Ban

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Conte até 10: Ministério Público do Pará participa da mobilização pelo fim da violência.





O procurador-geral de Justiça, Antônio Eduardo Barleta de Almeida, e o governador do Pará, Simão Jatene, entre outras autoridades, abrem nesta quinta (29), às 10 horas da manhã, a versão regional da campanha “Conte até 10. A raiva passa. A vida fica. Paz. Essa é a atitude!”.
 
O evento acontecerá na Escola “Madre Zarife Salles”, na Travessa Barão de Igarapé Miri nº422, no bairro do Guamá. 

No local serão distribuídos, às escolas convidadas, kits com produtos e mensagens da campanha.

As mensagens e ações da campanha terão um caráter permanente e serão disseminadas na capital e no interior do Pará.

A “Conte até 10” tem como objetivo mobilizar a mídia e a sociedade pelo fim da violência e disseminar a cultura da paz.

O lançamento da campanha regional é coordenado pelo Ministério Público Estadual e desenvolvido em parceria com instituições governamentais e não governamentais.

“A idéia é iniciar a campanha por Belém, tendo como referência as escolas, centros comunitários e igrejas e, em seguida, multiplicar as ações pelo interior do Pará, por meio das promotorias de justiça do MP e dos demais parceiros governamentais e representativos da sociedade civil”, explica o promotor de justiça José Maria Costa Lima Júnior, coordenador do Centro de Apoio Operacional (CAO/Criminal) e organizador local da campanha.

A campanha "Conte Até 10" é fruto da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (ENASP), do Conselho Nacional do Ministério Público, e objetiva reverter a situação trágica da violência no Brasil, onde grande parte dos homicídios são cometidos por pessoas que nunca mataram antes.

O alvo são os crimes que acontecem em função da banalização da violência, da falta de tolerância, da ação impensada no momento da raiva.

A campanha traz lutadores mundialmente reconhecidos e promove a reflexão, motivando o cidadão a contar até 10 antes de praticar qualquer ato de violência por impulso, e disseminando a cultura da paz. 

São parceiros da iniciativa o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Justiça, no âmbito federal, e no Pará, o Governo do Estado.

ESCOLAS O projeto contempla a proposta de promover visitas mensais às escolas da cidade, para tratar do tema da campanha.

Para tanto, estão sendo desenvolvidas cartilhas e jogos que despertem a atenção dos estudantes.

Leia mais sobre a Campanha “Conte até 10” no site do CNMP www.cnmp.gov.br/conteate10

(Fonte: site do MPE, com modificações do blog)

3 comentários:

Anônimo disse...

TENHAM PACIENCIA DEMAGOGIA ASSIM NAO DÁ GOVERNADOR, TÃO MATANDO MAIS EM BELÉM DO QUE EM SP, E O SENHOR VEM FALAR DE PAZ E PACIENCIA O QUE FALTA SÃO AUTORIDADES DA SEGURANÇA PÚBLICA COMPETENTES, EFICIENTES E COMPROMISSADAS COM A CAUSA PÚBLICA.

Anônimo disse...

O MPE PRECISA VISITAR O PÁTIO DE CARROS INSERVIVEIS DA SUSIPE E O DESTINO DADO A ELES.

Anônimo disse...

Deviam combater primeiro éa corrupção, infelizmente incentivadas pelo MP e TJE, que não pune e nunca vai punir os ladrões do colarinho branco. A violência é consequência dos males causados pelos corruptos.