Ban

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Paz tucana



O preço do acordo fechado entre o ex-governador Simão Jatene e o senador Mário Couto foi leonino: Mário deverá levar a presidência da Assembléia Legislativa para a filha Cilene, que deverá ser candidata a deputada estadual no ano que vem, além de duas importantes secretarias: Transportes e Proteção Social.


É claro que os termos do acordo não foram anunciados no almoço que terminou há pouco, na casa de Mário Couto, no Residencial Parque Verde, ao qual esteve presente toda a cúpula dos tucanos paraenses.

Lá, apenas se falou sobre a paz tucana, que, apesar de sacramentada hoje, foi decidida, na realidade, em uma reunião em Brasília, há cerca de duas semanas, entre Jatene, Couto e os presidentes nacional e regional do PSDB, respectivamente, Sérgio Guerra e Flexa Ribeiro.

O apoio de Mário Couto a Jatene deve ser anunciado no domingo, num grande encontro pela manhã, na Assembléia Legislativa, para o qual estão sendo convocadas todas as lideranças estaduais tucanas. Há, inclusive, ônibus fretados vindos do interior do estado.

O blog ainda não conseguiu confirmar a posição de Almir, embora haja informações de que teria sido previamente informado da movimentação.

O blog volta logo com mais informações.

E volta, é claro, não apenas com as informações oficiais.

Um comentário:

Anônimo disse...

Égua! Perereca, eu já tinha decidido votar no Jatene,mas se for pra verme da Cilene Couto presidir a Assembleia, volto atrás e voto na Ana Judas e ainda farei campanha ferrenha contra o tucanão. Va de retro, Satanás!