Ban

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Em clima de campanha!

Pra nós, que respiramos política, há bem poucos momentos tão extraordinários quanto este, em que vamos “partir pra porrada” – no bom sentido, é claro...

É como se hibernássemos e só conseguíssemos acordar realmente a cada dois anos, no calor desse maravilhoso espetáculo que é uma eleição.

Nenhum de nós consegue viver sem Política e sem Democracia.

E penso que, pra gente, uma boa eleição é até melhor que um orgasmo...

Daí que a Perereca da Vizinha vai fazer uma pausa até novembro.

Fui convidada para integrar a campanha de Simão Jatene ao Governo do Estado.

Aceitei, com muita honra.

E penso que não seria justo, em relação a todos vocês, continuar com o blog em tal condição.

Aliás, também não seria prudente, já que vou trabalhar com informação e estratégia.

Estou, portanto, me “desincompatibilizando” deste blog, em respeito a cada um de vocês. Que me amam ou odeiam. Mas que sempre me honraram com a sua preciosa atenção, desde os primórdios da Perereca.

Vou sentir saudades - dos elogios e das cacetadas...

Do aconchego deste cafofo; do enorme carinho de cada um de vocês, que têm tido a paciência divina de aturar até mesmo as bebedeiras desta blogueira...

Mas não poderia fugir desse desafio que é a campanha de Jatene.

Para quem gosta realmente de política; para quem tem a política na massa do sangue, a campanha de Jatene é, de fato, magnética.

Porque é possível que nunca tenhamos assistido a uma eleição assim no estado do Pará.

Ninguém se iluda: esta eleição não tem parâmetro, nem em 1994. Ana Júlia, a minha xará, não é Jarbas Passarinho... E as circunstâncias que cercam este pleito são bem mais complexas.

Não creio que ela seja comparável, também, a 1982 – afinal, Jader teve o apoio do então governador, Alacid Nunes.

Nesta eleição, Jatene não tem máquina nenhuma. E será o momento de comprovarmos até onde pode o povo, contra todas as máquinas do mundo...

Nunca participei de eleições fáceis; todas foram muito complexas, suadas.

Mas a eleição de Jatene será, certamente, a mais difícil.

Será preciso, em primeiro lugar, garantir o segundo turno, contra o "império" que se aglutinou no horizonte.

Será preciso resgatar o gigante que existe dentro de cada tucano paraense.

Dentro de cada eleitor, dentro de cada cidadão que anseia por um Pará melhor.

Quero, também, deixar aqui os meus votos de boa sorte a todos aqueles que participarão desta eleição.

A todos aqueles que têm coragem de lutar por aquilo em que acreditam.

Boa sorte aos companheiros do PT.

Boa sorte aos companheiros do PMDB – esses extraordinários GUERREIROS do PMDB!...

Boa sorte aos companheiros do PR, do PTB, do PDT, do PPS, do PSB, do DEM, do PP, do PV.

Que Deus nos ilumine a todos, para que façamos uma eleição realmente digna do glorioso povo do Pará!

Que Deus esteja no fundo do coração de cada um de vocês!...

Mas, sobretudo, boa sorte aos companheiros do PSDB.

Que Deus nos conceda Sabedoria, força, garra, coragem - HONRA!...

Para que possamos mostrar o GIGANTE que existe dentro de cada um de nós!

Para que possamos mostrar aquilo que valemos, em defesa do povo do Pará!

E VUUUUUUUUMMMMMMBORA GENTE!
VIVA 2010!






Atualizado em 3 de Julho, 1h37m:

O problema do doutor Fábio Castro é que ele não entende patavina de política.



Fábio Castro é igualzinho a muita gente que pega um diploma apenas para exibir, para pendurar na parede.


Não reteve nada das aulas que freqüentou ou dos livros que leu.


Mas tem um milhão de frases feitas para os imbecis que se dispõem a repetir a sua lenga-lenga.


Desses intelectuais, que apenas teorizam a política, já estamos, tucanos e petistas, pra lá de fartos.


São uma mixaria quando estão a jogar...


Mas continuam a repetir, no ouvido da gente: “não é assim! Não é por aí!”...


Porra!...


Se sabem, que joguem quando estão em campo!...


Mas nenhum deles consegue jogar – porque são apenas teóricos!...


Então, a gente vai é servir um queijo e um vinho bacanas pra eles, que é pra ver se eles param de nos empentelhar...


A gente, que constrói a política no dia a dia, sabe que a política não é do jeito que esses pseudo-doutores ficam a dizer.


Não tem idealização; não tem anjo nem demônio!...


O que há é o que há: as condições postas e os aliados possíveis!


E os aliados a gente não escolhe: escolhem as circunstâncias!...


Mas essa gente insiste em ficar dando piteco – e essa é a coisa mais enervante.


Acham que porque leram meia dúzia de gibizinhos do Tio Patinhas entendem alguma coisa de política – não entendem lhufas!...


Pra entender a política, tem de viver a política.


E depois a gente vai buscar a teoria, que é bacana à beça, mas, como complementação da prática...


Então, que se dediquem a historiar.


Mas que não queiram meter o bedelho nesse mingau.


Porque desse mingau quem entende é a gente.


Petistas e tucanos.


Ou tucanos e petistas.


Como vocês preferirem.


Sem esquecer os poderosos companheiros do PMDB.


FUUUUUIIIIIIIII!!!!!!






PS: Também sou uma intelectual. Mas, quem diz?


PS 2: E como o Fábio me provocou, vou deixar aqui uma música.


É engraçado. Confundi-me com Gilgamesh. Hoje, ao conseguir encontrar o livro, percebi o engano. Mas nem tu, nem o Alex, nem qualquer outro diz-que-intelectual percebeu o engano. Mas que bando de intelectuais xexelentos, né mermo?


Pra ti. E pros diz-que intelectuais paraenses!...


PS3: Mas, avaliem: esses diz-que intelectuais querem me demover da minha decisão. Depois de tantos telhados, né mermo? Miauuuuu!


13 comentários:

Fabio Fonseca de Castro disse...

Pôxa, que pena que vc vai parar. Pensei que fôssemos poder brigar mais um pouco nessa campanha. Como sempre, seria muito interessante bater boca com vc e ler seus comentários. Pena. Tudo de bom na empreitada e até a volta. Com sinceridade.

Osorio Pacheco disse...

Perereca, vc quer resgatar aos Tucanos do Pará para que acordem e elejam o Simão, mas tem muito mais tucano que tem como referencia e liderança o Almir, que não está com o Simão.
Pensando bem, vc também deveria repensar e seguir o Almir.
Venha para a campanha vitoriosa do Juvenil.

Anônimo disse...

Sei que você faz sempre noticias e reportagem bem interessante sobre politica, então olhe essa.
Dia 18 de junho de 2010 a Secretaria de saúde de ananindeua, fez a inauguração de 3 ambulancias e uma motolancia, com a presença inclusive do prefeito conforme, noticiada no site da prefeitura.

http://www.ananindeua.pa.gov.br/#noticias.index.ver?id=319

e somente dia dia 24 de junho publica o edital de transporte das ambulancia de são paulo para ananindeua , conforme consta no proprio diario oficial, pagina 11.

http://www.ananindeua.pa.gov.br/diario/public/diariopdf/2010_DIARIO_DE_JUNHO,_dia_24.pdf

essa e mais uma inregularidade da diretoria administrativa e financeira LILIAN Franco e competente secretaria Iacira Leite,

faça uma chamada ai e peça essas explicações pois está ai na internet, ninguem esta inventando nada, abraços

Ana Célia Pinheiro disse...

Ei, Osório:

Muito obrigada, querido, pela atenção.
Estou até em dívida contigo: tenho de responder aquele teu e-mail muito, muito bacana.
Mas eu inverto o convite: tu é que tens de vir para a campanha do Jatene. Tu e todos os valorosos guerreiros do PMDB.
Abraços,
Ana Célia

JOAO CARLOS DE ANDRADE disse...

sucesso nessa empreitada. Estaremos ansiosos pelo seu retorno.

Lafayette disse...

Parabéns! Cara, isto é raro pacas!
Veio e disse o posicionamento claro, sem subterfúgio.
Diferentemente do que se vê por aí.
Até a volta do blog!

Anônimo disse...

Bom Perereca,

Eu acho que não vamos ter que esperar até Novembro para voltar às suas leituras politicas.
Acredito que já em Outubro o quadro politico no Pará estará definido.

De todo modo, aqui vão os meus pêsames para a campanha do seu pássaro plumado.

Tiberio Alloggio

Anônimo disse...

Tiberio, Tiberio, quem não te conhece que te compre. Baixa a pluma, meu amigo,e deixe de ser arrogante. Ou será que estás falando de outro Estado. Porque aqui no Pará, meu caro, a tua governador é um fracasso só. Dá uma passada na feira e conversa com o pessoal que vende e os que compram. Pergunta pro teu vizinho se ele está satisfeito com o desgoverno da Ana Júlia. Ou, se preferir, pega um táxi e conversa com o motorista e tapa os ouvidos pro que ele vai falar da donAna. E você ainda vem aqui arrotar que ela ganha no primeiro turno. Vamos aguardar e ver quem tem razão: lhe garanto que povo não se engana duas vezes.
a) Edyr Batalha

Anônimo disse...

há um ano mais ou menos que descobrir os blogs como fonte de informação de qualidade , e entre estes descobrir você, que na minha opnião é a mais qualificada de todos, provavelmente pelos motivos que inclusive cita nesta postagem,aparentemente vc não se contenta com os gabinetes devés gostar de rua, talves tenha brincado de pira esconde, escondidas de seus pais na infancia e nunca empinou pipa em ventilador, por isso e por sua capacidade intelectual tens as melhores analises sobre conjuntura politica do estado do pará, por isso fiquei tão triste, não , não sou petista, deste do iniçio do governo edmilson, não , não sou romântico, idealista ou coisas afin,pelo menos achava que não era, até hoje. Wendell Correa.

Anônimo disse...

Esse duelo com o Fábio estava pra lá de bom, menina! Vai! Cuida da tua vida e sonha teus sonhos.

Anônimo disse...

É a economia seus estúpidos!!!
Diria o marqueteiro do Clinton.
Dilma, primeiro turno, certeza absoluta.
Ana Júlia, no segundo turno, com Lula e Dilma, vai triturar seu oponente.
Afinal, isto vai acontecer, se goste da Ana Júlia ou não.
Por isso, boa sorte, perereca, você o Jatene vão precisar, e muuuuiiiito!!!!

Anônimo disse...

Perereca meus votos de sucessos nessa guerra eleitoral admiro a sua coragem e energia. Tô contigo nessa empreitada para eleger Jatene Governador do Pará e seja o que Deus quiser. Vamos nos encontrar por ai e vamos que vamos.

Anônimo disse...

Gostaria de levar ao seu conhecimento informações que entendo ser relevante tais como: a Coligação “JUNTOS COM O POVO”, (PPS/PSDC/PRTB/PMN/PRP), com candidatos a Deputado Estadual, terá que ser dissolvida pelo Egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Pará, pois, a sua composição está diferente da composição da coligação “JUNTOS COM O POVO” (PPS/DEM/PSDC/PRTB/PMN/PRP/PSDB) para Deputado Federal. A Coligação somente poderia receber o mesmo nome se nela constassem os mesmos partidos que compõem a coligação para Deputado Federal. Porém, na composição da coligação para Deputado Estadual faltaram o DEM e o PSDB. Logo, esta, teria que receber outro nome. Agora, ao ser dissolvido, as agremiações partidárias terão que concorrer de forma isolada.