Ban

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Tiririca, o aborto, a TFP e os grupos de pressão



 É engraçado isso.



As pessoas se indignam tanto com a eleição do Tiririca, que não passa de um palhaço, como tantos outros que existem na política, no Brasil e no mundo.


Um sujeito que é, na realidade, uma vítima: Tiririca é apenas meio cidadão, já que pode votar, mas não pode ser votado, devido à incompetência do Estado, no combate ao analfabetismo. 


E faz-se enorme campanha para cassar o mandato de Tiririca, como se isso fosse uma questão fundamental para o Brasil.


Mas nada se diz – rigorosamente nada! – em relação ao avanço assustador desses grupos de pressão, como a TFP, que parecem querer reconduzir o Brasil à época das fogueiras medievais.


Quem é de fato vergonhoso e perigoso para o Brasil: o palhaço Tiririca ou esses grupos de pressão?


Quem é, afinal, que representa um obstáculo a que possamos salvar as vidas de milhares de mulheres pobres, e em geral negras, que vão continuar morrendo em decorrência de abortos clandestinos?


Quem é que tenta até mesmo impedir que pessoas do mesmo sexo possam amar e casar com pessoas do mesmo sexo, como se isso trouxesse algum prejuízo a alguém?


Quem é que tenta impedir o avanço da reforma agrária, que pode beneficiar milhões de brasileiros, que estão aí, aprisionados na miséria, a morrer de fome?


Quem é que defende a propriedade privada como um direito intocável, como se os empresários não devessem rigorosamente nada à sociedade da qual fazem parte?


Quem é que tenta impedir até mesmo a regulamentação profissional das prostitutas – às quais esses hipócritas devem, sim, ter recorrido alguma vez na vida – como se essas mulheres não tivessem direito a uma proteção mínima por parte do Estado?


Quem é que se insurge até mesmo contra o controle social sobre as forças policiais, como se no combate à criminalidade todos os meios – até mesmo o espancamento e o assassinato de pessoas acusadas de crimes – pudessem ser considerados lícitos?


Quem é, afinal, perigoso para o Brasil e para a própria Democracia: o Tiririca ou esses grupos de pressão?


Sinceramente que fico enojada com a hipocrisia de certas pessoas, e até com o uso que se está a fazer dessa questão do aborto, para torpedear a candidatura de Dilma Rousseff.


Há limites para a caça ao voto – têm de haver limites.


Têm de haver princípios, compromissos claros e inarredáveis com aquilo que temos por ideal.


Se somos a favor da Democracia, se somos a favor dos direitos civis, não podemos ficar simplesmente rifando tudo isso por causa de meia dúzia de pessoas que parecem submetidas em vida a um processo de mumificação.


E como é que ficam os votos de pessoas que, como eu, são favoráveis ao aborto?


E como é que ficam os votos das famílias das mulheres que morreram em decorrência de um aborto clandestino?


E como é que ficam os votos dos negros, das prostitutas, dos homossexuais, dos índios, dos agricultores sem terra?


Acaso o nosso voto vale menos do que o voto dessa gente da TFP&congregados?


Ou será que imaginam que vão capturar o nosso voto, apesar de prometerem tudo ao contrário do que a gente acredita?


O Serra e a Dilma querem o meu voto? Tá bem.


Pois eu voto naquele que prometer que vai lutar pela legalização do aborto, ou que ao menos vai tratá-lo como a questão de saúde pública que efetivamente é.


Voto naquele que se comprometer a lutar pelo casamento entre homossexuais e até pela possibilidade de os casais de homossexuais terem, sim, filhos adotivos.


Voto naquele que me garantir que vai avançar com a reforma agrária, que vai lutar pela regulamentação profissional das prostitutas, que vai ajudar a apertar o controle social sobre a polícia.


Voto naquele que vai exigir dos empresários, sim, cada vez maior responsabilidade em relação à sociedade que fez deles aquilo que são.


Se nem  Serra  nem Dilma me garantir isso, anulo o meu voto.


E eles que fiquem com o voto da TFP.


Porque, ao fim e ao cabo, ambos valerão menos – e muito menos – do que qualquer Tiririca.


FUUUIIIII!!!!!

11 comentários:

Anônimo disse...

Menos querida, menos. Estas tomando o sentido inverso dels que é tão prejudicial quanto o teu. Sou contra po aborto, mas a favor da educação sexual, contra o casamento homoafetivo, mas a favor da união civil dessa pessoas. e há uma grande diferança nisso. Não sou contra o tiririca, até gosto, mas usar uma cidadão como ele pra instrumento de chegada ao poder por outros incaltos deste pais não dá. tens todo o direito de ser quem é e escolher o que bem entender, mas isso não te dá o direito de passar por cima dos meus.
atenciosamente,
Ailton.

Anônimo disse...

Até que enfim o Congresso Nacional tem um verdadeiro e autêntico representante. O Tiririca é o único parlamentar que assume seu papel: PALHAÇO
Todos os demais se escondem, porque são falsos palhaços, que não dignificam os cargos que ganharam com muito $$$$$acrifício.
RESPEITEM O PALHAÇO.
O VERDADEIRO PALHAÇO É UMA FIGURA MUITO IMPORTANTE NA INFÂNCIA DE TODOS NÓS.
O Informante Invisível

Ricardo Charone disse...

Ana, pergunte ao Jetene se ele é contra ou a favor do Aborto?
Ou pelo menos do debate da sociedade sobre o tem?

Anônimo disse...

Comentário brilhante.
Assino em baixo.
Chega de hipocrisia!

Carla Zahlouth disse...

Como sempre, impecável seu posicionamento, só faço uma observação, a questão do aborto que serviu para torpedear a candidatura da Dilma, só foi possível pelo posicionamento hipócrita dela.
Ela sacrificou suas convicções em nome de uma eleição.
Sabemos que seu adversário pensa da mesma forma, mas esperamos avanço de quem sempre foi de esquerda, acredito que parte dos votos perdidos pela Dilma decorrem dessa "traição" aos ideais que sempre defendeu.
Um grande abraço!

Anônimo disse...

Hoje tu tá com a macaca, Sumana...
Muito bom... Parabéns!!!

Anônimo disse...

Nada, conversa fiada...
Vota em branco, nulo, rasque seu titulo, o que e diabos for... afff
Com essas ideias malucas ninguem vai perder seu tempo tentando te convncer de algo diferente. Nunca comentario mamis insano...
Me deu até medo.

Anônimo disse...

bingo!

Eu achoisso ótimo. O deate, quando é verdadeiro, arrebenta os pré conceitos....

dai para mudar de posição e de voto, é só umdetalhe!

Não teme a realidade. O moralismo tem lado. O preconceito sexual tem lado, a homofobia tem lado, a intolerância tem lado....

A, a TFP também tem lado e candidatos..

(e olha que ainda vai aparecer alguem para dzer que a velha e nazista tfp é o igrediente que falatava na nova democracia brasileira, ou, qum sabe, que o Lula é da TFP...e que por isso quer implantar o chavismo no brasil, com b minúscuo, como minúscula é a mente daqueles que não tem capacidade para o diálogo).

Ana.
Parabéns por sua perereca, vizinha

Val-André Mutran  disse...

Assino em baixo Ana.

Anônimo disse...

O que é 'um cara duas caras"?

Serra legislou a favor do aborto: igrejas, o pau que bate em Chico tem que bater em Francisco!
Enviado por flipe, seg, 04/10/2010 - 17:36
Via FBI por Augusto da Fonseca

Clique aqui e acesse a Norma Técnica “PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES”, assinada por José Serra, em 1998, quando Ministro da Saúde.

A posição enunciada pela Dilma é exatamente a concretizada nesta Norma Técnica. Sem tirar nem pôr.

Entretanto, a Dilma foi execrada por setores da Igreja Católica e por algumas Igrejas Evangélicas por ser a favor do aborto, embora não haja um registro sequer dessa posição. Ao contrário ela sempre diz que mulher alguma é a favor do aborto.

Se setores anti-petistas da Igreja Católica execraram a Dilma por “defender o aborto”, mais motivos terão para execrar o Serra por ter feito uma norma que atende as mulheres que querem fazer aborto.

Embora este FBI defenda esta norma assinada pelo Serra, exigimos isonomia de tratamento neste segundo turno: o pau que bate em Chico tem que bater em Franciso!

Abaixo, alguns trechos da Norma, para orientação de cardeais, bispos, padres, freis, freiras e leigos católicos

“A garantia de atendimento a mulheres que sofreram violência sexual nos serviços de saúde representa, por conseguinte, apenas uma das medidas a serem adotadas com vistas à redução dos agravos decorrentes deste tipo de violência. A oferta desses serviços, entretanto, permite a adolescentes e mulheres o acesso imediato a cuidados de saúde, à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e à gravidez indesejada.“

“As equipes envolvidas diretamente na assistência deverão receber treinamento sobre o atendimento humanizado às mulheres que poderão ser submetidas à interrupção da gravidez. Os médicos deverão, além disso, ser treinados para a utilização das diferentes técnicas recomendadas para a interrupção da gestação.“

“Esse atendimento deverá ser iniciado por ocasião da primeira consulta, devendo estender-se a todo o período de atendimento à mulher e após a interrupção da gravidez“

“...se a mulher estiver grávida ou suspeitando de gravidez, deve-se identificar claramente a demanda trazida por ela, focalizada nos seguintes aspectos: identificação do desejo de interrupção da gravidez ou não, discussão a respeito dos direitos legais já garantidos à mulher, existência de valores morais e religiosos que possam determinar ou influenciar a decisão da mulher e a discussão de alternativas à interrupção da gravidez, como a entrega da criança para adoção, a realização de pré-natal etc.“

“VI. ATENDIMENTO À MULHER COM GRAVIDEZ DECORRENTE DE ESTUPRO
Esse atendimento deverá ser dado a mulheres que foram estupradas, engravidaram e solicitam a interrupção da gravidez aos serviços públicos de saúde.“

“Procedimentos para a interrupção da gravidez
O procedimento deverá ser diferenciado, de acordo com a idade gestacional.
I. Até 12 semanas, podem ser utilizados, para o esvaziamento da cavidade uterina, os dois métodos identificados a seguir.

1. Dilatação do colo uterino e curetagem

2. Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU)“

***

Bem, se as Igrejas estavam em dúvida sobre a posição do Serra, em relação ao aborto, agora não estão mais, graças a este FBI.

Assim, façam o favor de execrar o Serra e pedir voto nulo.

É o mínimo que vcs podem fazer!

Porque “o pau que bate em Dilma tem que, necessariamente, bater em Serra!!!”


Quanto às Organizações Serra (Globo, Folha, Estadão e Veja, entre muitos outros veículos), estão autorizadas a reproduzir esta matéria esclarecedora para o segundo turno.

Anônimo disse...

Dá-lhe perereca! Senti firmeza... Esse foi um bom ataque de lucidez dessas que frequentemente és acometida. Preconceito é de última e eu não gosto, assim como muita gente. Te amo. Beijos. Fernando.