Ban

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Falta um: Polícia Civil prende ex-prefeito de Tomé-Açu, Carlos Vinícius, acusado de ser um dos mandantes do assassinato de Jorge Pimentel. Mas pai de Vinícius, também acusado de encomendar o crime, ainda se encontra foragido.

No portal das ORM: 

"Mandante de duplo homicídio em Tomé-Açu é preso.Ex-prefeito é acusado das mortes de advogado e empresário 


A Polícia Civil prendeu o ex-prefeito de Tomé-Açu, Carlos Vinícius de Melo Vieira, acusado de ser o mandante das mortes do advogado Jorge Pimentel e do empresário Luciano Capácio, em março deste ano, no município. Vieira teve mandado de prisão decretado pela justiça do Pará.

O outro indiciado como mandante do crime é o pai do preso, Carlos Antônio Vieira, que também está com ordem de prisão decretada e permanece foragido. Carlos Vinícius foi localizado na capital federal como resultado do trabalho de investigação realizada por uma equipe de policiais civis coordenados pelo delegado Christiam Rocha.

Dois dos três executores das vítimas permanecem presos. Outra pessoa apontada por dar fuga aos pistoleiros também está presa. Outra pessoa, indicada como intermediário da contratação dos criminosos, também está com mandado de prisão decretado.

Wellington Ribeiro Marques, 37 anos, de apelidos 'Teco' ou 'Neném', e Carlos André Silva Magalhães, 27, de apelidos 'Tico' ou 'Andrezinho', indiciados como executores das vítimas, foram presos em 17 de março deste ano, por policiais civis, que os abordaram em uma barreira de fiscalização na rodovia BR-316, em Gurupi, na divisa do Pará com o Maranhão.

Ambos já eram foragidos de Justiça e respondem por diversos crimes, a maioria, homicídios. Wellington é apontado como pistoleiro profissional, com atuação na região de Paragominas, no nordeste paraense, onde é acusado da autoria de, pelo menos, seis homicídios".

......... 


Neste momento, o presidente da OAB/PA, Jarbas Vasconcelos, concede coletiva à imprensa sobre o fato.

Leia a reportagem da Perereca “Conselho da OAB deve aprovar Representação contra Jatene por crime de responsabilidade na próxima terça. Denúncia contra o Estado do Pará à Comissão Interamericana de Direitos Humanos e deslocamento do Processo Jorge Pimentel para a Justiça Federal também estão na pauta da reunião. Faixas de luto são afixadas em todos os prédios da entidade, em repúdio à violência que assola o Pará”: http://pererecadavizinha.blogspot.com.br/2013/11/conselho-da-oab-deve-aprovar.html


Nenhum comentário: