Ban

terça-feira, 2 de julho de 2013

Comandante da Guarda diz que manifestantes “colocavam em risco vida das pessoas”. Daí as bombas( Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk). E as Vossas Excelências, os vereadores de Belém, querem votar o PPA sem a presença do povo.


No G1, há pouco: 

Vereadores devem realizar sessão fechada para votar PPA em Belém 

Presença de manifestantes será proibida após confusão da Câmara.Votação foi interrompida após tentativa de invasão do plenário. 

02/07/2013 12h17 - Atualizado em 02/07/2013 12h28

A votação do Plano Plurianual (PPA), que define as prioridades para a administração de Belém, deve ser retomada na Câmara Municipal nesta terça-feira (2). A sessão foi interrompida antes do plano entrar em pauta após um grupo tentar invadir o prédio, que está ocupado por manifestantes a favor do passe livre estudantil desde a noite de segunda-feira (1º).

A Guarda Municipal, que já estava presente na CMB, utilizou spray de pimenta para conter o grupo. Segundo alguns vereadores e funcionários do local a ação teria sido excessiva, mas de acordo com o comandante da guarda, coronel Carlos Machado, a ação respeitou o uso progressivo da força. "Os manifestantes arrombaram a porta de acesso ao plenário, colocando em risco a vida das  pessoas. Nós fizemos uma barreira de contenção", afirma.

A segurança foi reforçada e os vereadores retornaram ao plenário. Segundo a CMB, seis vereadores faltaram a esta sessão. Ainda de acordo com a assessoria da câmara, o PPA deve começar a ser votado ainda hoje, mas em sessão fechada já que os manifestantes não poderão permanecer dentro da galeria do prédio após a confusão.

Nenhum comentário: