Ban

terça-feira, 6 de março de 2012

Medrado quer indisponibilidade de bens da ex-presidenta do TJE, Albanira Bemerguy. Ação por improbidade administrativa contra a desembargadora deve ser protocolada hoje.



A Perereca publica abaixo a íntegra da Ação Civil Pública por improbidade administrativa que o promotor de Justiça dos Direitos Constitucionais e Patrimônio Público Nelson Medrado ficou de protocolar agora de manhã contra a ex-presidenta do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Albanira Bemerguy, que se aposentou em agosto do ano passado.

A ACP, como antecipou a Perereca, deveria ter sido protocolada ontem, mas Medrado não teve como fazê-lo devido à mudança de seu gabinete - os promotores de Direitos Constitucionais se mudaram ontem  para novas instalações.

O blog pede desculpas por não ter dado antes maiores informações sobre o caso: a informação me foi passada rapidamente por Medrado na noite de sexta-feira, quando nos encontramos, por acaso, em um supermercado de Belém. E, ontem à noite, lutei com o computador, mas não consegui abrir a cópia da ACP que o promotor encaminhou a meu pedido.

A Perereca vai tentar ouvir a desembargadora Albanira Bemerguy e, ainda, a desembargadora Maria Edwiges Miranda Lobato que também deve ser alvo de ação por improbidade administrativa do MP, que ficou de ser protocolada na manhã de hoje. 

Eis a íntegra da ação. Clique no link abaixo:

9 comentários:

Anônimo disse...

perereca eu gostaria de saber qual o Juiz ira processa e julgar a ação no estado do Pará?.

Política, direito e atualidades disse...

Do jeito que vc coloca as coisas, fica parecendo que é uma mera questão partidária, já que usa termos pejorativos para se dirigir a integrantes do PSDB. Claro, seu blog deve estar na lista dos "progressitas", simpatizantes da esquerda e demonizadores da direita ou de quem não está do seu lado. Se a Desa. Albanira responde a uma ação isso é um fato. Agora dizer que ela reverbera a propaganda tucana aí já uma coisa bem canhestra não?!
Ouvi falar desse blog, e, realmente esperava uma conduta diversa.

Política, direito e atualidades disse...

Chamar Tucanos de "nazistas" e diminuir tudo a uma mera questão partidária mostra bem o objetivo de seu blog hein?!
Pensava que era uma coisa mais séria, mas é só mais um "progressita".
Ou melhor, mais um simpatizante do PT a serviço da causa!

Ana Célia Pinheiro disse...

Caro Política, Direito e Atualidades:

Se você acompanhasse este blog, saberia que quem partidariza toda e qualquer crítica é o PSDB. Pelo menos no estado do Pará.

Para esse grupo que domina o PSDB no Pará – e que não é, tenha certeza, Social Democrata, mas, stalinista – todos, especialmente, os jornalistas, têm de viver agachados diante do mandatário, sob pena de toda sorte de achincalhe.

Aqui, infelizmente, o PSDB não tem compromisso com o avanço da Democracia – é um PSDB muito diferente do de Minas Gerais, por exemplo, capitaneado pelo grande Aécio Neves.

E por que é que o PSDB é assim no Pará? Porque aqui tudo chega deformado. Ideologias, e até o funcionamento das instituições.

Aqui, por conta de tais deformações, nem o PSDB nem o PT, que são os melhores partidos que a sociedade brasileira conseguiu parir nas últimas décadas, conseguem conviver com a Liberdade de Informação.

Mas o PSDB, por incrível que pareça, ainda consegue ser um pouco pior, ao amordaçar as instituições, especialmente, a imprensa, e tentar desqualificar quem tenta fiscalizar o Poder – o que, aliás, é dever de todos, eis que a Cidadania não se resume a direitos.

Na época do governo petista, este blog também produziu várias reportagens apontando irregularidades. O caso Hangar, as obras de engenharia da Delta Construções e a contratação da Link Propaganda foram algumas delas.

Só que os petistas tinham a decência de me respeitar. Enquanto que os tucanos buscam é desqualificar e isolar este blog.

E a ironia é que, na época do governo petista, os tucanos cansaram de recorrer a esta jornalista, para a investigação de denúncias.

Não vou negar as minhas convicções, nunca o fiz: sou declaradamente tucana, há mais de uma década, como já escrevi várias vezes aqui.

Mas sou, principalmente, cidadã e jornalista.

E não vou compactuar com o silêncio que se tenta impor à sociedade paraense, porque isso seria um enorme desserviço social.

E uma atitude, aliás, que iria contra todo o ideário social democrata, eis que a sociedade não pode crescer para assumir o comando do Estado, e por fim ao domínio de uma aristocracia encarquilhada, se permanecer sem informação e sem o conhecimento do Poder que detém.

Não chamei os tucanos paraenses de nazistas. O que disse é que se utilizam – e se utilizam, sim – da propaganda nazista.

Quanto à “demonizar” a direita, não demonizo nem o DEM, já que tenho consciência de que a sociedade é plural e todos têm o direito de se manifestar.

E lamento é que você tenha comprado a propaganda enganosa dos petistas, ao incluir, aparentemente, o PSDB entre os partidos de direita: o PSDB é e sempre foi um partido de esquerda, apesar de todo o lári-lári dos petistas.

Fomos nós, os tucanos, que demos início aos programas de renda mínima, para resgatar da miséria milhões de cidadãos.

Fomos nós que demos início à política de cotas, a tratar desigualmente os desiguais.

Fomos nós que buscamos disseminar um novo olhar, uma nova ética sobre a coisa pública, inclusive, aprovando leis nesse sentido.

Fomos nós que buscamos ser uma alternativa democrática, massiva, pra o controle do Estado, ao invés dessa opção preferencial pelo controle partidário que sempre tiveram os petistas.

E se o PSDB nunca soube mostrar à população tudo o que fez para combater as desigualdades, a culpa não é dos petistas, mas, nossa, que sempre agimos como se tivéssemos vergonha do nosso compromisso visceral com os excluídos.

Por conta disso, permitimos que os petistas se apropriassem de todas as nossas bandeiras e iniciativas. E até que nos colassem essa pecha de “direita”, na qual até você parece acreditar.

Quanto à crítica à desembargadora Albanira Bemerguy, mantenho-a: ela reproduz, sim, acusações da propaganda nazista dos tucanos paraenses contra este blog.

Um abraço,
Ana Célia Pinheiro.

Anônimo disse...

Perereca eu gostaria se a sociedade já presenciou alguma desembargadora punida no estado do Pará?. Pois se a punição for pela LOMAN, a coisa vira festa, com premio de aposentadoria vitalícia.

Anônimo disse...

Te manca, alcoolatra nojenta, propineira em troca de ataques a pessoas honradas. És safada!

Anônimo disse...

Essa briga tá boa, como dizia o Renato Russo, festa estranha de gente esquisita, leio diariamente tres blogs, o seu, o da Franssi e do Barata, vcs duas sempre se assumiram como tucanas, o Barata eu não seil, daí vem um cara e te chama de petista?? O outro baixa o nível e apela para xingamentos, provavelmente parente da Desembargadora, mas o mais importante é, depois do governo da Ana Julia, que implantou o Portal Transparencia, esses tucanos cada dia que passa estão mais enrolados, se realmente houver vontade e seriedade do MP e Policia Federal, todo o Governo vai parar atras das grades, eles estão com tudo, e não estão nem aí pra o que é legal ou decente.
POINT

Anônimo disse...

Prezada anônima,
não concordar com o posicionamento da Ana Célia é um direito seu, mas ofender com palavrôes ofensivos e inadequados (como alcoolatra nojenta, propineira e safada)é baixar muito nível.

Anônimo disse...

Perereca se a moda pega todos os cidadoes paraense inclusive os criminosos iriam pedir para ser ouvido pelo Promotor antes de ser denunciado, já que a denuncia e uma ação. a Desembargadora deve saber que rei morto e rei posto, e deve se defender como qualquer cidadão mortal, pois estamos no estado democratico de direito.