Ban

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

PT rechaça denúncia





1. Sobre a manchete do Diário do Pará deste domingo "COMPRA DE VOTOS AGITA ELEIÇÕES NO PT", o Partido dos Trabalhadores informa aos leitores do Diário e à sociedade em geral que não existe qualquer denúncia formalizada no PT sobre compra de votos na eleição do PED - Processo de Eleições Diretas, método pelo qual a militância elege seus dirigentes em todo o país, de forma livre, democrática e direta. Por sinal, o PT é o único partido brasileiro que adota esse mecanismo de eleição direta.




2. O PED – Processo de Eleições Diretas no PT é um dos momentos mais ricos e participativos de toda a militância. Algo único na política brasileira. Em todo o país, participaram do PED quase meio milhão de filiados e, no Pará, 25 mil, sendo que, desses, 2 mil filiados e filiadas estiveram diretamente envolvidos, ou como candidatos ou integrantes de chapas, reforçando a democracia interna do PT.




3. Faz parte da história de vida e lutas do PT o repúdio a qualquer tentativa de fraude e compra de votos. Sempre rechaçamos essa prática, como também sempre rechaçamos qualquer tipo de violência à vida e à democracia. Esses são valores intrínsecos ao PT. Qualquer denúncia é apurada nas instâncias partidárias e com ampla chance de defesa de todos os envolvidos. Mas neste caso, não há denúncia, repetimos.




4. A democracia do nosso Partido incomoda muita gente, acostumada com a paz dos cemitérios, onde o dono do partido manda e o resto obedece. Ou então as bases de seus partidos apenas acompanham, pela mídia, as disputas viscerais de suas lideranças que lutam para serem ungidas como candidatos aos cargos majoritários e proporcionais, proporcionando um espetáculo, onde a criatura se volta contra o criador e vice-versa.




5. É da história do PT ter responsabilidade com a informação, ao transmiti-la à militância petista e à sociedade em geral. Assim, estranhamos que a direção do PT não tenha sido previamente procurada pela redação do Diário do Pará para checar se procedem tais informações estampadas no jornal como se fossem verdadeiras.
Ao adotar tal procedimento, o Diário do Pará incorre em grave atentado contra a ética e a democracia: primeiro atira e depois pergunta do que se trata, quando poderia ouvir a direção do PT para checar a veracidade das informações e também dar a oportunidade ética e democrática ao Partido de se posicionar antes que apenas uma versão, anônima, chegasse aos leitores.




6. Uma nota de coluna, com o DNA de uma fonte ressentida, virou manchete da edição de domingo, talvez com o propósito de dificultar a política de alianças do PT.

A quem serve isso?
Aos conservadores e seus novos aliados, que priorizam apenas obras físicas e estão incomodados com o nosso governo, tanto no plano federal como estadual, que investem fortemente na área social, criando uma rede de proteção social aos que mais precisam, aos que sempre foram desprotegidos.




7. Em nome da ética, da democracia e da transparência a direção do PT e suas lideranças esperam que o jornal dê o mesmo tratamento editorial a esta nota, com manchete da primeira página, charge e espaço na página 3. Solicitamos o direito de resposta em respeito aos leitores do Diário do Pará.
E que, doravante, quando chegarem denúncias que envolvam o Partido dos Trabalhadores, a direção desse Partido seja previamente ouvida, a fim de se garantir o equilíbrio da informação, o respeito à pluralidade de opiniões.



Atenciosamente,




João Batista Barbosa da Silva – Presidente estadual do PT
Adalberto Aguiar – Presidente do Diretório Municipal de Belém
Regina Barata – Líder da bancada estadual do PT
Airton Faleiro – Líder do Governo na Assembléia do PT
Carlos Martins – Deputado estadual do PT
Miriquinho - Deputado estadual do PT
Bordalo - Deputado estadual do PT
Bernadete ten Caten - Deputada estadual do PT
Beto Faro – Deputado federal do PT
Zé Geraldo - Deputado federal do PT
Paulo Rocha – Deputado federal do PT
Amaury Souza Filho – Líder do PT na Câmara Municipal de Belém
Alfredo Costa – Vereador da Câmara Municipal de Belém
Otávio Pinheiro – Vereador da Câmara Municipal de Belém
Marquinho do PT - Vereador da Câmara Municipal de Belém



Um comentário:

Anônimo disse...

HÔ COMO ELES SÃO TÃO SANTINHOS! PENSAM QUE TODOS SÃO IDIOTAS IGUAIS A ELES PARA ACREDITAR NUMA MENTIRA DESLAVADA DO PT. ELES TEM MAIS É QUE AVERIGUAR A VERACIDADE DOS FATOS ANTES DE CRITICAR A MATÉRIA DO DIÁRIO. QUEM MANDA SE VENDEREM PRÓ GOVERNO, AFINAL DE CONTAS NÃO É ESSA DS QUE TÁ ACABANDO COM O PT?AGUENTEM AGORA TANTA COVARDIA DE ENFRENTAR O PIOR GOVERNO QUE O ESTADO DO PARÁ JÁ TEVE.