Ban

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Abaixo-assinado pede reforma política já!




Rola na internet no site Petição Pública, abaixo-assinado reivindicando a reforma política:

 
Nós abaixo assinados apoiamos a proposta de Iniciativa Popular para a Reforma do Sistema Político. Apoiamos uma nova regulamentação do art.14º da Constituição Federal que trata do plebiscito, referendo e iniciativa popular. Defendemos que determinados temas só podem ser decididos pelo povo, através do plebiscito e referendo. Queremos a diminuição das exigências para a iniciativa popular, menos assinaturas e um rito próprio no Congresso Nacional. Defendemos reformas no sistema eleitoral que possibilitem aos segmentos subrepresentados nos espaços de poder(mulheres, população negra e indígena, em situação de pobreza, do campo e da periferia urbana, da juventude e da população homoafetiva, etc) a disputa em pé de igualdade como os demais. Para isso, defendemos a votação em lista pré-ordenada com alternância de sexo e critérios de inclusão destes segmentos e financiamento público exclusivo com punições severas para quem desrespeitar. Defendemos o fim dos privilégios aos parlamentares, como por exemplo, férias de 60 dias, 14º e 15º salários, além do decoro parlamentar, do foro privilegiado e da imunidade parlamentar para que estes não sejam usados como instrumentos para a impunidade”.

Para assinar clique aqui: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N13269

Um comentário:

Anônimo disse...

Já assinei, vou recomendar a todos quanto eu puder, e que seja incluído a mudança da forma de ingresso nos tribunais de contas, estado e município, o fim da vitaliciedade de seus membros, e que possam ser responsabilizados quando houver erros de fiscalização. Mais de cem milhões desviados da alepra, todas as contas foram aprovadas pelo órgão inútil, e nenhum conselheiro foi responsabilizado. O vice presidente do tce, luís cunha, continua com os irmãos antonio da cunha teixeira nomeado no cargo de vice-diretor no CRPP III em Americano, e paulo cunha teixeira no cargo de chefe de segurança no presídio de Bragança.