Ban

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Prefeitura acata recomendação da Cosanpa para o BRT. Ordem judicial de paralisação das obras no Entroncamento pode ser suspensa ainda esta semana.



A Prefeitura de Belém decidiu acatar a recomendação da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) e vai deslocar em três metros, no prazo de até 60 dias, a adutora sobre a qual estava sendo construído um pilar de sustentação do projeto BRT no anel viário do Entroncamento. 

 
 A garantia foi dada em reunião nesta quinta-feira (27), entre representantes do município e do Estado. Nesta sexta (28), às 9 horas, visita técnica no canteiro das obras vai definir os detalhes do serviço.

Com isso, espera-se que já a partir desta sexta, a Justiça suspenda a sentença que paralisou as obras. 

Aspectos técnicos levaram ao pedido judicial de paralisação de trecho do BRT localizado no anel viário do Entroncamento. 

A ação foi motivada pela construção de um pilar de sustentação do elevado sobre uma adutora da Cosanpa de 900 milímetros, inviabilizando possíveis intervenções emergenciais para substituições ou reparos na rede de distribuição de água.

O assunto começou a ser discutido em janeiro deste ano, quando a Prefeitura de Belém solicitou à Cosanpa o cadastro de água e esgoto da área do Entroncamento, já considerando a implantação do BRT. 

A companhia encaminhou o cadastro de todo o trecho da rodovia Augusto Montenegro até São Brás e solicitou à prefeitura cópia do projeto para análise de possíveis interferências nas redes de água e esgoto.

Em julho, a Cosanpa recebeu as primeiras reclamações de moradores sobre a falta de água no bairro Castanheira. 

Uma equipe técnica esteve no local e constatou que o problema era decorrente do corte de uma rede de distribuição de 100 milímetros. 

A intervenção foi feita sem autorização prévia da Cosanpa e dentro do canteiro de obras existente na rotatória do Entroncamento.

Na mesma visita técnica, a equipe verificou o início da construção de um pilar de sustentação do elevado e suspeitou que ele estivesse sobre a adutora de 900 milímetros, responsável pelo abastecimento de água de parte de Belém, Ananindeua e, futuramente, com a conclusão das obras do PAC 2, Marituba.

Em reunião com a Cosanpa, representantes da Prefeitura de Belém e da construtora Andrade Gutierrez assumiram o compromisso de reverter o rebaixamento da rede de 100 milímetros para que houvesse imediata normalização no abastecimento, o que foi devidamente concluído.

Após análise técnica e prevendo transtornos para a população caso a obra no Entroncamento avançasse, a Cosanpa encaminhou ofício à Gerência do Programa da Unidade Gestora de Projetos Especiais do Município de Belém, manifestando desacordo com o posicionamento do pilar e apresentando duas soluções: reposicionamento do pilar com afastamento de três metros da adutora ou afastamento da adutora para uma distância mínima de três metros do pilar.

A segunda recomendação será agora acatada pelo município, após decisão judicial favorável ao Estado expedida nesta semana. O presidente da Cosanpa, explicou o motivo do recurso judicial. 

“Trata-se de uma adutora de alta pressão, que abastece uma área de 350 mil pessoas e que é feita para durar muitos anos, mas o dia em que houver uma demanda, precisamos ter acesso a essa rede”, justificou, em entrevista coletiva na última terça-feira (25).
  
(Fonte: Pablo Almeida/Secom)


  
...........



Leia mais sobre a paralisação do BRT:

A íntegra da decisão do juiz: https://docs.google.com/file/d/0B8xdLmqNOJ12NVNkREY5ZWN4WkE/edit?pli=1

A notícia da decisão no Diário Online:
http://pererecadavizinha.blogspot.com.br/2012/09/da-lhe-elder-lisboa-juiz-manda-parar.html

A entrevista do presidente da Cosanpa, no portal das ORM, explicando o porquê de ter recorrido à Justça: http://pererecadavizinha.blogspot.com.br/2012/09/cosanpa-diz-que-nao-e-contra-o-brt-e.html

E aqui um artigo da Perereca sobre o enrolado BRT de Duciomar:
http://pererecadavizinha.blogspot.com.br/2012/09/brt-de-belem-o-interesse-publico-e-os.html

Nenhum comentário: