Ban

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Bernadete quer CPI para apurar a crise da Celpa. 17 deputados já assinaram o pedido.

 
Com assinaturas de dezessete deputados, a deputada Bernadete ten Caten entrou hoje na Assembleia Legislativa do Estado com pedido de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar os fatores determinantes e identificar os responsáveis pela crise que está levando a Centrais Elétricas do Pará – CELPA, do Grupo Rede, à falência.

O caso veio à tona em 28 de fevereiro deste ano, quando a empresa entrou na Justiça com pedido de recuperação judicial, já que não podia mais esconder a grave crise em que estava mergulhada.

Segundo Bernadete, a CPI teve grande receptividade entre os deputados estaduais, independente de partido, e ainda deve receber a adesão de outros parlamentares.

A CPI terá sete integrantes, que terão dois meses para apresentar o resultado das investigações.

No seu pedido de instalação da CPI, Bernadete  historia toda a situação da CELPA, bem como as discussões promovidas pela Assembleia Legislativa e que, até o momento, não surtiram qualquer efeito positivo em prol da população, que, no fim, é que está pagando pela má gestão da distribuidora de energia elétrica do Pará, que tem o pior desempenho no grupo Rede.

Bernadete cita, por exemplo, a apropriação indébita, pela CELPA, das taxas cobradas da população para a iluminação pública em todas as cidades paraenses, e que não foram repassadas aos municípios que gerenciam o sistema. 

Ela também critica a péssima qualidade dos serviços e o aumento da tarifa determinado pela Justiça, recentemente, acima dos índices da inflação.

Lembra, ainda, das dívidas milionárias da Celpa para com o Estado e para com a Agência Nacional de Energia Elétrica, que, por essa razão, não autorizou qualquer aumento na tarifa de energia, daí a empresa ter recorrido à Justiça para a obtenção desse aumento.

Um aumento que, segundo a deputada, foi concedido de forma irregular, diante da situação calamitosa em que a Celpa se encontra - à beira da falência.

“Esta casa de leis, como representante do povo paraense, precisa tomar uma atitude mais enérgica sobre essa questão, deve discuti-la e tomar providências através de uma CPI, a fim de investigar a crise da Celpa, suas causas e conseqüências, identificando e punindo seus responsáveis. Por se constituir em “acontecimento de relevante interesse para a vida pública e a ordem constitucional, legal, econômica e social do Estado”, afirma Bernadete.

Segue a lista dos Deputados que assinaram a CPI da Celpa:
1. Nélio Aguiar
2. Valdir Ganzer
3. Edmilson Rodrigues
4. Alfredo Costa
5. Zé Maria
6. Carlos Bordalo
7. Bernadete ten Caten
8. Milton Zimmer
9. Cássio Andrade
10. Edilson Moura
11. Eduardo Costa
12. Eliel Faustino
13. Júnior. Hage
14. João Salame
15. Airton Faleiro
16. Alexandre Von
17. Raimundo Santos

(Fonte: Ascom/Bernadete tem Caten, com modificações do blog)

Nenhum comentário: