Ban

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Em 1966, no programa de auditório de Hebe Camargo, um encontro memorável. O jovem e promissor Chico Buarque de Holanda foi apresentado a dois monstros sagrados da MPB: Donga e Pixinguinha. No palco, outro “monstro” da nossa música: Dorival Caymmi, além do cantor Joel de Almeida (“Quem sabe, sabe”). Ao lado de Hebe, outra grande estrela da TV: Cidinha Campos. Direto do YouTube, pra vocês!




............. 

PS. A blogueira tem de sair, mas resolveu deixar esse presente aos leitores.

2 comentários:

Anônimo disse...

Em relacao a eleicao para prefeito de Belém, entendo que e importante a coexistencia de forcas politicas opostas a frente do executivo. Vejamos. Apesar de ainda nao ter feito nada, o Jatene gosta de fazer obra, fez o hangar, o mangal etc, sendo obras importantes para o turismo da cidade. Por outro lado, o Edmilson, apesar das obras que ele fez, esta mais voltado para a atuacao social, familia saudavel, bolsa escola, ver o sol etc. Portanto, quem sai ganhando com a coexistencia de Jatene no Estado e Edmilson na Prefeitura de Belem é o povo Belemense que tem suas demandas atendidas em todos os niveis.

Anônimo disse...

O Governador do Pará, quando era candidato, anunciou um POLICIAMENTO ORIENTADO PREVENTIVO, mas nem a Secretaria de Segurança Pública e nem a Polícia Militar praticam o mínimo de policiamento comunitário. O que está acontecendo? O governador mentiu ou as autoridades são incompetentes? Cadê a polícia comunitária?
Fernanda Nobre