Ban

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Hemopa e parceiros se mobilizam para aumentar doações de sangue. Mais duas campanhas externas acontecem amanhã em Ananindeua e Marituba. Queda na quantidade de coletas pode prejudicar transfusões.





Da Ascom Hemopa - Nos municípios de Ananindeua e Marituba, na Região Metropolitana de Belém, acontecerão na manhã deste sábado (09) mais duas campanhas externas de doação de sangue, promovidas pela Fundação Hemopa em parceria com a Igreja Adventista do 7º Dia e com o Grupo Ativistas pela Paz.

Também haverá coleta na sede do Hemopa, em Belém.

A meta é chegar pelo menos a 200 coletas de sangue, quando o ideal é de 250 a 300 doações por campanha, para manter o estoque de sangue.

Desde a última segunda-feira (4), o Hemopa não consegue 100 coletas diárias, o que significa uma redução de aproximadamente 50% no número de doações.

Caso a média não seja recuperada, o atendimento de transfusões na rede hospitalar será prejudicado, provocando adiamento de cirurgias eletivas e atendimentos prioriários na área de urgência e emergência.

As campanhas começam na manhã de sábado, com a parceria do projeto “Vidas por Vidas”, da Igreja Adventista do 7º Dia, de Ananindeua. A previsão é conseguir 150 coletas.

Também no sábado, das 8 às 14 h, a Igreja Adventista realizará campanha externa na Escola Emília Clara de Lima, no bairro da Pedreirinha, em Marituba, com a meta de 200 coletas.

Os voluntários mobilizados pela empresa também fazem parte do projeto “Vidas por Vidas”, desenvolvido com o objetivo de conscientizar cidadãos para o hábito da doação, a fim de manter os estoques de sangue dos hemocentros.

O projeto é realizado em oito países da América do Sul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. 


Defesa da vida - Simultaneamente, a Fundação Hemopa receberá no prédio sede voluntários do Grupo Ativistas pela Paz, até as 17 h, com a meta de conseguir 100 doações.

O grupo é formado por pessoas dispostas a promover ações contra a violência e em defesa da vida desde a concepção.

A gerente de Captação de Doadores do Hemopa, Juciara Farias, ressaltou a importância das ações realizadas pelas instituições parceiras, e agradeceu aos voluntários que atendem ao apelo para doação de sangue.

“Estamos com nosso estoque muito reduzido. Precisamos do apoio da sociedade para reverter esse quadro, que pode interferir negativamente no atendimento da demanda transfusional”, informou.

Nesta sexta-feira (8), a unidade móvel do Hemopa ficou na Avenida Presidente Vargas, em frente ao prédio do Banco do Brasil, no centro de Belém, das 8 às 15 h. 

Na próxima quarta-feira (13), das 8 às 16 h, a campanha externa será realizada na Escola Madre Celeste, localizada na Rua Manoel Barata, nº 728, no distrito de Icoaraci. 

No dia 14, a campanha terá o apoio da Escola Madre Celeste da Cidade Nova VIII, na Estrada da Providência, em Ananindeua, das 8 às 15 h. 

As campanhas externas continuam no dia 19, na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), das 8 às 16 h, na Avenida Perimetral. 

No dia 20, no Hospital Divina Providência, das 8 às 16 h, na Rua Dom Aristides. 

No dia 22, também em parceria com a Igreja Adventista do 7º Dia, será no município de Benevides (na Região Metropolitana), das 8 às 16 h. 

E no dia 23, na sede da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), das 8 às 14 h. 


Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h.

Mais informações pelo fone 0800 280-8118.

Nenhum comentário: