Ban

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Rondon do Pará na rota da CPI do Tráfico Humano



Nesta terça-feira, às 15horas, no Auditório João Batista da Assembleia Legislativa do Pará, a CPI do Tráfico Humano irá ouvir pessoas vitimadas no Caso das Imigrações Ilegais com origem em Rondon do Pará.

Informações colhidas na Cidade de Rondon do Pará dão conta que aquele município há muito vem se consolidando com ponto de tráfico de pessoas com destino a outros países, em especial para os EUA. 

É feito o aliciamento das pessoas que, seduzidas pela possibilidade de uma vida melhor em outro país, são convencidas a sair do Brasil de forma clandestina, a partir de empréstimos em dinheiro de agiotas. 

Os recursos são emprestados a juros altos e com promessa de que ao chegar ao país de origem (EUA) seria feitos desembolsos mensais e contínuos para cobrir a dívida impagável. 

A dívida serviria para garantir custos de passagem e despesas pessoais, inclusive o pagamento do “coiote” (Nos EUA, os coiotes são famosos por agir na fronteira com o México transportando pessoas de todas as partes do mundo). 

O deslocamento das pessoas dá-se com a saída de Rondon do Pará até a cidade de São Paulo, deslocando-se para o México, Guatemala e atravessando para os EUA.

Em pesquisa na Delegacia do Polícia de Rondon do Pará, verifica-se que no intervalo de 2011 não houve registro de ocorrências que tipificassem Tráfico Humano, o que demonstra o receio que as vítimas têm de fazer os registros. 

(Fonte: Gabinete do deputado estadual Carlos Bordalo)

Nenhum comentário: