Ban

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Guarda Municipal usa bombas e balas de borracha contra manifestantes, no centro de Belém. Cinco estudantes ficaram feridos.



No Portal das ORM:

“Estudantes ficam feridos em protesto contra passagem. Guarda Municipal usou balas de borracha e bombas de efeito moral na ação.

Pelo menos cinco estudantes ficaram feridos em um protesto contra o aumento da passagem de ônibus municipal, na manhã desta quinta-feira (9), em frente ao Palácio Antônio Lemos, sede da Prefeitura de Belém. Houve tumulto e a Guarda Municipal usou bombas de efeito moral e disparou balas de borracha na direção dos manifestantes.

Um dos feridos foi o universitário Julio Miragaia. Ele foi atingido por uma bala de borracha no braço, caiu e ficou desacordado. O estudante foi atendido pelo Samu (Serviço Móvel de Urgência) e encaminhado ao hospital.

Outros quatro estudantes, sendo três homem e uma mulher também ficaram feridos, sendo atingidos por balas na perna e no braço. Eles também receberam atendimento pelo Samu e foram liberados em seguida.

Sobre o confronto com a Guarda Municipal, os estudantes disseram que vão fazer um B.O (Boletim de Ocorrência) contra a entidade. 'Eles utilizaram de brutalidade com os estudantes. Nós só paramos em frente à Prefeitura, e alguns estudantes que estavam atrás teriam jogado pedra contra eles. Então eles revidaram com balas de borracha e bombas de efeito moral. Muitos estudantes ficaram feridos. Agora vamos fazer um B.O contra a Guarda Municipal', explica Rodrigo Moraes, ex-vice presidente da (UNE) União Estadual dos Estudantes no Pará. 

Ainda segundo Moraes, os estudantes vão realizar novos atos contra o aumento da passagem”.

Nenhum comentário: