Ban

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Quociente eleitoral do Pará é o quarto do Brasil. Jatene, o mais bem votado em duas décadas



O quociente eleitoral do Pará para a eleição a deputado federal é o quarto maior do Brasil, atrás apenas de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Norte.
O tucano Simão Jatene é, possivelmente, o candidato a passar para o segundo turno com o maior percentual de votos válidos dos últimos 20 anos – e o único a quase liquidar a fatura ainda no primeiro turno.
A abstenção e os votos brancos e nulos caíram sensivelmente no Pará e é preciso um esforço cada vez maior para conseguir ou manter uma cadeira na Câmara dos Deputados e na Assembléia Legislativa.

São essas algumas das conclusões a que se pode chegar a partir da análise do resultado do primeiro turno das eleições deste ano, em comparação com os pleitos anteriores.
No primeiro round das eleições 2010, também salta aos olhos a surra aplicada por Jatene na petista Ana Júlia Carepa, não apenas nos 21 maiores colégios eleitorais do estado, que concentram mais da metade do eleitorado, mas, também, em 38 municípios da faixa de 20 a 40 mil eleitores, que perfazem mais de um milhão de votos.
Nesses 59 colégios eleitorais do Pará, que somam mais de 3,7 milhões de eleitores, a diferença pró-Jatene chegou a quase 415 mil.
Os números revelam que o desempenho de Ana Júlia caiu nos 21 maiores colégios, em relação ao primeiro turno das eleições de 2006. Ao mesmo tempo cresceram sensivelmente os votos de Jatene em relação a Almir Gabriel, o candidato tucano de 2006.
Daí a larga diferença entre Ana e Jatene neste primeiro turno, a maior já registrada em todas as eleições paraenses ao Governo, desde 1994.

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não há, no entanto, o detalhamento do pleito de 1990.
Consta, apenas, que Jader Barbalho foi eleito governador do Pará com 617.475 votos.
Na época, o Pará possuía 2.313.683 eleitores, ou menos da metade dos 4.763.456 destas eleições.
Por isso, não há como saber se o percentual de votos válidos de Jatene, neste primeiro turno, supera, também, o obtido por Jader, em 1990, quando começou a viger o segundo turno nas eleições estaduais.
Clique nas tabelas abaixo:



10 comentários:

Anônimo disse...

Estás preocupada. Andas fazendo muitas contas.

Anônimo disse...

Para quem assitiu o programa eleitoral, como eu, ficou com a impressão de que o programa da candidata petista está imitando na "cara dura" o programa do Jatene, até na forma de narração (com a própria voz da candidata) parece uma imitação.

Será que os "marketeiros" governistas acham que imitando o programa de Jatene lograrão êxito??? A minha impressão é de que só reforça a candidatura do PSDB, pois, a todo momento, lembra-se do Jatene e isso só reforça a imagem de vitória do candidato tucano.

Anônimo disse...

Para quem assitiu o programa eleitoral, como eu, ficou com a impressão de que o programa da candidata petista está imitando na "cara dura" o programa do Jatene, até na forma de narração (com a própria voz da candidata) parece uma imitação.

Será que os "marketeiros" governistas acham que imitando o programa de Jatene lograrão êxito??? A minha impressão é de que só reforça a candidatura do PSDB, pois, a todo momento, lembra-se do Jatene e isso só reforça a imagem de vitória do candidato tucano.

Anônimo disse...

Vocês que só pensam em programa eleitoral deviam falar do massacre que Dilma impôs ao adversário, no domingo (10), na Band: amassou o bicão do tucano com diretos certeiros, sem dó nem piedade, motivada pelos golpes baixos desferidos recentemento por Serra na campanha eleitoral. Deus o perdoe.

Anônimo disse...

Sabe Anônimo das 10:00, achei a mesma coisa, ela mudou muito a voz, não está mais gritando. Uma coisa horrivel.

Anônimo disse...

Antipática que sou a ambos os candidatos, sinto-me instada a dizer que a condição de oposição do tucano arrogante, dá-lhe o privilégio da vantagem nos ataques à pífia candidata da situação.
Jatene prossegue exatamente como sempre foi, um sofista cínico e matreiro, que usa e abusa das meias verdades e da ignorância lamentável da maioria do eleitorado acerca dos bastidores da política.
Dadas as condições, a saber; um segundo turno de uma eleição para governador, dando sequência a um primeiro turno no qual a (só) aparentemente mais plausível alternativa à péssima atuação do governo PT, é representada pelo candidato da oposição mais ferrenha à tal situação (como sabe-se bem, o PSDB - o inimigo político histórico tão falacioso quanto o deplorável Partido dos Trabalhadores), o eleitorado segue dando preferência ao brilho falso e falacioso de um candidato ardiloso, na esperança de uma mudança irrealizável (ao menos nos padrões em que se apresenta), exatamente da mesma forma que fez ao colocar no poder a insípida candidata, que agora quer depor do governo.
O que está certo como 2 e 2, 4, é que os 109 bilhões do PAC erigirão o novo herói da política local como um santo milagreiro. Será praticamente um processo canônico, onde a diabólica habilidade marqueteira – daqui há quatro anos – terá um prato cheio com a situação da hora.
Triste, é ver o eleitorado distraído e empolgado, de ambos os lados, a olhar seus candidatos com uma paixão cega e estúpida, deificando (com o devido respeito à pessoa de cada um dos candidatos) figuras políticas torpes que quase nada fizeram e, ao que tudo indica, seguirão quase nada fazendo no próximo mandato (ao menos é o que a história política do Estado tem mostrado). Mas, enfim, tudo é festa!

Anônimo disse...

VC VIU NO DEBATE DE SEXTA NO SBT A ANA JULIA DISSE NA CARA DO JATENE QUE ELE TAVA PESCANDO EM ÁREA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL. E ISSO É VERDADE MESMO. SOU POLICIAL MILITAR E ESTAVA DE SERVIÇO NO DIA EM QUE O JATENE PESCOU SEU OLHO (RSSS). O FATO OCORREU NO LAGO ÁGUA PRETA, NO PARQUE AMBIENTAL DO UTINGA. VÁRIOS POLICIAIS ESTAVAM DE SERVIÇO NESTE DIA. O TEN CEL AZEVEDO E O CAP SOARES SABEM DE TUDO, TUDINHO. VOTEI NO FERNANDO CARNEIRO NO 1º TURNO, MAS ISSO TEM QUE SER ESCLARECIDO AO POVO DO PARÁ. AINDA TEM MAIS, O JATENE FOI LEVADO, COM O ANZOL NO OLHO, PARA O HOSPITAL DA AERONÁUTICA DE BELÉM E LÁ FOI REALIZADO O PROCEDIMENTO. CHECA ISSO COM QUEM EU TE FALEI E VE SE NÃO E VERDADE.

Mulher Despeitada disse...

O anônimo das 15 horas fez uma análise interessante da situação política estadual.
Enquanto formos omissos e/ou ignorantes, não vejo possilidade de mudança.
Não há deuses ou santos na política. São homens (mulheres), que devem ser controlados e muito bem controlados. Senão, metem os pés pelas mãos.
Falo sobre isso em:
http://diariodeumamulherdespeitada.wordpress.com/2010/10/08/efeito-tiririca/

Anônimo disse...

pq está aparecendo uma estrela do PT no seu blog, em vez do blogspot, vc não rabalha com o Jatene ?

Anônimo disse...

Na verdade eles gostam de números e aqueles de gente, temos que colocar na balança e escolher. O fututro de nossos filhos estão em nossas mãos, agora, não vamos errar, escolha o que melhor governou este Estado. Esta é a hora!!!