Ban

sexta-feira, 20 de junho de 2008

barão




A Morte do Barão



A Perereca está pra lá de consternada por se encontrar tão longe de Belém, num momento como esse em que o Barão tem de passar horas ao telefone, desmentindo a própria morte...



Que coisa, né xentes? Ó alma maligna, a que pensou em algo assim...




Afinal, a morte do Barão seria uma perda irreparável, ou até, uma irreparável perda não apenas para Inhangapi, mas, para todo o Brejo.




Pelo telefone, minha correspondente diz, desconsolada: “Vixe Maria, comadre, pois num é que adeu bode na cabeça?!!!...” E completa: “diz que o ômi se atremia atodinho, atodinho!...”




E eu aqui tão distante, chuif!...




Mas avorto, logo,logo, com tudo que é detalhe desse causo espantoso...

Nenhum comentário: