Ban

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Opinião: O PSDB precisa - urgentemente - de povo.



Serra: o alvo é a liberdade de expressão

Confesso, faço o mea culpa: na última eleição quase, quase, quase votei em José Serra para presidente da República. Foi mesmo por um tiquinho assim.
 
Nunca escondi a minha enorme simpatia pelos tucanos. E sempre considerei José Serra um grande quadro – um excelente técnico e um sujeito com uma bela história de luta pela Democracia.

Além disso, prefiro cravar 45 para o Executivo. Daí que estava pronta a votar em Serra, para presidente, em 2010.

Mas aí aconteceram dois episódios determinantes para que acabasse votando em Dilma Rousseff.

O primeiro foi aquele factoide do “atentado” com uma bolinha de papel – lamentável. Simplesmente, lamentável!...

O segundo foi a rendição de Serra ao discurso mais nocivo e nauseante da direita. 

Pra ser bem sincera, lá pelas tantas me senti até ofendida como mulher. 

E pensei comigo: como é que pode, um sujeito com a história do Serra, com a capacidade do Serra, com os serviços prestados não só ao Brasil, mas até aos cidadãos do mundo inteiro (com o programa modelar de combate à Aids, por exemplo) fazer uma coisa dessas? Como é que ele pode renunciar a tantos princípios, apenas para chegar ao poder?

Hoje, se tivesse votado em Serra, estaria me esfaqueando umas 365 vezes por ano.

Ao orquestrar uma campanha contra as liberdades de opinião e de informação na blogosfera, e ainda por cima meter o PSDB nessa alucinação, Serra deixa patente duas características deploráveis.

A primeira é o seu caráter autoritário, incompatível, portanto, com o avanço da Democracia neste país.

A segunda é o seu extremo narcisismo, que o faz conduzir até o próprio partido a uma empreitada vexatória, para conseguir se eleger prefeito de São Paulo.

A blogosfera é um espaço liberto e libertário, infinitamente mais democrático do que a Ágora. 

Aqui, todos têm direito à informação e à opinião - o que obriga a que todos também agucem a sua capacidade crítica.

Quer dizer: a blogosfera também é um espaço pedagógico, em prol da Cidadania.

Todos os dias, guerras e mais guerras são travadas na blogosfera, por milhões de cidadãos do mundo inteiro. 

As armas são as palavras, a informação e, sobretudo, o bom senso - esse, sim, com enorme poder de convencimento.

Aqui, todos são donos da própria voz - uma situação oposta a dos veículos tradicionais de comunicação, onde a única voz é a voz do dono.

Daí, que opor-se a essa multiplicidade, ao direito de milhões e milhões a expressar opiniões e compartilhar informações, é, no mínimo, um contrassenso a quem diz defender a Democracia e uma sociedade mais justa.

Palavra se combate com palavra; informação, com informação; opinião, com opinião.

Se Serra se sente ofendido, por que não cria um blog?

Por que não diz aos companheiros tucanos: vamos todos criar blogs! Vamos todos pra essa grande arena, pro melhor combate que há, que é o combate ideológico! Vamos convencer, vamos conquistar!

Por que Serra e o PSDB não chegam nos blogs do Paulo Henrique Amorim e do Luís Nassif, que os tucanos acusam tanto, e dizem: olha aqui, PH, olha aqui, Nassif, tu estás errado por isso, por isso e por isso. E eu convido os leitores do teu blog a visitarem o meu blog, onde estou explicando tudo isso, com riqueza de detalhes.

Não conheço nem o PH nem o Nassif, mas tenho a impressão de que eles  dariam destaque ao comentário do Serra – eu daria. Colocaria em manchete, ou “na berlinda”, como dizia o saudoso Juvêncio Arruda.

No entanto, em vez  de escolher o caminho democrático, o PSDB preferiu acionar a Procuradoria Geral Eleitoral, para que ela investigue o “patrocínio” de blogs que, segundo os tucanos, recebem verbas de órgãos federais e são “meras extensões do governo e suas campanhas”, instrumentos ilegais de propaganda eleitoral, ou, como desatina a Representação, “centrais de coação e difamação das instituições democráticas”*.

Óbvio que está tudo errado, desde o fato de o PSDB embarcar na alucinação do Serra, até essa história de “centrais de coação e difamação das instituições democráticas”.

Em primeiro lugar, coação como, cara pálida, se existe um exército formidável de veículos tradicionais de comunicação, a divulgar – ininterruptamente! - as opiniões tradicionais, das tradicionais famílias deste país?

Coação como, se a internet ainda é um luxo para a maioria dos brasileiros?

Coação como, se tudo o que se faz nos blogs é informar, expressar opiniões e debater? 

Desde quando opinar é coagir? Desde quando o fato de eu expressar uma opinião, obriga alguém a fazer alguma coisa?

Desde quando nós, os blogueiros, podemos “coagir as instituições democráticas”, se, muitas vezes, não conseguimos garantir nem mesmo o nosso próprio direito sagrado à opinião, vítimas que somos dessa violência inominável que é a censura, essa sim, um atentado à Democracia.

Em segundo lugar, “centrais de difamação das instituições democráticas”, de que forma, cara pálida, se os blogueiros lutam é por mais e mais Democracia, pelo fortalecimento da Democracia, por valores sagrados da Democracia, como as liberdades de informação e de expressão?

Aliás, por sua luta em defesa da Democracia, blogueiros já foram até mesmo assassinados neste país.

Então, quem atenta contra as instituições democráticas, em verdade, é o PSDB, quando busca suprimir a liberdade de opinião daqueles que não vivem a  incensar os tucanos; quando busca manipular o Judiciário e o Legislativo, como faz aqui mesmo no estado do Pará.

Além disso, é muita hipocrisia do PSDB vir falar em “patrocínio” de blogs com verbas públicas, quando ele mesmo, o PSDB, derrama milhões e milhões de dinheiro público nos veículos tradicionais de comunicação, por meio das verbas de propaganda.

Ou será que o Paulo Henrique Amorim, o Nassif e tantos outros blogueiros são cidadãos de segunda classe, inferiores aos Marinho e aos Civita?

Ou será que os governos só podem anunciar na Veja e na Globo?

Anunciar nos veículos de comunicação – embora eu divirja (e muito!) dos quantitativos – é legítimo, sim.

E se é legítimo para os veículos tradicionais de comunicação, é legítimo também para os novos veículos de comunicação. Simples assim.

Trata-se, e novamente, até de uma questão de bom senso: os governos precisam se comunicar com o distinto público. E não podem fazê-lo apenas pregando cartazes nas repartições.

Então, o xis da questão não é essa história da carochinha que o PSDB quer “aplicar”; essa “preocupação” com o destino das verbas de propaganda.

Em verdade, os tucanos querem é abalar, e até quebrar, a sustentabilidade dos veículos que os incomodam, enquanto mantêm a sustentabilidade dos veículos “simpáticos”.

Isso nunca foi Democracia.

E a ânsia de suprimir as opiniões divergentes, na verdade, tem outros nomes: é fascismo, é nazismo, é autoritarismo – e todos os “ismos” ridículos registrados pela História.

Os blogs e as  redes sociais são um contraponto essencial ao monopólio da informação e da opinião, desde sempre exercido pelos veículos tradicionais de comunicação.

Blogs e redes sociais constroem a informação com a ajuda de dezenas, centenas, milhares de mãos. Revelam o que se tenta ocultar. Organizam correntes de solidariedade e manifestações. E fazem com que cada indivíduo possa experimentar, ao menos uma vez, esse gostinho extraordinário da Cidadania.

É por isso que incomodam tanto e que têm sido vítimas de tantas arbitrariedades. Simplesmente, porque semeiam a pluralidade de opiniões; o direito à opinião, neste senzalão que ainda é o Brasil.

E, ao juntar-se àqueles que intentam tais violências, o PSDB só demonstra o quanto lhe fez mal o predomínio de tecnocratas.

O PSDB precisa urgentemente de povo. 

Até para aprender a convencer, em vez de suprimir.

FUUUUIIIIIIIIIII!!!!!!!
...
*As aspas foram copiadas do Comunique-se.

9 comentários:

Mestre Chico Barão disse...

COMINADA PAULISTANA DO PEIXE PÁSSARO

Até aonde eu saiba nunca houve uma chamada visual visite o blog tal e leia sobre Y ou se informe sobre Z , tudo é boca a boca!

Até onde eu saiba nem todo blog é democrático, para saber quais basta ver que em alguns tidos bem frequentados não existem comentários como se o publicado não gerasse importância de concordância ou discordância e fosse bem visitado pelos que adoram perder tempo com banalidades!

Até onde eu saiba são ínfimos os blogs que conseguem algum troco com publicidade, contudo existe uma multiplicação crescente deste espaço virtual pelo simples fato de todos sentirem necessidade de se expressarem em determinados temas defendendo suas ideias! ( não existe apenas blogs políticos)

Até onde eu saiba tenho o direito de mandar para puta que pariu quem eu achar que devo mandar independente de como eu fizer, apenas devo ter um motivo coerente para tanto ou provar que o distinto é costumaz frequentador de tal espaço!

Até onde eu saiba ainda estamos livres da censura previa embora alguns teimem em querer seu retorno ou aplica-la de maneira mascarada na forma de interpretar a lei!

Até onde eu saiba o Serra deveria se preocupar era com suas constantes palhaçadas, porque palhaçada só gera votos para quem realmente é palhaço, qual é a graça de um Serra com aparência de Tralhoto vestindo quimono ou andando de skate isso não causara apenas hircismo no eleitor pelo esforço empregado?

Até onde eu saiba esse gonete será eficaz no seu suposto objetivo, não acredito nesse seu cônscio sobre um resultado positivo nesse ato!

MCB

Mestre Chico Barão disse...

Relativo aos comentários sobre o meu CONCERTAR na postagem “Filho do Jussara”:
...................................
Comentário I
Realmente a capacidade e tirocínio dos comentaristas "Mestre" Chico Barão e do (a) consciente das 11:33 AM, são de uma inteligência digna dos mais tiebez dos seres. O primeiro acha-se como parâmetro para os outros, e usa a alegoria de propaganda de cerveja para demonstrar seu comportamento. Tadinho! Deveria ouvir um "concerto" de Richard Wagner para CONSERTAR o mundo, em especial o Pará. O(a) outro(a) é de uma sutileza paquidérmica, achando que sua id é igual das outras pessoas naturais e normais.
A D. Ana Célia cometeu, e continua a cometer crimes, atacando e enlameando pessoas e famílias segundo sua maneira comportamental e para isso conta com um grupelho de asseclas para denegrir pessoas de bem.
Ela errou e continua a errar e depois uma simples desculpa não desfaz a desgraça que ela comumente faz com a vida das pessoas.
Sugiro que vocês procurem um tratamento o mais rápido possível, pois cura não tem para o que sai de vossas cabecilhas, mas ainda pode ser amenizado com remédios contra a falsa moral: a mínima vergonha na cara.
..................................
Comentário II
Acho que erraste no conceito.

Se ela gosta de se f ... não é sádica, seria masoquista.

E por falar em masoquista, meu caro Mestre Chico Barão você deu uma escorregada. Como a perereca vai concertar? Seria coaxando no brejo, com sua voz soprano, uma ária do mestre Valdemar Henrique?
..................................
Respondendo

Ao mesmo indignado duplamente intransitivo

Certas formas de vida nem no anonimato conseguem esconder o seu DNA, tentando uma única forra imaginando não se expor caso novamente mostre seu estado de mediocridade habitual, porem como eis único toda galera sabe de quem trava essa inútil batalha!

Uma pena que tais comentários não puderam servir de açoite única maneira de conter seu desespero em me pegar de calça curta.

Eu escolhi Harmonizar e você formar concerto soando em zurro!



concertar - Conjugar
(latim concerto, -are, combater, altercar)

v. tr.
1. Combinar, ajustar, conciliar.
2. Harmonizar, decidir por acordo comum.
3. [Jurídico, Jurisprudência] Conferir; cotejar.

v. intr.
4. Concordar.
5. Soar acordemente.
6. Acompanhar (com voz ou instrumento).


v. pron.
7. Ajustar-se, combinar.
8. Formar concerto ou melodia.
9. Reconciliar-se.

Rapaz pare de desfazer o que você procura construir porque existe uma coisa chamada IP que te tira do anonimato o meu no caso é 189.82.130.25.

Em Tempo , na próxima escreva corretamente "Tibiez e não Tiebez" e sobre sua pessoa afinal anônimo é você!

MCB

Anônimo disse...

O Jatene está fazendo com o PSDB do Pará igual o que Ana Julia fez com o PT.Exterminando.

Prof. Alan disse...

Nada do que você escreveu espanta ou é novidade. Espantoso é você ter acompanhado a gestão FHC, a gestão Serra em SP, a gestão Almir/Jatene no Pará, e só ter se convencido da guinada à direita do PSDB em 2010.

Em 1994, quando os Tucanos fizeram a opção preferencial pelo PFL/DEM, que é o que há de mais podre na política nacional, eu que eu já tinha percebido tudo isso que você descreveu...

Serra sempre foi autoritário, sempre perseguiu jornalistas, sempre tentou calar as vozes dissonantes.

Ana Célia Pinheiro disse...

Pois é, professor Alan. E os coronéis ressuscitados pelo PT são todos umas "uvinhas" e "moranguinhos", né mermo?... Pergunte aos próprios petistas do Maranhão o que é que eles acham dessa "parceria" entre o PT e o Zé Sarney. Além disso, o Serra não é o PSDB. E o que eu lamento é o PSDB ter embarcado na alucinação serrista. Abs, e obrigada pela visita.

Anônimo disse...

Os partidos brasileiros sofrem da falta de uma ideologia forte,ai pintam os aproveitadores como o Jatene.Estragam o capital criado pelo Covas, Fernando Henrique Cardoso e o Serra tem capacidade e honestidade de sobra.Quem odeia e conspira contra liberdade de imprensa? O PT.

Anônimo disse...

Os tucanos, além de inconsequentes, brigam entre si. No final vai sobrar, em São Paulo, o Haddad do ENEM. O Cerra e o Aecinho vão virar figuras de museu. Depois o blogueiro deles, hospedado na VEJA, fica divulgando de forma histérica, que o pessoal do PT quer (sempre quis) acabar com a liberdade da Imprensa.

Anônimo disse...

Já te esfaqueastes quantas vezes por causa do Jatene???

Anônimo disse...

Mas como "o PSDB precisa de povo" ??? um partido do núcleo duro da elite, não sabe o que é isso e nunca vai saber! O que eles querem e "SE DAR BEM" isso sim!