Ban

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Uepa se une ao Hemopa na campanha de doação de sangue. Doar sangue faz bem ao coração!





"Doar sangue faz bem ao coração’’ é a nova campanha lançada pelo Hemopa em busca do crescimento de doadores de sangue, já que os estoques diminuíram durante o período das férias. 

Para ajudar nas doações, alunos, professores e demais funcionários da Universidade do Estado do Pará (Uepa) estarão participando de um dia de doação, que ocorrerá no Centro de Ciências Naturais e Tecnologia (CCNT), nesta terça-feira, 14, a partir das 8h até as 17h. O atendimento será realizado no auditório do CCNT.

Para doar é necessário obedecer alguns requisitos, como, ser maior de 18 anos; pesar acima de 50 kg; estar bem alimentado; evitar cigarros até pelo menos duas horas antes da coleta, não apresentar estado de gravidez. 

O homem pode doar sangue a cada 60 dias e a mulher a cada 90 dias. 

No momento da coleta, o doador deverá apresentar um documento oficial com foto, efetuar um cadastro, passar por uma avaliação médica e seguir para a doação, que dura de oito a dez minutos.

"Minha mãe não queria que eu doasse sangue. Ela dizia que isso não faz bem. Mas eu sei que não é assim e fiz a minha última doação nas férias’’, conta o estudante de Engenharia Ambiental da Uepa, Rafael Rendeiro, que agora motiva os colegas de classe a fazer o mesmo. 

"Tanta gente já doou. Isso não custa nada e pode fazer a maior diferença na vida de alguém", ressalta o jovem.

De acordo com o Hemopa, são constantes as dúvidas sobre a doação de sangue. 

"Tem gente que diz que fazer doação engrossa o sangue. Mas não é verdade, nosso organismo repõe a parte líquida em no máximo 72 horas. Tem gente também que diz que se você doa pela primeira vez, tem que doar pelo resto da vida. A doação não vicia. A quantidade que retiramos é apenas 480 ml e é reposta naturalmente pelo corpo’’, diz o funcionário da ouvidoria do Hemopa, Alam William.

Com a ação do Hemopa na Uepa, a agente administrativa Thamyres Falcão aproveita a oportunidade para vencer o medo e doar pela primeira vez. "Fico apreensiva por ser a primeira vez, mas sei que eles estão precisando e é sempre importante colaborar’’, diz.

(Fonte: Ize Sena/Uepa)

Nenhum comentário: