Ban

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Tribunal de Contas do Pará vai pagar mais de R$ 74 mil para descobrir como anda a imagem dele junto ao distinto público. Vocês acham que carece?


Luís Cunha, Cipriano Sabino e André Dias. Três ex-políticos, hoje Vossas Excelências no TCE: preocupação com a imagem. (Foto: DOL)



Veja só essa. 

O Tribunal de Contas do Estado do Pará resolveu contratar empresa de pesquisa para descobrir como anda a imagem dele junto à população paraense.

Vai pagar pelo levantamento exatos R$ 74.698,20.

Que sairão (é claro, inocente leitor!) do meu, do seu, do nosso bolsinho.

O contrato foi publicado no Diário Oficial do Estado do último dia 26 de novembro, caderno 7, página 6.

A empresa contratada para tão importante tarefa em prol da coletividade é uma certa V.C.H.A Serviços Ltda.

Pelos resultados que a Perereca obteve no Google, a  V.C.H.A é a Veritate ou alguma empresa que já realizou pesquisa eleitoral junto com a Veritate.

Mas não dá pra ter certeza porque o TCE, com essa enorrrrrrrme transparência que lhe é peculiar, não publicou nem o CNPJ, nem o nome do responsável pela V.C.H.A.

Apenas concedeu aos vassalos, digo, contribuintes, o endereço da empresa (Rua Rodolfo Chermont, 1061) e um pitoresco telefone: 9100000000.

E fica a dúvida: o que é que “imagem” tem a ver com o trabalho que o TCE é pago para realizar e, todos sabemos, não realiza?

Em que, afinal, aferir a “imagem” desse tribunal vai melhorar a fiscalização das contas públicas?

Ademais, o que fará o TCE para melhorar a própria “imagem”, se constatar – e constatará, se a pesquisa for séria – que essa imagem é péssima, péssima, péssima e péssima?

Vai demitir os atuais conselheiros, quase todos políticos arquivados, em fim de carreira, e substituí-los por técnicos?

Vai reduzir a impressionante remuneração das Vossas Excelências e de seus apadrinhados?

Vai acabar com o nepotismo, com as contratações temporárias, as gratificações ilegais, e com a notória subserviência em relação ao Executivo que deveria fiscalizar?

Além disso, se o TCE quiser, pode muito bem fazer essa pesquisa “de grátis”: basta pegar alguns aspones - e os há em profusão - e mandar coletar os comentários, as opiniões postadas nos blogs acerca do “trabalho” dessa “impoluta” instituição.

Confira no quadrinho abaixo o contrato desse importantíssimo serviço que o TCE vai pagar com o seu dinheirinho, caro leitor:
 

9 comentários:

Anônimo disse...

Ilustre Jornalista Ana Célia:
Parabéns! pela enésima vez, e ainda tantas virão!
Seus trabalhos, neste blog, feitos com competência e profissionalismo ímpares são, inequivocamente importantíssimos e, diria até, imprescindíveis à denmocracia.
Mas, até quando esses ar(roubos) arrogantes desses ex-políticos fracassados serão "apenas notícias"?
Por que não ajuizar, junto a quem de direito, pedidos urgentes de punição a todos os punguistas, espalhados por aí.
Uma ação pública, cartas, publicações em blogues sérios - como o s eu - ao Ministro Joaquim Barbosa, Presidenta Dilma Rousseff e deamais autoridades judiciárias deste País?
Um abraço
O Informante Invisível

Anônimo disse...

isso sem falar na festa de natal nada singela que ele faz todos os anos, no pato do círio, no peru do natal...é brincadeira!

Anônimo disse...

No TCM-PA há 39 cargos vagos de Analista de Controle Externo, conforme demonstrativo de pessoal publicado no DOE e lei de cargo e carreira do Tribunal. Nem por isso são chamados os classificados no concurso de 2009, já prorrogado, só para inglês ver.
Comissionados fazem o trabalho na área-fim, que cabe apenas aos efetivos. Para a nomeação dos concursados não há dinheiro, mas os comissionados não param de ser admitidos, em número além do que permite a lei.
Somente este semestre o TCM publicou duas aposentadorias para o cargo de analista de controle externo e nem mesmo essas vacâncias foram suficientes para convocar novos concursados. Recentemente, na onda de criação de cargos comissionados, o TCM também encaminhou projeto de lei à ALEPA criando mais cargos comissionados. O interessante é que isso ocorreu após solicitação do MPE àquele tribunal sobre a quantidade de servidores, visto que a quantidade publicada no DOE diverge da quantidade real de servidores ativos naquele tribunal (até hoje o TCM não respondeu aos questionamento do MPE e o prazo era até 06/12).
Agora, com essa informação de que existem mais comissionados que o permitido pela lei atual do TCM/PA, já imagino o porquê dessa nova lei criando cargos.
Abre o olho MPE, eles estão querendo passar a perna em todos!

Anônimo disse...

Se esses órgão inúteis, tce e tcm, alguém sentiria falta? Com certeza não, mas sobrariam milhões prá investimento, e quem sabe a roubalheira do dinheiro público poderia ser investigada, já que a única preocupação dessa porcaria é maquiar contas, aprovar tudo, sem ressalvas, e negociar emprego prá parentes e apaniguados políticos.

Anônimo disse...

V C H A SERVICOS LTDA -

Atividade Economica

7311400 AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE
7319001 CRIAÇÃO DE ESTANDES PARA FEIRAS E EXPOSIÇÕES

7319002 PROMOÇÃO DE VENDAS

7319003 MARKETING DIRETO

7319004 CONSULTORIA EM PUBLICIDADE

7319099 OUTRAS ATIVIDADES DE PUBLICIDADE NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE


PROPRIETÁRIOS


22904239200 VLADIMIR MARTINS DE ARAUJO

End.....: AV TAVARES BASTOS
Endereço
CEP.....: 66615005
Munic..: BELÉM

PORTARIA Nº 1.599/2012-CCG DE 27 DE JUNHO DE 2012
A CHEFE DA CASA CIVIL DA GOVERNADORIA DO ESTADO, no
uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Decreto nº. 13,
de 7 de fevereiro de 2011, e
CONSIDERANDO os termos do Processo nº. 2012/295312,
R E S O L V E:
exonerar, a pedido, VLADIMIR MARTINS DE ARAÚJO do cargo em
comissão de Coordenador, código GEP-DAS-011.4, com lotação
na Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda, a contar
de 20 de junho de 2012.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE
CASA CIVIL DA GOVERNADORIA DO ESTADO, 27 DE JUNHO DE
2012.
SOFIA FEIO COSTA
Chefe da Casa Civil da Governadoria do Estado


CRISTINA FREITAS HERINGER



Dados da sociedade




Entrada:


12/8/2002


Saída:



Mandato Inicio:


12/8/2002


Mandato Fim:







Endereço








End.....:


AV TAVARES BASTOS










Nº ......:


961










Bairro.:


MARAMBAIA










Munic..:


BELÉM










CEP.....:


66615005

Anônimo disse...

Esse endereço é da casa do Vladimir Araújo o dono do Veritate...

Anônimo disse...

Será que se essa imundície fosse extinta, alguém sentiria falta?

Anônimo disse...

Domínio do Fato

Vladimir Araújo é dono do Veritate, seu endereço não deixa dúvidas, conduziu através deste instituto de pesquisa a eleição de Celso sabino, e em ato contínuo virou seu principal assessor, ganha uma pesquisa do TCE presidido por Cipriano Sabino....aí não há fumaça, há fogo mesmo...drenagem de dinheiro público de forma obscura= CORRUPÇÃO.

Anônimo disse...

Isso é jogar dinheiro fora!