é caso de políciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Anônimo disse...

Ana,
Aproveita e investiga o Jader Barbalho, é mais fácil...

Anônimo disse...

Parabéns,

Vá enfrente, O Povo Paraense agradeçe.

Anônimo disse...

Se não faz nada depois de todo esse escandalo, é porque tá com rabo preso.Investigação nela também.

Anônimo disse...

Ana Célia,pelo menos vc ajudou o Liberal faturar uma página extra, que deve ter custaado caro aos cofres públicos, e dessa forma contribuiu para o pagamento do 13 salário dos colegas da redação.

Anônimo disse...

Ana assim que você der entrada com sua queixa junto ao MP, nos informe para ficarmos torcendo para pegarem a Maior Quadrilha já instalada nesse Estado. Outra coisa a lei 8.666 não isenta as OSs de licitação sobretudo pelo princípio da moralidade e pelo combate ao enriquecimento ilícito.

Anônimo disse...

Ana Célia, pergunta pra essa doutora do Hangar (Joana), o que um Tenente-Coronel da PM, de nome Fernando (mais um ex-namorado da governadora do PT) está fazendo diuturnamente no Hangar? Isso há mais de ano... Enquanto ele permanece irregularmente a disposição - em off -, a população clama por segurança nas ruas. Até onde Eu sei, o Hangar não é quartel da PM, ou será que é? Bjo grande Ana Célia!

Anônimo disse...

Ééééégua, foi nisso que se transformou o Hangar?

Essa turma do PT, não tem jeito.

Imagina o que essa turma não vai aprontar nas eleições de 2010?!?!?

Abraço.

Anônimo disse...

Joana, acho q tu vai virar D'arc...

Metêstes o dedo na tomada, vai tomar choque...

Segura a tua onda, doida.

A Ana vai te detonar!

vingador disse...

Ana,

Investigar a SEFA, tambem pois o ZE MAGUARI, esta aprontando todas só mudaram as moscas as merdas aumentaram muito, esta uma vergonha digna de MP e PF

Anônimo disse...

arrop,
minha perereca está coçamdo pra saber de novidades...

Anônimo disse...

Nossa sra essa jornalista so podia ser escopiana mesmo!!siga em frente e não se deixe intimidar,afinal a justiça tarda mais não falha!!parodiando um ex presidente será q vc tb tem aquilo roxo??

marzullo disse...

Querida Ana Célia
Muito interessante o artigo apresentado que certamente serão comprovados na CPI, tenho desejo de conhecer melhor essa situação do Hangar.
advogado Nelson Marzullo

Anônimo disse...

Que ridícula é a senhora jornalista, GRANDE JORNALISTA!!!!!!!, se vendendo como sempre...estratégias políticas para 2010, hein! Tá na cara , seus comentários sobre a Joana são de pura baixaria, vc não tem o que fazer? Ah! Antes que eu me esqueça sobre a denúncia do HANGAR, cheguei até me emocionar com a sua indignação! Noossa! Quanta falsidade, NÉ! E um bando de babacas te parabenizando! Chega ser hilário! Pare de ofende-la, ou vc apenas quer atacar? Quem fala o que quer, ouve o que não quer! Agora uma dica: Vende a matéria para o Orly, vai dar uma boa grana p vc! Bye

Anônimo disse...

Espero que a senhora possa provar tudo que fala. Democracia não é sair fazendo acusações levianas a qualquer pessoa. É engraçado ver que vocês se degladiam por poder. Imagine Brasília como não deve ser nos bastidores, deve haver até encomenda de morte. Celso Daniel certamente sabia muito. Aliás, Senhora Ana Célia, Belém , Pará, Brasil, está inseguro demais, vc não teme por sua vida? Contrata seguranças para te proteger, eles não tem escrúpulos, aliás vocês, porquê voce se diz petista também ou será que passou para o PSOL e amanhã quando eles estiverem no poder você vai acharcar a Heloísa Helena porquê está na pendura e quer um DASzinho para sobreviver?

Ana Célia Pinheiro disse...

Caros anônimos das 4:37 e das 5:10

Posso provar, sim, cada vírgula do que escrevi e com documentos irrefutáveis: cópias de diários oficiais do estado e de informações do INSS e AGE. Portanto, estou absolutamente tranqüila.
Creio que o ditado “quem diz o que quer, ouve o que não quer” cabe como uma luva é à Joana Pessoa: afinal foi ela quem primeiro me chamou de sem ética e inescrupulosa, numa página de um jornalão de Belém, obtida sabe-se lá a que custo.
Eu, pelo contrário, antes da publicação da matéria em O Liberal e dessa página covarde, sem ética e inescrupulosa que ela fez publicar, havia até agradecido os esclarecimentos que ela mandou a este blog, após a reportagem que publiquei.
Aliás, publiquei na íntegra os “esclarecimentos” dela e sequer fiz comentários acerca deles: apenas, mantive democraticamente o que escrevi.
Está tudo no blog e foi acompanhado passo a passo por muitos formadores de opinião.
Não dá, portanto, anônimos ou anônimo, para subverter os fatos e tentar transformar a Joana Pessoa em “vítima”...
Se quiser vender a matéria, vendo, anônimo, e para quem quiser comprar.
Ela foi produzida honestamente, com a minha força de trabalho.
E eu vivo da minha força de trabalho – ao contrário daqueles que só sabem “lamber as botas” dos detentores de poder, em troca de sinecuras...
Quem me parabeniza não é “babaca” e o que fiz é, sim, bom jornalismo.
Babaca é quem defende as “tenebrosas transações” com dinheiro público. Babaca é quem não percebe que aqueles que arrombam os cofres públicos, estão, na verdade, surrupiando o meu, o seu, o nosso dinheirinho...
Quanto a contratar seguranças, não tenho dinheiro para isso: eis que sou uma fumada duma trabalhadora, como tantos milhões de brasileiros.
Mas, talvez que deva pedir, sim, proteção policial, tendo em vista as ameaças que tenho recebido.
No entanto, tenham certeza de uma coisa: se me obrigarem a fazer isso, prepararei um release bem bacana lá pros jornais, rádios e televisões do Rio, São Paulo e Brasília – e até para os jornais e entidades de direitos humanos do exterior...
Como já disse a um “anônimo” covarde da sua marca, eu, definitivamente, não me chamo Celso Daniel.

Beijinhos,

Ana Célia