Ban

sábado, 19 de maio de 2012

Alô, Alô, Ministério Público, Governo Federal, entidades internacionais! Desgoverno do Pará coloca em risco até a memória da Amazônia: ameaça de incêndio no Arquivo Público do Pará. E o Jatene, hein? 100 “cascatas” pra quem adivinhar o que ele tá fazendo...



 “Queima de Arquivo 
 
A queima de arquivo que ameaça acontecer não é em sentido figurado.

É a possibilidade REAL de uma queima de documentos, únicos da História Universal, que estão guardados no Arquivo Público do Pará.

Segundo Ethel Valentina Soares por pouco, pouco, muito pouco mesmo a tragédia não aconteceu na madrugada de 18/05. Um curto circuito ...”

Leia a postagem completa, com as denúncias da presidente da Associação dos Amigos do Arquivo Público do Pará, no blog do Flávio Nassar:

5 comentários:

Anônimo disse...

O Jatene troca as cem cascatas por um cachoeira!

Anônimo disse...

isso ele entende.

Anônimo disse...

Não é só o arquivo do Pará que está em perigo de destruição.
Você que faz jornalismo investigativo aqui vai uma informação de um fato preocupante.
Todo o arquivo de identificação civil do Estado do Pará está empilhado em local inadequado, salvo engano, em uma sala da Seccional de São Brás, sem condições de conservação.
Esse arquivo poderia ser todo digitalizado e armazenado em computador, mas, segundo alguns papiloscopistas, a concepção judicial é que ele fique arquivado "in natura", ou seja, em na ficha de papel denominada de "Individual Datiloscópica" onde são registradas com tinta as impressões (papilas) digitais (dos dedos das mãos).
Com tanto dinheiro que é destinado para as instituições da Segurança Pública nada é destinado para esse serviço.
Segundo se fala ao pé de ouvido, grande parte dessas fichas está em estado imprestável, atacada pelo mofo e o papel apodrecido.
Se houver a inutilização desse material, a população paraense e todos aqueles que foram identificados civilmente aqui terão que retornar ao Setor de Identificação para renovação de seus dadados datiloscópicos.

Anônimo disse...

Infelizmente essa é a realidade. O estado do Pará abandonado â mercê de um grupo de políticos ladrões, liderados por esse preguiçoso e tres senadores fichas sujas. É o povo que não sabe votar, com o governo que merece.

Anônimo disse...

Enquanto isso a TIM continua engambelando seus clientes e nada acontece. Há meses que o sinal da telefonia celular é sofrível, quando anoitece é uma via crucis completar ligações tamanha é a sua precariedade. No interior a indigência dessa operadora e tamanha que tem gente subindo até em açaizeiro pra conseguir um mísero sinal. Na última semana, os problemas duram o dia inteiro. Fui até uma loja dessa operadora e a atendente, num lampejo manhoso, veio com uma conversa "orientada" de que o problema consistia na “reposição tecnológica da repimbola da parafuseta" (como dizia o trapalhão Didi) e que estava sendo resolvido.
Será que não tem nenhum promotor do MP, juiz, deputado ou até o bispo, que utilize celular desse furdunço, que se indigne e que possa mover uma palha. Ou ela vai continuar vendendo aparelhos a rodo e remetendo seus fabulosos lucros para a matriz italiana?