Ban

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Policiais civis param nesta sexta-feira em todo o estado‏



O Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará - SINDPOL / PA, comanda a paralisação de 24 hs dos Policiais Civis em todo o Estado do Pará, a partir da manhã desta sexta-feira, 14.06.

A partir das 9 hs, um Ato Público e Panfletagem na Praça do Operário, em São Bras, deflagra a PARALISAÇÃO DE ALERTA, que irá durar 24 hs.

A categoria diz que está esgotando todos os recursos cabíveis para não deflagrar a greve em todo o Estado.

Mesmo estando em Assembleia Geral permanente desde 1º de Março e em estado de greve, os policiais vem tentando sentar com a Secretaria de Estado de Administração (Sead) e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup), para resolver as reivindicações que constam na pauta de reivindicações a ser discutida na reunião de negociação específica que foi adiada por três vezes e não tem data marcada nem previsão de ocorrer.

Para a diretoria do Sindpol/Pa e da Confederação Brasileira dos Policiais Civis - Cobrapol, esta situação configura desrespeito e descaso com toda a categoria.

Os policiais civis reivindicam,  a incorporação nos salários do abono de R$ 540 e a isonomia entre os servidores que exercem a mesma função, mas recebem salários diferentes por causa do nível de escolaridade. Eles querem que todos recebam salários de nível superior, por exercerem a mesma função.

A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará (Sindpol) também denuncia o plantão remunerado que o governo está pagando para os policiais trabalharem nos dias de folga e a situação dos servidores que trabalham no interior do Estado.

Os policiais também querem eleição de listra tríplice para escolha do delegado geral. Eles aguardam uma resposta da secretária de Estado de Administração, Alice Viana, sobre o estudo de impacto na folha de pagamento que as reivindicações trariam.

A categoria continua em estado de greve e com uma operação padrão que consiste em seguir todas as recomendações legais para o exercício do trabalho dos policiais como só sair da delegacia com uma ordem de serviço ou ordem de missão assinada pelo delegado, em veículo em condições adequadas às normas do Departamento de Trânsito, entre outras exigências legais.

O Sindpol/Pa montou um dossiê com fotos, após percorrer 30 municípios paraenses e constatar a precariedade na prestação dos serviços nas delegacias de todo o Estado. Esse dossiê foi entregue pela diretoria ao Governador Simão Jatene durante evento ocorrido no mês passado no Hangar, mas até agora não recebeu nenhum posicionamento do Governador sobre o relatório.

Brevemente, o sindicato irá percorrer todos as delegacias do estado e complementar o dossiê para mostrar a realidade de calamidade em que se encontra a Polícia Civil e a segurança pública no Pará. 

(Fonte: Celeste Oliveira/Ascom/Sindpol) 

............... 

E Leia aqui matéria do Diário Online em que o Sindpol denuncia ameaças do Governo aos policiais, para evitar que participem do movimento: http://www.diarioonline.com.br/noticia-247311-sindpol-diz-que-policiais-estao-sendo-ameacados.html

Nenhum comentário: