Ban

sábado, 29 de outubro de 2011

Vida longa ao cidadão Luís Inácio Lula da Silva!

Creio que ninguém tem qualquer dúvida neste País de que o “cumpanhero” Luís Inácio Lula da Silva lutará bravamente contra o câncer, com toda essa  força enorme que possui.

Mas, é claro, não há brasileiro que não se angustie, diante de tal diagnóstico. 
Especialmente, quando já se acompanhou de perto a luta de alguém contra essa doença terrível.

Lula é um trabalhador nordestino como nunca antes se viu na história deste país.

Contrariando todos os prognósticos, vencendo todas as desigualdades e preconceitos, chegou à Presidência do Brasil – e nos braços do povo.

Nunca desistiu. Nunca deixou de acreditar que seria possível chegar lá, para ajudar a transformar os destinos de milhares de brasileiros.

É, a bem dizer, a nossa antítese edipiana, na medida em que conseguiu vencer todas as Moiras e cargas familiares.

Lula e Fernando Henrique Cardoso – ou Fernando Henrique e Lula, como vocês preferirem – ficarão na História como dois extraordinários cidadãos que ajudaram a inaugurar uma nova Era de desenvolvimento deste País, em todos os setores que se olhe.

Há uns anos, como até já escrevi aqui, se uma negra fosse escorraçada de um elevador social, isso seria olhado como “natural” – e não como o crime, que, efetivamente, é.

Há uns anos, quem imaginaria a possibilidade de casamento entre homossexuais?

Há uns anos, quem pensaria na possibilidade de cotas nas universidades e em bolsas para a superação da pobreza extrema?

Há uns anos, quem falaria em combate ao nepotismo, em transparência dos gastos públicos, ou ousaria imaginar a possibilidade de controle externo do Judiciário?

Quem clamaria por ética na política e no trato da coisa pública?

Quem imaginaria a possibilidade de um Estatuto especial para as nossas crianças e adolescentes, especialmente, aqueles em conflito com a Lei?

Quando paramos para pensar o quanto este país avançou desde o final da década de 80, quando as esquerdas puderam novamente mostrar a cara, sem medo do terrorismo de Estado; e, nos últimos 17 anos de social-democracia tucano-petista, o que vemos surgir diante de nós é verdadeiramente extraordinário.

Mais que transformações econômicas, o que estamos a ousar é uma revolução cultural, num país com um histórico de 500 anos de lassidão moral em relação à coisa pública; com um histórico de negação dos direitos das minorias; com um histórico de escravização efetiva, real, da massa trabalhadora; num país onde o Estado sempre esteve a serviço de um punhado de aristocratas, em vez de estar a serviço do conjunto da sociedade.

É claro que ainda há muito, muito, muito a ser feito, eis que é o longo o caminho e a jornada apenas começou.

E é verdade, também, que nenhum de nós sentirá realmente os sabores desses frutos: enxergamos suas cores; sentimos, ao longe, seus perfumes... Mas só podemos é tentar adivinhar o gosto que terão, daqui a uns 50 anos, para os nossos netos...

Lula e Fernando Henrique – ou Fernando Henrique e Lula, como vocês preferirem – foram, são e sempre serão companheiros de um valor inestimável nesta guerra por um novo Brasil.

Não lutam e nem lutaram sozinhos, é verdade: todos os dias, milhões de lideranças e de cidadãos anônimos lutam ao lado deles pelo avanço das conquistas já obtidas e por muitas outras conquistas que ainda virão.

Mas não há dúvida que é preciso muita coragem, sabedoria e força de caráter para assumir o comando de uma guerra dessas num país como o Brasil.

Que Deus ajude o “cumpanhero” Lula a vencer mais esta batalha.

Pra vocês!


7 comentários:

Anônimo disse...

FHC não fica pra história porque foi uma farça.

Anônimo disse...

Égua Perereca, fazer comparações é ilação. Lula fica de longe de FHC, este governou para os banqueiros, traiu suas concepções sociológicas. Lula tirou 36 milhões da miséria extrema, 16 milhões acenderam as clases médias, levou luz a escuridão, deu casas, gerou emprego, como comparar. Fico feliz de sempre ter defendido o projeto LULA, para ele hj, minha eterna gratidão, minhas constantes orações e a certeza de que sempre será um dos maiores estadista deste país. Viva Lula, Viva o Povo Brasileiro, e com muita fé nosso COMPANHEIRO ( que é mais que amigo) vencerá esta luta, to com ele e sempre estarei. obrigado lula.

Anônimo disse...

Não entendo sua exaltação ao FHC?? O que foi que ele fez de tão importante para o nosso país?? O Plano Real não foi dele e sim da administração Itamar Franco que ele se apropriou indevidamente. Ele fez sim, muita patifaria, entregando de mãos beijadas para a iniciativa privada, vide capital internacional, nossas riquezas, e a mais importante delas: A Vale do Rio Doce!!!! Ou você já se esqueceu????
A sua memória está demasiadamente curta. Deu tico e teco no seu cérebro?

Albano o velho disse...

Ana,estou totalmente de acordo com seu texto

Albano o velho disse...

Ana, concordo integralmente!

Anônimo disse...

PORRA ESSA COMPARAÇÃO É UMA COVARDIA COM O LULA !

Tapuio disse...

Primeiro Saúde para o Lula,embora um cara surdo mudo e cego(vide mensalão)já tenha sido castigado pela vida, mas comparar com o Vendilhão da Nação, passa.