Ban

domingo, 16 de maio de 2010

Peruando o jogo



Está tudo errado – e, no fundo, o PT sabe disso.


Em primeiro lugar, era preciso ter decidido: ou se fortalece o controle interno, ou se deixa o Estado ao Deus dará.


E se a escolha fosse pela primeira opção – muito mais acertada, diga-se de passagem – teria de haver a consciência acerca da impossibilidade de condescender.


E até a clareza de ir publicando os resultados das auditorias, com as providências dos auditados – até a estimular a participação societária na fiscalização da máquina pública.


Especialmente, se o “xerife” dessa empreitada fosse um técnico – e não um político.


Em suma: era preciso ter decidido, desde o começo, entre o discurso e a prática.


Mas, como não gosto de chorar sobre o leite derramado, vou deixar alguns conselhos pra vocês.


Não que vocês tenham pedido, ou que me paguem por isso – é “de grátis”, de uma irmã tucana para os irmãos petistas.


Respirem fundo e virem o jogo.


Como?


Simples: aprendam com o companheiro Lula.


Quando se diz que há corrupção no governo, o que é que o Lula faz?


Ele puxa do bolso da camisa a quantidade de investigações da PF e proclama: nunca se investigou tanto na história deste país.


Se eu estivesse aí com vocês, já teria colocado no ar um VT (com aquela menina, a Tainá, que é um verdadeiro achado) que seria mais ou menos assim: BG dramático; fotos de manchetes de jornais sobre escândalos nos governos anteriores. Locutor: “antes, você se lembra, você era sempre o último a saber”. Entra a Tainá, é claro, sobre imagens coloridas e música alegre: “O Governo do Pará acabou com isso. Agora, a gente acaba com a corrupção antes que ela aconteça. Para que o dinheiro público se transforme em obras pra você. O Governo do Pará fortaleceu a Auditoria do Estado. Fez concurso para X procuradores. Hoje, a gente pega corrupto é no pulo. E bota tudo na cadeia. E o dinheiro que eles roubavam vai pra escola, água, luz, saneamento. Agora sim, a gente está construindo um novo Pará. E você é sempre o primeiro a saber”.


Mais ou menos assim – capitche a mensagem?


Usem a acusação para se cacifar. Mostrem que se as irregularidades estão aparecendo é porque vocês estão a combatê-las.


Vamos a um spot: “BG dramático. Locutor: nos últimos três anos, o Governo do Estado demitiu 72 funcionários públicos que fecharam os olhos à corrupção. O Governo do Pará acabou com a vida fácil da corrupção”. Entra a locução da Tainá, ou melhorada, sobre música diferente, alegre: “O Governo do Pará tem, agora, até uma auditoria interna: tem gente do Governo que investiga cada contrato, pra ver se não há corrupção. Pra que a gente possa melhorar, de verdade, a vida de você!”.


Capitche a mensagem?


Virem o jogo. E transformem em “mau” quem se coloca contra isso.


Ah, e a consultoria é “de grátis”, porque estou é me coçando toda com essa perplexidade de vocês, visse?


E internamente, o que é que vocês vão dizer?


É verdade: o PT é um partido complicado, porque as pessoas que estão no PT acreditam piamente na bondade humana, né mermo?


Infelizmente, não é possível mandar os petistas para um estágio básico em Serra Leoa, durante a destruição do Estado, né mermo?, a contemplarem o “bom selvagem”, né mermo ?


Então, o que é que se faz?


Para os crentes, continuem a dizer que tudo isso é coisa da oposição.


Para os petistas que enxergam, e que estão angustiados, mostrem – o que não é mentira nenhuma – que auditoria interna é assim mesmo.


Vivissecção do Estado será sempre dramática, mesmo num governo petista. E ponto.


Mais não posso fazer, queridinhos – e espero, sinceramente, que o pessoal do PSDB (e do PMDB) não queira me tirar o couro por peruar o jogo dessa maneira.


Mas, sinceramente, já começo a ficar incomodada com a perplexidade de vocês.


FUUUIIIIII!!!!!!

10 comentários:

Bia disse...

Bom dia, cara Ana:

os "spots" são ótimos. Mas, dificilmente vão conciliar a perplexidade, dos que estão fora do governo com a hipocrisia dos que estão dentro.

Quando a AGE " vazou sem querer" para a imprensa relatórios que apontavam as irregularidades na SESPA, no DETRAN e no Ophir Loyola não houve perplexos nem atarantados. Houve comemorações que depois resultaram no agravamento das relações PMDB-PT. Afinal, os companheiros jamais souberam o que é aliança, condunfindo-a com rendição.

A cada dia que passa acredito que nesse entreato jamais houve anjos. Ao permitir o vazamento anterior a AGE rompeu o limite da sua função interna com aplausos da entourage palaciana. Ao fazê-lo agora na saída, enfureceu-os. Todos pensam que o governo é uma brincadeirinha pessoal.

Assim, Ana, não há spot inteligente como o seu que salve esa turma.É desperdício de criatividade.

Abração.

Anônimo disse...

sou concursado aprovado na SEPOF como assistente administrativo, aguardando ser nomeado e me surpreendi com a contratação de 30 servidores temporarios pela SEPOF. Essa contratação foi publicada nos Diarios dos dias 13 e 14. Esse é o governo do "Pará terra dos direitos"

Anônimo disse...

Concordo com voce.
Análise lúcida da situação.

Anônimo disse...

Parece até que fizeram um curso intensivo de interpretação pra transformar cara-de-pau em expressão de perplexidade.

Anônimo disse...

CORRUPÇÃO NO GOVERNO ANA JÚLIA CAREPA (PT): QUEM TEM MEDO DE CPI?
Postado por Ronaldo Brasiliense
Dom, 16 de Maio de 2010 12:10
RONALDO BRASILIENSE

Diante dessa pororoca de denúncias de corrupção no governo de Ana Júlia Carepa (PT/DS), que veio à tona com a divulgação das primeiras auditorias feitas na Secretaria de Transportes, na Secretaria de Educação e na Ação Social do governo (Asipag), todo mundo está se perguntando o que está faltando para que esses 41 deputados estaduais que aí estão aprovem a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Corrupção do governo do PT?

Há uma tsunami de "fatos determinados" para justiticar a instalação de uma CPI, mas, para dar uma ajudinha aos senhores deputados, sugiro apena um: Corrupção desenfreada revelada nas Auditorias feitas no governo do PT pela Auditoria Geral do Estado (AGE), do governo do PT.
Vamos aos números: sabe-se que, para se instalar uma CPI, são necessárias as assinaturas de um terço dos deputados da Asssembléia Legislativa. No caso, 14 deputados. O PSDB, maior partido de oposição, tem 10 deputados. O PMDB, que está com a dúvida Hamletiana de ser ou não ser governista, tem sete deputados, inclusive o presidente da Alepa, Domingos Juvenil, que pode vir a ser fundamental na instalação da CPI. O PPS tem dois deputados. O PTB, que também não sabe se é governo ou oposição, tem quatro deputados. Os deputados do DEM a gente nunca sabe para que lado vão... Ora, pois... É de se supor, por esse levantamento, que não será tão difícil assim obter 14 assinaturas de deputados para instalar a CPI da Corrupção do governo Ana Júlia.
Em seu blog, o deputado Parsifal Pontes, líder do PMDB, antecipa que é a favor da CPI. Mas, ao que parece, o PMDB primeiro vai aguardar a divulgação, pela deputada Simone Morgado - que também é do PMDB - das auditorias feitas pela AGE nas Secretarias de Saúde e de Obras, e no Detran - feudo do PMDB na partilha de cargos que se deu após a vitória de Ana Júlia no segundo turno eleitoral de 2006, contra o tucano Almir Gabriel,quando venceu graças ao apoio do PMDB. O partido comandado com mão-de-ferro por Jader Barbalho, ao que parece, teme dar um tiro no pé ao apoiar agora, já, um pedido de CPI.
Os deputados devem ouvir a voz rouca das ruas, que clama por CPI já! Os petistas vão vir com o cho-ro-rô de sempre, dizer que CPI é golpe, que a oposição, quer ganhar no tapetão e etcetera e tal...
Mas, se houver uma investigação parlamentar séria - doa a quem doer - esse escândalo vai acabar no impeachment de Ana Júlia Carepa, a primeira mulhr a governar o nosso estado do Pará, condenada por comandar um governo incompetente, sem projetos e sem obras, que se atolou na corrupção.

www.oparaense.com.br

Anônimo disse...

Ana,

Acho que você não precisa se submeter a esse grau de cretinice só para ficar de bem com ladrões, que todos sabem estão saqueando esse Estado. Você tem credibilidade e, por maior que sejam as tuas necessidades você, como profissional competente que é, não pode fazer de conta que essa turma do PT estão sendo crucificados pela inexperiência em não saber esconder o roubo. Veja o que você diz: antes roubavam e você, leitor, era o último a saber. Hoje nós evitamos a corrupção. Que que é isso Ana? Nunca existiu um governo tão incompetente e corrupto como o da sua Xará a quem você gosta de puxar o saco talvez, e é lamentável, para conseguir uma boquinha no Estado, ou, o que é mais provável mais uma boquinha. Faça do seu blog o que quiser, apenas não subestime a inteligência dos seus leitores gastando sua inteligência com malabarismos dialéticos só para livrar a cara de ladrões.

Anônimo disse...

Deixa de ser louca Ana celia,porra tu sabes que existe robalheira no PT para de bancar a salvadora da patria,pra mim vc nao passa de uma desequilibrada.vai te tratar.

Anônimo disse...

Você não precisa ensinar os petralhas mentirem, são profissionais.

Anônimo disse...

o anônimo das 6:10 está certíssimo. em matéria de roubo e enganação, o PT é expert. Portanto, Ana Célia, caia fora dessa barca furada e pára de tentar defender a Ana Judas e seus cupinchas. Governo parasitário, nunca mais!!

Anônimo disse...

Os ilustrissímos deputados estaduais não irão propor CPI pq a grande maioria tem o dedo nessa história, pois todos sabem que é por meio da ASIPAG que são pagas as emendas parlamentares. Daí se forem, de fato investigar essas irregularidades, obviamente que terão seus nomes vinculados a cada entidade que recebeu recursos para tocar suas "obras sociais". É claro que não são todas que apresentam vícios, mas uma boa parcela está bem preocupada com os futuros desdobramentos.