Ban

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Uma Viagem




Queridíssimos:




Agora que descobri esse negócio de botar música no blog, sinto que vocês vão penar na minha mão...




Vamos fazer umas viagens enlouquecidas, que irão de Mozart a Reginaldo Rossi, com um "pitstop" nos Gipsy Kings...



E, manos, por favor, não quero ouvir reclamação!...




Psiu!...Escutem só!



Arrebenta DJ!!!!!!!!






Cassia Eller e Edson Cordeiro - A Rainha da Noite






PS: Doida é a mãe!... Eu sou é excêntrica. FUUUIIIIII!!!!!!

5 comentários:

Anônimo disse...

Égua perereca, tu tens link do zé dirceu e não do reinaldo azevedo? Péra lá!

Anônimo disse...

Uma dica:

Você deve "colar" o comando da opção Embed e não a URL. Assim o tocador aparece no seu blog.

Ana Célia Pinheiro disse...

Ao Anônimo das 2:59:


Querido, obrigada pela dica, mas, o que está colado aí é justamente a opção Embed e não a URL – e, infelizmente, o tocador não aparece.


Tanto assim que tive até de colocar essa imagem do gramofonezinho, que acabou ficando bem bacana, creio.


Quando colo o HTML na postagem dá erro. E aparece selecionado um pedação que o blogger quer invalidar.


Aí tenho que marcar uma opção, para desconsiderar o erro. Mas, também tenho de desmarcar a seleção do corpo da postagem – do contrário, o link para a página da música fica corrompido.


Se você puder me ajudar nisso, agradeço de coração, já que sou mesmo uga-buga em tecnologia – você nem imagina, querido, o “suor” que representou a inclusão de música no blog...


Obrigada pela atenção e, por favor, se puder, me ajude.


Abs,


Ana Célia



P.S. Juro que não sou "amarrada"...

Ana Célia Pinheiro disse...

Ao Anônimo das 11:08:

Desculpe, querido: não tenho nada contra o Reinaldo - escreve muitíssimo bem, é culto e bem informado à beça.


Mas, sinceramente, admiro muitíssimo o grande "companheiro" Zé Dirceu: excelente em estratégia política, até porque pragmático como bem poucos quadros da esquerda conseguem ser. Um sujeito comprometido até o tutano com a transformação da sociedade brasileira. Um quadro magnífico que qualquer partido adoraria ter.


Quando leio o Zé Dirceu, aliás, lembro sempre de Bertold Brecht - "há homens que lutam toda a vida: esses são os imprescindíveis".


Para mim, ele foi - e ainda é – um "companheiro" imprescindível nessa luta da sociedade brasileira por uma democracia de verdade; baseada, portanto, na inclusão maciça do nosso povo.

Pode ter cometido erros – como todos cometemos, aliás, todo santo dia. Mas, nada disso invalida a sua brilhante trajetória.

Creio que ele é, sobretudo, um companheiro muito corajoso e leal ao projeto político de seu partido.

Daí ter me lembrado de linká-lo à Perereca, logo que vi o blog dele, e bem antes dessa “reforma”, por sinal.


Zé Dirceu é petista? E daí?
Creio, aliás, que o Lula foi muito feliz quando disse, recentemente, que está muito orgulhoso por ter, na disputa para sucedê-lo, dois companheiros, dois magníficos quadros da esquerda brasileira: Serra e Dilma.

Dois cidadãos de inegável capacidade técnica e provas dadas de compromisso com o nosso povo.

Particularmente, é verdade, ainda prefiro o Aécio, que, na minha opinião, apresenta um diferencial importantíssimo, que é a maior capacidade de diálogo, “um apreço”, digamos assim, bem maior pela democracia.

Mas, assinaria embaixo das palavras do "companheiro" Lula, pois, tenho dito várias vezes a alguns amigos que, enquanto essa disputa se restringir a tucanos e petistas, tudo estará “nos conformes”.

Preocupação só terei quando a disputa incluir, também, a direita – o que não é nada difícil de acontecer, diga-se de passagem, devido a essas porradas cada vez mais complexas entre os gêmeos da política brasileira – os nossos Esaú e Jacó, do original bíblico, ou, se preferirem, os nossos Pedro e Paulo, os gêmeos da escrita “adubada” de Machado de Assis, que brigavam desde o útero materno...


Penso que, na história deste Brasil melhor que, apesar de todos os erros, apesar de todos os equívocos vamos conseguindo construir há um lugarzinho reservado a esses grandes companheiros que são Zé Dirceu, Lula, Dilma, Zé Serra, Fernando Henrique Cardoso (o grande FHC!), “Serjão”, Ruth Cardoso, Almir Gabriel, Simão Jatene, Ana Júlia Carepa e tantos e tantos outros companheiros, tantos e tantos outros cidadãos que formam uma lista infinita; uma verdadeira constelação de brasileiros em busca deste País mais justo, mais democrático, que está profundamente enraizado em nossos corações.


Mas, já que você me chamou a atenção para isso, anônimo, vou linkar a Perereca também ao blog do Reinaldo...


Não vejo diferenças substanciais entre tucanos e petistas – e já disse isso, várias vezes, neste blog.


Concordo com ambos, em muitas das críticas que trocam.


E, mais ainda, nas idéias, nos projetos que defendem.


Mas, também sei que é preciso fiscalizar atentamente uns traços, um “ranço” comum aos companheiros tucanos e petistas: a arrogância, o autoritarismo, a “mania plenipotenciária”.


Porque sei que, se ambos, tucanos e petistas, são o que de melhor nós, sociedade, conseguimos construir até aqui, também é verdade que eles espelham, como não poderia deixar de ser, uma democracia que ainda engatinha; que ainda terá de aprender muito, para, enfim, amadurecer.


Obrigada pela sua participação, anônimo! E deixe lá que vou linkar também o Reinaldo ao blog.


E não que isso signifique grande coisa para ele. Mas, certamente, será uma honra para mim e para este nosso “cafofo”.

Abs,


Ana Célia

Marcão disse...

Militantes do PSOL perdem eleição no SINTPREVS, mas não querem largar a “boquinha”.

Em processo eleitoral que rola desde novembro de 2008, no final de fevereiro ocorreu eleição no Sindicato dos Trabalhadores na Saúde e Previdência Social e concorrerem duas chapas. A situação formada por militantes do PSOL/APS, no poder há cerca de 20 anos e buscando se perpetuar no poder na marra e na maracutaia e a chapa de oposição, formada por novas lideranças que não aceitavam a manutenção do sindicato a serviço daquele partido e de seus diretores, bancando despesas de farras de telefone celular liberado, uso de taxis para atividades pessoais e muitas idas nos botecos da vida por conta do SINTPREVS.

Em novembro passado a chapa da situação perde o prazo de inscrição de chapa, que “elles” mesmo fixaram e melam o processo. Em janeiro2009 é recomeçado e marcam a eleição para o dia da Marcha do FSM 2009, na esperança de que apoio e presença de Heloisa Helena e Cia pudesse reverter a derrota certa. Mesmo assim perdem a eleição que, porém alcança o quorum regimental e teve de ser remarcada para 18 e 19 de fevereiro.

A oposição defendia em seu programa um sindicato a serviço da luta dos servidores e passar o sindicato a limpo, com uma auditoria nas contas da entidade. Foi isso que levou os diretores Maués & Cia a se apavorarem e pedirem socorro aos caciques do PSOL/APS.

E, para lá foi o senhor Eloi Borges fazer o serviço sujo, contrariando a vontade dos trabalhadores e para manter a entidade sem auditoria e sem mudança na direção, já que os pelegos estavam acostumados ao poder e imaginavam que o cargo fosse vitalício, isto explica o desespero e trapaça, mas nada adiantou, o trabalhador foi lá, e deu o seu recado votando na mudança e derrotando os pelegos do PSOL/APS e elegendo majoritariamente a chapa de oposição.

O senhor Eloi Borges, candidato derrotado pelo PSOL/APS nas últimas eleições e dirigente do SINTEPP, mesmo que informalmente afirmasse que os integrantes da chapa da situação estivessem errados em querer impor à chapa vitoriosa o controle da entidade pela chapa derrotada, mas Eloi que se também se mostrava disposto a fazer acordos para aceitar o resultado da eleição ele dizia “esse pessoal nosso no Sintprevs é ruim e difícil de tratar”. Mas, mesmo assim, reconhecendo que a turma do PSOL/APS na direção do sindicato era “ruim” não teve escrúpulo em realizar o autoritarismo, desonestidade e roubalheira que tanto dizem combater.

A fraude foi de todo tipo, desde voto de mesário por eleitor que estava viajando, com a desculpa de que o mesário sabia qual era a opção do eleitor ausente. Teve também falsificação de assinatura de eleitor para “emprenhar” urnas que deveriam conter apenas o voto do trabalhador e teve até eleição fantasma no interior do estado e votação realizada após encerrado o prazo eleitoral e com o resultado das demais urnas apurados e divulgados, para impedir a vitória da oposição. Foi um vale tudo típica de coronel de gangaço realizada às vistas e sob o comando do triste senhor Eloi Borges.

No dia final da apuração alertamos ao senhor Eloi de que ele estava rasgando sua história de dirigente sindical e de ética ao aceitar ser utilizado para manipular uma eleição onde seu grupo político foi derrotado. Porém, como tudo na vida, isso teve seu lado positivo. Deixou cair a máscara do PSOL, da APS e do Eloi Borges. E o que é pior ... não vai adiantar tanta força bruta, tanta roubalheira e desespero. Temos certeza que o golpe será revertido na justiça e, enfim os trabalhadores poderão ver triunfar a seriedade e sua vontade. E assim a categoria poderá ter de volta seu sindicato atuando de forma democrática e cristalina. E, com a auditoria realizada veremos o tamanho do “rombo” praticado nas contas da entidade, os responsáveis pela “farra” com o dinheiro dos trabalhadores.

Dessa forma poderemos separar o joio do trigo, realizando a punição dos bandidos sindicais e , para salvaguardar e garantir o direito do trabalhador a chapa 2 - É PRA MUDAR, interpôs AÇÃO CAUTELAR INOMINADA contra o resultado forjado e imposto contra a vontade do trabalhador, pelos “DITADORES” fantasiados de democratas.

A LUTA AINDA NÃO ACABOU! A JUSTIÇA CONFIRMARÁ A VITÓRIA DO TRABALHADOR!

Atenciosamente,


José Marcos de Lima Araujo
Presidente da CTB PA
Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Pará)