Ban

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Meditações eleitorais





Nem o PT nem o PSDB pode se queixar do resultado destas eleições.

Nas contas do jornalista Fernando Rodrigues, tucanos e petistas (ou petistas e tucanos, como vocês preferirem) vão administrar 31 das 85 maiores prefeituras brasileiras (http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2012/10/28/pt-e-psdb-ficam-com-31-das-85-maiores-prefeituras/).

16 serão vermelhas; 15, amarelas.

O PT ganhou de lavada a joia da coroa: São Paulo, a maior cidade do País. E isso apesar do julgamento do mensalão em plena campanha eleitoral.

Mas nem no caso de São Paulo os tucanos podem se queixar. Pelo contrário: precisam é agradecer, efusivamente, aos manos petistas.

Afinal, a maior vitória do PSDB nestas eleições foi se livrar definitivamente de José Serra, o que abre uma autoestrada diante da candidatura de Aécio Neves à Presidência da República, em 2014.

Agora, só falta os tucanos se livrarem de Simão Jatene.

..................

Jatene é um dos piores governadores da História do Pará, sem sombra de dúvida.

Faz um Governo corrupto e corruptor como poucas vezes se viu – e olhem que, em se tratando do Pará, o páreo é duro.

Em dois anos de governo, não tem nem sequer uma obra importante pra chamar de sua. 

E o dinheiro para investimentos simplesmente desapareceu, consumido pelo custeio da máquina e por otras cositas más.

No ano passado, o Governo do Pará errou por uns poucos milhões a previsão de despesas do Orçamento Geral do Estado. 

Mas os investimentos (que integravam essa estimativa de despesas) ficaram em menos da metade do previsto. 

Aliás, no ano passado, os investimentos atingiram o pior nível dos últimos 15 anos (leia aqui: http://pererecadavizinha.blogspot.com.br/2012/08/incrivel-jatene-quer-contrair-quase-r-2.html).

E qual a saída encontrada por Jatene? Um megaempréstimo de quase R$ 2 bilhões.

Que, a julgar pelo que aconteceu no ano passado, pode é acabar consumido pelo custeio da máquina e por otras cositas más.

..............

Jatene é um excelente técnico, todo mundo sabe disso.

E até porque foi eleito em meio a grandes expectativas, com amplo apoio social, tinha tudo para fazer um bom governo. Então, qual o problema?

Em primeiro lugar, a inapetência dele pelo trabalho. 

Em segundo, a incapacidade de perceber que, em se tratando da máquina pública, o maior exemplo, o grande exemplo, vem de cima. E o exemplo tem uma força que nem a propaganda consegue superar.

Assim, quando Jatene não assume as rédeas do Governo, preferindo pescar e exercitar as cordas vocais, isso é interpretado, pelos seus colaboradores, como um sinal para o “liberou geral”.

Daí as impressionantes violações de direitos humanos em seu governo. Daí os escândalos de superfaturamentos e dispensas de licitação, apesar de manter as instituições amordaçadas e de torrar milhões e milhões em propaganda, neste estado miserável.

Quer dizer: a sujeira é tamanha que nem o silêncio das instituições e o dinheiro da propaganda já são capazes de ocultar.

............

No entanto, apesar de um governo desastroso em termos de segurança, saúde e educação, Jatene e a milionária propaganda de Jatene, querem transformá-lo no “grande vencedor” das eleições do Pará, quando a verdade  é outra.

O governador perdeu feio em Marabá. E o grande cabo eleitoral do tucano Alexandre Von, em Santarém, foi Joaquim Lira Maia – um sujeito que é todo enrolado em processos, mas que tem uma qualidade inegável: é bom à beça de voto.

Em Ananindeua, quem ganhou foi Manoel Pioneiro, outro sujeito bom de voto, mas que sempre foi um “patinho feio” aos olhos dos tecnocratas que dominam o PSDB do Pará.

E em Belém, é possível que a vitória de Zenaldo fosse ainda mais expressiva, não fosse o peso de Simão Jatene.

Afinal, nas pesquisas, os eleitores que diziam não votar, de jeito nenhum, no candidato do governador representavam quase o dobro dos que diziam votar.

................

Penso que Zenaldo tentará fazer, sim, uma boa administração na Prefeitura de Belém.

No entanto – e posso estar enganada – acredito que ele também vai penar que nem sovaco de aleijado, por conta da desídia do governador.

Afinal, é em Belém que explodem as grandes carências da população paraense, em setores essenciais, como a Segurança e a Saúde.

Ambos, Segurança e Saúde, dependem fundamentalmente do Governo do Estado.

No caso da Saúde, por exemplo, não há como resolver a situação dramática da rede pública da capital sem mexer na Atenção Básica de todos os municípios paraenses. Coordenando as ações, arranjando dinheiro e apoio técnico para as prefeituras.

E isso só quem pode fazer é Jatene – que não fez, e nem fará.

.................

Edmilson Rodrigues está pagando pelos muitos erros que cometeu ao longo de seus oito anos como prefeito de Belém. E não só.

Também está pagando por pertencer a um partido que faz política de forma religiosa, o que não tem condições de prosperar.

Essa incapacidade de separar política e religião ficou patente naquele racha em que um grupo de psolistas simplesmente recusou publicamente o apoio do PT e deu um voto “crítico” a Edmilson – ou seja, ao próprio candidato do PSOL, e em plena campanha eleitoral.

Tudo bem: política e religião têm vários pontos muito próximos – tanto assim que a propaganda política apela a sentimentos comuns a essas duas áreas.

Mas não dá para exacerbar essa proximidade, porque há o risco de resvalar no autoritarismo, na intolerância – e até no fascismo.

Política é a arte de conviver com outros seres humanos; de respeitar as ideias, ainda que divergentes, de outros seres humanos.

Conviver pressupõe concessões - e isso é fundamental numa sociedade democrática. Aliás, é fundamental até mesmo dentro de casa.

E conviver com o diferente, com o divergente, não significa, necessariamente, me “contaminar”.

Essa intolerância e autodeificação moral podem ser encontradas todos os dias em qualquer igreja, especialmente, nas pentecostais. 

Quando foi prefeito de Belém, Edmilson cometeu muitos e lamentáveis erros, por pertencer a uma tendência política com características semelhantes as do PSOL.

E se não fosse o fato de ter realmente realizado obras importantes em favor da população mais pobre; e se não fosse a alta rejeição de Simão Jatene, é bem possível que a derrota de Edmilson tivesse sido ainda pior.

É uma pena, porque Edmilson tem de fato toda uma vida a demonstrar um profundo compromisso com a população mais necessitada.

Mas sem rever o seu comportamento político, e convencer as pessoas de que reviu o seu comportamento político, Edmilson, infelizmente, não vai chegar a lado algum.

.....................

Ao fim e ao cabo, Zenaldo conseguiu encarnar a expectativa, a esperança de mudança em relação a Duciomar, por aparentar maior flexibilidade do que Edmilson, tendo em vista o histórico do psolista.

A vitória de tucanos e petistas nas quatro ou cinco últimas eleições, e de outros partidos de centro-esquerda, como o PSB e o PMDB, parece indicar que a população brasileira pretende realizar a sua Revolução Francesa sem “guilhotinaços”, ou seja, pela via democrática.

E essa rigidez, essa incapacidade de conviver e de negociar dos psolistas passa a ideia de “infactibilidade”, de impossibilidade de sustentação no cotidiano do jogo democrático. Ou seja, na opção da maioria da sociedade brasileira.

É claro que para a vitória de Zenaldo também pesou a manipulação mental da propaganda, coisa que os partidos precisam discutir seriamente, como parte da reforma política.

E há, ainda, questões complicadas, como as denúncias que pululam na internet acerca de uso da máquina e até de compra de votos.

No entanto, não há lógica nessa crença de que a compra de votos poderia proporcionar uma diferença tão grande como a registrada entre Zenaldo e Edmilson, que ficou em torno de 13%, ou 100 mil votos.

Seria preciso que não houvesse fiscalização de ninguém - dos partidos, da polícia, do Ministério Público, da imprensa - ou seja, que toda a sociedade estivesse ontem a dormir em berço esplêndido, para que alguém conseguisse comprar 100 mil ou 50 mil votos, e ainda por cima na capital.

Já as denúncias de uso da máquina do Governo do Estado, essas, sim, parecem um pouco mais consistentes e têm de ser devidamente apuradas.

Porém, os indícios de que tomei conhecimento também não são suficientes para explicar essa diferença de 100 mil votos. Novamente, para que a máquina proporcionasse tal resultado, seria preciso que toda a sociedade estivesse a dormir.

Por isso, penso que a verdade verdadeira é que Zenaldo ganhou as eleições porque foi esse o desejo da população de Belém. E um desejo advindo do convencimento – mais do que qualquer outra coisa.

Eram dois excelentes candidatos. Mas foi Zenaldo quem conseguiu conquistar a confiança da população, quanto à possibilidade de resgatar Belém do caos em que se encontra.

Não creio que o Plebiscito tenha tido grande influência nisso.

Para mim, o fator primordial foram mesmo os erros de Edmilson em sua passagem pela Prefeitura e que até levaram, na época, a que fosse sucedido por um sujeito da marca de Duciomar.

Espera-se, portanto, que os resultados desta eleição levem Edmilson, o PSOL e até Zenaldo Coutinho a uma profunda reflexão.

Belém disse não a Edmilson por conta de erros cometidos há 12, 16 anos. Disse um retumbante não a Duciomar, por conta das patifarias, das ilegalidades dos últimos oito anos.

E tanto na época de Edmilson quanto na de Duciomar não existiam os instrumentos legais de transparência que existem agora. 

Além disso, o acesso à informação proporcionado pela internet só tende a se ampliar nos próximos anos, assim como o controle social sobre o Judiciário.

Tomara que Zenaldo tenha inteligência suficiente para compreender tudo isso. E que esteja de fato à altura das expectativas do povo de Belém.

FUUUUUIIIIIIII!!!!!!!!!!

24 comentários:

Anônimo disse...

Perereca, perdeste o emprego com o Jatene e com o a derrota do Edmilson tua esperança de teres emprego foram por agua a baixo. Tu deverias te filiar ao PSol porque teus comentários jorram sangue.

Anônimo disse...

Pererecona vc tá dez. Gostei da sua análise, mas apesar do que vc falou sobre o Edmilsom, não esqueça que ele foi o campeão de votos para deputado estadual. Creio que irá mais longe se as suas observações se concretizare. Mas o grupo de comunicação que apoia Zenaldo, já se sente o dono do estado do Pará e aí minha cara, como fica seu Jader Barbalho? Será que o acordo de cavalheiros sobre a próxima mesa da ALEPA vingará. Sim, depois dessa muralha tucana eu creio que o acordão foi para o brejo. Outra questão que me deixa angustiada, é que com o Zenaldo fica difícil saber o rombo que Dududu deixou. Zenaldo terá verba para realizar algo mais?
Façam suas apostas. Fui!

Anônimo disse...

Estou imaginando a reunião da vitória, Zenaldo, Flexa, Mario Couto, Jatene. Duciomar etc. Muitas gargalhadas do povo. R$ R$ R$ R$ R$ R$.
QuNto ao Edmilson, creio que ele mudou bastante, para melhor, aceitou apoio do PT, do PDT. De toda forma, ainda acredito mais num politico que tenha realmente compromisso com a populacao mais necessitada do que um político da mesma estirpe do Duciomar.
Bom governo ao Duciomar, digo, Zenaldo, digo, Zenaldudu.

Anônimo disse...

É gozado como algumas pessoas usam sua própria régua para medir os outros, né perereca?
Agora minha irmã, dá-lhe temporário para garantir a boca de urna de 2014.

Anônimo disse...

Ana,
Vc como sempre, escrevendo muito bem. Fazia tempo que não pererecava, mas, resolvi quebrar o gelo e ler seus posts, gosto demais. Já trabalhamos juntas e conheço seu texto, alguns brilhantes, diga-se de passagem sobre as obras do governo do PSDB. Mas, cada qual com seu cada qual. Respeito voce, sua história, seu humor (as vezes negro), mas fazer o q? O que eu sempre admirei em você foi a vontade de fazer jornalismo, de ir atrás, apurar. Bom trabalho. Sua ex-colega de palácio dos Despachos.

Anônimo disse...

Espero que o Zenaldo não permita acontecer na prefeitura o que aconteceu na ALEPA, inclusive que ele permitiu que ocorresse culminado no mega roubo de dinheiro público.
Espero que expulse as ratazanas que fazem ninhos na prefeitura
Espero que não se esqueça das promessas de campanha e faça apenas obras pra ingleses e burgueses vejam e desfrutam.
Espero que tire Belém de cima do lixão e da fedentina deixados pelo seu parceiro amarelo e corrupto Duciomar.
Espero que desatrele seu governo dos mafiosos que o apoiaram na campanha.
Que conclua o BRT e a 1º de dezembro.
Espero que ao invés de privatizar o bem público, invista, moralize e fortaleça essas instituições.
Espero que o seu grupo político haja com respeito em relação ao povo pobre de Belém, até porque pregaram a “união”.
Que tire o povo que o elegeu de cima da merda.
Que construa escolas e as creches que prometeu.
Que não se transforme num preguiçoso como o seu parceiro governador do estado.
Quatro anos passam rápido e quase metade dos eleitores votaram no outro candidato.

Anônimo disse...

Acabou o show dos horrores, das demagogias e das cretinices. Agora, sigamos nossas duras rotinas, até porque não seremos ouvidos.

Anônimo disse...

Anonimo das 07:02, é esperar muito de um candidato fabricado pelo marketing, uma pessoa que a sua vida toda nunca fez nada, unica coisa que fez foi nomear DAS e temporarios no governo, voce acha que com um passe de magica vai fazer alguma coisa por Belem? Outra coisa, vamos concordar com o Zenaldo, ele nao prometeu muita coisa, isso temos que reconhecer, as promessas dele são as mesmas do jatene, propaz, parque ambiental do utinga, centro esportivo no mangueirao. Vender uma mercadoria para duas pessoas é considerado crime, vender uma obra duas vezes deveria ser tambem. Quanto ao povo, bom, estes já foram devidamente remunerados para votar nele, seja balançando uma bandeira, seja colocando uma bandeira na porta de sua casa, então estes eleitores não podem reclamar. Pobre Belem, mais quatro anos com o Duciomar, digo, Zenaldo, digo, Zenaldudu.

Anônimo disse...

Falo em nome da segurança pública, infelizmente como militar tenho que usar o anonimato, o governo atual conseguiu dividir a policia militar, nas promoções de 2012 viu-se uma distribuição entre aqueles que estão mais alinhados com o governo, foram promovidos por merecimento apenas parentes do alto comando e cupixas que não estão na atividade fim ou que estão em função do qual o comando dependa de algum parecer escuso para referendar suas decisões. Infelizmente os policiais que estão na ponta preferem resolver seus problemas particulares à servir a sociedade, sabem que por mais que façam não serão reconhecidos por não estarem na panela. O reflexo está na rua, onde não se vê uma PM empenhada. Aqueles que dentro da corporação lutam pela volta da moralidade estão sendo perseguidos e acabaram por se retrair com receio de represarias. A situação é crítica e a sociedade merece saber.

Anônimo disse...

O editorial do liberal detonou o Jader. Colou o senador como o bandido mais bandido da terra. Eles já estão determinando até quem vai presidir a ALEPA (há um acordo que essa próxima mesa seja do PMDB), pelo andar da carruagem baixou a ditadura maiorana e se o Jatene não colocar medida vai bater continência para eles.

Anônimo disse...

Minha filha,
Você está variando! O Haddad ganhou de lavada? 2milhões e 700mil contra?
Tá cheirosa!

Anônimo disse...

Prezada Ana Célia

Não precisa muito esforço para entender pq Zenaldo foi eleito.
Zenaldo ganhou o 2 turno com 100 mil votos de diferença, pq ao seu lado estão os grandes meios de comunicação do estado, pq a máquina do governo rodou dia e noite, pq tinha muita grana pra propaganda e pra pagar 50 reais pra quem botasse uma bandeira amarela na porta de casa e pq a União por Belém congrega muita gente e muita coisa, mas um só interesse: asaltar os cofres públicos, como acontece hoje no estado. Não significou muito para a derrota do Edimilson o tal voto critico da CST, isso não pesou. Pesou foi o tal radialista prontamente, por um milhão de motivos, apoiar o amarelo, ou seja, não estava em jogo propostas, o que estava em jogo era o que um ou outro levaria nesse acordo, e f..... o povo.
Num tempo em que figuras como Gordo do Aurá e Pé de Boto são eleitos, fica fácil perceber quais as táticas que estão usando pra ganhar eleição, muita grana e propaganda, as pessoas que recebem um benefício para votar nessas figuras não querem saber do passado e nem do presente do candidato, essa é a União pelo Pará, e nela estão Gordo do Aurá e Pé de Boto e sabe-se lá quantos mais.

Anônimo disse...

Bom, a fatura foi assinada. Alguém vai ter que carimbar......

Anônimo disse...

Ana,vc diz q edmilson cometeu erros graves em sua gestão na PMB ao mesmo tempo admite que edmilson fez muitas obras para as pessoas que mais precisam.Esses erros foram tão grandes assim a ponto de superarem as obras que beneficiaram uma grande parcela da população necessitada?pelo o que eu me lembre,o edmilson teve muita dificuldade de trabalhar devido a perseguição implacãvel de almir gabriel,o "inesquecivel"mas mesmo assim fez muitas obras e serviço em belém,principalmente no seu primeiro mandato.Edmilson sofreu n só com almir,tbm com a imprensa e os vereadores da oposição que sempre foram maioria.Em seu segundo mandato,houve uma certa decaída em seu trabalho é verdade,passara por problemas financeiros,agravado pela crise da asia q fez o governo fecha a torneira da união.No meu entender,por mais que edmilson tivesse errado em algum momento de sua gestão,os beneficios foram muito melhores.Essa rejeição só é justicavel pela ferrenha oposiçao,principalmente da imprensa ,que notoriamente nunca morreu de amores por governo popular de esquerda...

Anônimo disse...

Nossa! Essa tua análise ponderada quase alenta meu coração receoso. Quase...

Anônimo disse...

Perereca! Perereca! Não deixe esse rancor, essa amargura, turvarem tua visão jornalística! Como teu leitor é explícito perceber a parcialidade de tua análise! Quer queiras quer não o fato é que essa eleição consolidou o careca como a maior liderança política do Pará na atualidade. Se essa liderança vai perdurar, só o tempo e os feitos (ou desfeitos) do governo dirão. Pela primeira vez em muitos anos, uma eleição com a importância dessa foi decidida sem que o PMDB fosse sequer ouvido. Sem tirar o mérito do Zenaldo, que se apresentou como uma enorme surpresa, face sua segurança, serenidade e credibilidade que passou ao público, o fato é que o Jatene o elegeu. Isso é fato! O Jatene tem mais de 80% de aprovação. Isso tb é fato! E esses números não são do IPESPE hein?! É uma pena! Realmente esperava uma análise séria e imparcial sua, seus leitores merecem!

Ana Célia Pinheiro disse...

Das 10:45: te pago 100 royal agora, no ato,se você me apresentar uma pesquisa na qual o Jatene tenha 80% de aprovação. Não vale essa palhaçada de "Regular", visse? Ou você vota num governo que é apenas "Regular"? Também não vale "pesquiza" (com Z mesmo) produzida no bunker da Perebebuí (leia-se, Griffo). Todas as pesquisas publicadas até agora não dão nem perto disso de aprovação ao Jatene na capital - e olha que eu tô falando da capital, e não do Oeste do Pará e do Sul e Sudeste, onde o pessoal quer é o sangue do "Robin"... Por que é que você acha que o Jatene tá doido pra botar a mão nessa bufunfa de quase R$ 2 bilhões (além, é claro, de querer comprar mais umas terrinhas, em nome do Eduardo Salles, lá pras bandas de Inhangapi)? Pra se reabilitar, maninho!... Pra encher o estado de elefante branco, pra enganar a populaçao novamente em 2014. Ou você acha que um hospital em Itaituba vai resolver alguma coisa, se a Atenção Básica continuar caótica? Olha o que aconteceu com o Metropolitano, mano! - ou você tem andado em Marte? E que liderança já, tem um governador que não pode nem pisar em determinadas regiões do estado, porque é vaiado, só falta jogarem tomate e ovo podre nele! Quanto a essa pesquisa do Ipespe e o aparente apoio do PMDB ao Edmilson na reta final, vá por mim: como diria o Barão de Itararé, há muito mais coisas no ar do que aviões de carreira. Anote. Abs, Ana Célia

Anônimo disse...

Simão Jatene tem - e são as pesquisas que falam - uma boa imagem diante do povo paraense. Uma aprovação muito boa de seu governo.
O PSDB não tem escândalo na mídia. Tudo que se falou do PSDB foi a frase de um senador que se dizia "contra" o bolsa família.
Essa imagem de partido limpo, ficha limpa, inevitavelmente, cai sobre seus candidatos e políticos.
Porque será que o PMDB não elege um governador desde Jader Barbalho? Porque ele é um cancer dentro do partido. E está fazendo do partido uma extensão da sua familia quando é contra Priante pra beneficiar Helder.
Elcione ja disse não gostar de Priante. Pois prefere o filho no poder.
O mesmo podemos dizer do PT.
Ana Julia que entrou como "amiga do presidente" saiu como "inimiga do povo". E por isso o PT teve que apresentar Alfredo como candidato.
Enquanto o PSDB tem nomes como Pioneiro, Zenaldo, Jatene, Von e Flexa que são detentores de votos e prestigio, os outros partidos mau apresentam um nome.
Assim podemos imaginar um quadro para daqui ha dois anos nas próximas eleições para governo.
Quem será que vem contra Jatene?
Vamos lá:
Jader ta no Estado. É senador. Não vem.
Helder não da pra Saída.
Priante idem.
PMDB então ou fica como está ou sai do poder estadual.
Ana Julia perderia no primeiro turno. Deve tentar senado ou federal.
Um outro nome do PT???
Bom, tem o Puty. Mas não tem a preferência do próprio partido. Mas seria um bom candidato pra ganhar força para daqui a 4 anos brigar com Zenaldo na prefeitura.
E só! Acabou o PT.
Aliás, que grande besteira fez o PT ao arrumar briga com o Charles Alcantara.
Esse seria sem sombra de duvidas um grande nome do partido, pois tem um perfil semelhante ao de Jatene.
PSD = PSDB
PSol só tem o Edmilson.

Minha previsão é a seguinte:
Temos mais 10 anos de psdb no governo. Jatene se reelege e elege seu sucessor. Consagra-se como o unico a governar o estado por 3 mandatos.

Prefeitura de Belém: 6 anos de PSDB. Zenaldo se reelege e depois sai pro Governo.
Ananindeua: 8 de PSDB.
Santarém: 8 anos de PSDB.

Gallo Marketeiro.

Anônimo disse...

Você erra quando afirma que Jatene é o pior governador da história do Pará, ninguém supera o Governo da tua amiga Ana Julia Carepa, se alguém superar eu darei Adeus a terra!

Anônimo disse...

Anonimo das 10:45, o PSDB está no estado há 16 anos. E quais os indíces que temos? Pior ideb, 10 cidade mais violenta do mundo, uma das piores cidade para se viver, etc, o Pará está um atraso só. Quem viaja para outros estados e outros países como eu, sabe do que estou falando. Jatene com 80% é piada. Zenaldo ganhar pela serenidade, credibilidade, hahaha. Com essa o Ary Toledo perdeu o trono de maior piadista do Brasil. Se olhares o mapa das zonas onde o Zenaldo ganhou, a partir da Augusto Montenegro, mangueirao, parque verde, tapana, tenone, cabanagem, agulha, etc, a compra de voto foi pesada. No sabado a tarde e a noite, enquanto o Edmilson fazia carreata pelo centro da cidade, a turma do Z atacava em massa, R$ 50, 00 para colocar uma bandeira na porta da casa. Volte hoje nesses lugares e veja se ainda há uma bandeira. Nao, porque o povo nao votou por consciencia, votou pelo bolso. Lembrando, que o Zenaldo utilizou a mesma tatica da farmacia Bigbem para acabar com a concorrencia. Em cada esquina onde havia pessoal do PSOL fazendo campanha, de graça, diga-se de passagem, o Zenaldo colocava a sua turma paga. Fez isso por toda a cidade .
Por fim, Perereca, não é só em Inhangapi que o Jatene pode estarinvestindo não, ele pode estar imitando o Duciomar e outros políticos locais, e investindo em Miami. Apartamento de primeira.

Anônimo disse...

O pessoal fala mal do governo da Ana Julia, mas foi no governo dela que houve verdadeira reforma nas escolas públicas, uma vez votei na escola Augusto Meira quando o governo era o Jatene, e fiquei decepcionado, revoltado, pensei, como um aluno pode aprender algo em uma sala de aula como aquela, depois, na ultima eleicao para governador a situacao era outra, salas climatizadas, cadeiras novas, laboratorio, quadra de esporte coberta etc. Parabéns ex-governadora Ana Julia!

Anônimo disse...

Perereca, mais uma vez mataste a pau. O PT, não precisa desses mercadores da fé, tanto faz da igreja católica ou evangélica prá se firmar como partido que tem propostas sociais. Essas igrejas, deveriam ser banidas da política, pois se aproveitam da chantagem religiosa, prá abocanharem favores dos governos. Deveriam recolher impostos, pois além de não trabalharem, vivem no bem bom, iludindo e reprimindo o povo com ameaças de fogos do inferno, apocalipse e outras besteiras mais.

Anônimo disse...

2 anos de Jatene vão ser completados e qual a melhoria na saúde, educação e segurança que temos? Mas a propaganda paga aos meios de comunicação faz seu efeito e a indiferença dos bem de vida somada à ignorância e ao interesse imediatista dos mais pobres que vendem seu voto explica a vitória do Zenaldo .Este veio com as mesmas promessas da campanha do governador e provavelmente vai cumpri-las tão bem como ele. Povo atrasado e conformado se contenta com pouco e ainda bate palmas. Triste Pará,com seus indicadores vergonhosos e conformismo barato.

Anônimo disse...

Equipe de transição Tereza Cativo, Lucy Leão, não é mais o mesmo partido mas a mesma panela. Com tanto tecnicos bons tem que ser os mesmo do Governo Simão ??? Pobre Belém..... como ja dizia o velho Lemos!