Ban

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Termina em desacordo reunião do PMDB e PT do PA

No blog do Josias, de hoje cedo




Sem alarde, reuniram-se em Brasília negociadores do PMDB e do PT do Pará.


Buscava-se a harmonização dos interesses de Ana Julia e de Jader Barbalho.


Ela, governadora petista, tenta empinar um projeto reeleitoral para 2010.


Ele, deputado pemedebê, cogita buscar nas urnas um retorno ao governo.


Entre os dois, Dilma Rousseff, que sonha com o palanque único no Pará.


Dono do diretório paraense do PMDB, Jader não deu as caras no encontro.


Mas seus operadores levaram à mesa o preço da almejada composição.


Para aliar-se ao projeto reeleitoral de Ana Julia, Jader exige:


1. Indicar o candidato a vice na chapa da governadora petista.
2. Garantir o apoio do PT para sua candidatura ao Senado.
3. Acomodar um apaniguado na atual equipe da governadora. Quer a Secretaria de Saúde.


Ouvida, Ana Júlia concordou com os dois primeiros itens da pauta de Jader.


Torceu o nariz para a idéia de entregar a Saúde ao grupo de desafeto.


Lero vai, lero vem, prevaleceu o desacordo.


Na semana que vem, reúne-se comitê nacional PMDB-PT.


Tenta-se estreitar inimizades presentes em vários Estados.


Busca-se converter em casamento o acordo pré-nupcial em torno de Dilma.


O veneno do Pará era o que parecia mais próximo de um antídoto. Deu chabu.


Um prenúncio de que, noutros Estados, o acerto pode ser ainda mais complicado.


São cinco as praças em que o PMDB cobra solidariedade do PT: MG, RJ, MS, CE e PA.


Há, de resto, o caso da Bahia. Ali, está entendido que as legendas medirão forças.


O PMDB, com Geddel Vieira Lima. O PT, com Jaques Wagner.


Tenta-se pôr de pé a política do palanque duplo. Dilma e Lula teriam de pisar nos dois.



http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/

Nenhum comentário: