Ban

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Campanha aquece doação de sangue no período do veraneio. Não esqueça: antes de sair de férias, ajude a salvar uma vida!





“Neste verão dê um banho de cidadania. Doe Sangue”. É o tema da campanha de incentivo à doação referente ao veraneio, que iniciou ontem (3) e se estenderá até o final do mês, para suprir estoque estratégico da hemorrede do Estado. A meta é de 250 coletas/dia.

A mobilização também está sendo desenvolvida nos Hemocentros Regionais de Marabá, Castanhal e Santarém; e nos Hemonúcleos de Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Redenção e Capanema. 

Normalmente, o hemocentro enfrenta dificuldades na captação de doadores em períodos de férias, quando boa parte da população se desloca para outras localidades. 

Por isso, a direção da instituição sugere que antes de sair de Belém, o veranista passe no Hemopa para efetivar a coleta de sangue. Ou ainda, que doe sangue onde houver unidade do hemocentro.

Segundo a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, a hemorrede brasileira enfrenta eventuais dificuldades com a redução no comparecimento de voluntários no período das férias escolares, tendo em vista o deslocamento das pessoas para outras localidades.

 “Nem sempre elas lembram de salvar vidas, doando sangue, antes de viajar”, comentou, enfatizando o alto índice de atendimento na rede hospitalar em função de alguns excessos cometidos nas férias, especialmente, acidente de trânsito e outras intercorrências.

O Hemopa tem a responsabilidade de garantir atendimento para centenas de hospitais do Estado. Somente em Belém, são 85, das áreas pública e privada. 

“Isso significa que muitos pacientes necessitam diariamente da doação voluntária de sangue de todos aqueles que são potencialmente doadores”, disse, informando que atualmente a Fundação Hemopa possui 48 unidades espalhadas pelo território paraense, que corresponde a uma cobertura transfusional de aproximadamente 90%. 

Hoje no Brasil, cerca de 1.9% da população é doadora de sangue. No Pará esse índice é de 1.8%. No entanto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere que de 3% a 5% da população brasileira deveria doar sangue frequentemente, para assegurar atendimento transfusional em quantidade e qualidade.

Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg. Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.

Serviço: O Hemopa funciona na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. 
Horário para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. 
Maiores informações pelo fone: 08002808118

(Fonte: Vera Rojas/ASCOM Hemopa)

Nenhum comentário: