Ban

sexta-feira, 7 de abril de 2006

Direto da Plebe Rude

O bicho vai pegar

Turuna, meu tendencioso correspondente na Plebe Rude, confidencia que a reunião, do PT, neste final de semana, vai ser de arrepiar. De um lado, os que defendem aliança, prioritariamente, com o PSB e PC do B, às próximas eleições ao Governo do Estado. De outro, a ala que quer coligar, também, com o PMDB.

Meu correspondente pé-de-chinelo diz que, no último domingo, já foi aprovado indicativo do nome de Mário Cardoso, para o Governo, em coligação, apenas, com as esquerdas.

E cochicha, meio sem graça: “O Paulo Rocha, comadre, quer uma aliança o mais ampla possível. O problema é que, na reunião de domingo, o pessoal do interior saiu antes da votação, pra ir pro arrasta-pé do aniversário dele. Aí o pessoal de Belém, jogando sozinho, acabou aprovando essa indicação. Assim não tem combate, né, comadre?”.

Meu correspondente vermelho-que-dói diz que a decisão de Belém deve pesar na balança. Mas, informa, o grupo estadual, ligado a Paulo Rocha, reúne, amanhã, em preparação para o próximo bafafá.

Pergunto a Turuna se a cisão ocorre no mesmo grupo, ou se são correntes diferentes, mas ele não sabe dizer. “É tanta corrente que até esqueço o nome...”.

Desligo o telefone e me ponho a matutar: diabo de correspondente mais despreparado...Se duvidar, não tem nem registro...

Só esquerda

O embate petista vai clarificar o quadro das oposições ao próximo pleito. Se a proposta restritiva vingar, o candidato ao Governo será, provavelmente, Mário Cardoso – embora não esteja descartada a hipótese de Ademir Andrade.

Ademir, que prefere apostar na vaga certa da Câmara Federal, vem sendo pressionado, tanto pelo PT, quanto pelo PC do B. De qualquer forma, caso a cabeça do acordo vá para Mário Cardoso, Ademir poderá, ainda, ser o candidato a senador.

Acordão

Se vingar a proposta do frentão oposicionista, Jader poderá ser candidato ou ao Governo, ou ao Senado.

Mas, na semana passada, conta Turuna, em reunião com Paulo Rocha e Zé Geraldo, Jader já teria admitido abrir mão do Governo, desde que a candidata da composição seja a senadora Ana Júlia Carepa.

Segundo Turuna, Jader teria afirmado que Ana é a única candidata do PT com densidade para disputar as eleições. Abriria mão em favor dela, apesar dos problemas ocorridos em 2002, quando o grupo de Ana, por não aceitar Elcione, acabou contribuindo para a eleição de Dudu.

O problema, agora, diz meu despreparado correspondente, é convencer Ana Júlia. Coisa, que aliás, talvez provoque pouco entusiasmo no PT.

Jatene e Jader?

Corre nos bastidores que Almir, e não Jatene, é que estaria insistindo na aliança com Jader. Tudo para resolver a situação de Pepeca, que é periclitante. Sei não. A Perereca discutiu isso, no post inaugural. Para o blog, em caso de acordão PSDB/PMDB, o mais provável é a dobradinha Jatene/Jader.

Surpresas

Se sair a cassação de Jatene, as composições vão virar de cabeça pra baixo. Principalmente, se também Almir ficar inelegível. Quem seria o candidato da União? Jader? Pepeca? Mário Couto? Ou o emplumadíssimo Leão (uau!), o quase-governador mais gatíssimo do Pará.

A bolsa de apostas está aberta. Até mais que a Perereca.

3 comentários:

Anônimo disse...

Querida Ana Célia. Primeiramente parabéns pelo blog, automaticamente incluso entre os meus preferidos diariamente.
Segundamente sobre este angu que se transformou a política regional e nacional, mostra claramente a nós mortais eleitores a pouca vergonha, a falta de escrúpulos e o descaramento das lideranças, que imaginam poder enganar a todos o tempo todo.
Aqui no charco tapajônico, as pererecas o os cururus aguardam ansiosos pelas definições e enrrabações para se posicionar dentro da suruba. Alguns porém estão sendo enrabados sem sentir, por que não pau mole. O corrupto Lira Maia é um deles, está doidinho, porque não sabe até agora que cargo irá disputar.
Mas ainda vai ter mais sacanagem neste suruba, é só aguardar.
No mais sucesso e no aguardo de sua visita para saborearmos um pirarucu ou tucunaré na praia do Maracanã.

Celivaldo Carneiro

Anônimo disse...

Ana Bô. Esse blog é de sacanagem? Só vejo refereência à enrabação e coisa do gênero. Cadê o jornalismo investigativo, ó minha! Ainda mais chamando o Leão de gato...

Ana Célia Pinheiro disse...

Que coisa boa um espaço democrático, né, Ronaldinho? A Parereca é assim mesmo. Se reserva o direito de permitir todos os comentários, mesmo os desabafos ou eventuais sacanagens (no bom sentido, no bom sentido...). Sejas bem-vindo, queridinho!