Ban

sábado, 12 de dezembro de 2009

Cassação, tortura e temporários no “Jogo Aberto”




O assunto do momento em todas as rodas de Belém é a cassação do diploma do prefeito Duciomar Costa e sua manutenção no cargo graças a uma liminar.


E agora, ele sai ou fica? Quais os próximos passos dessa briga que mexe com o mundo jurídico dentro e fora do Pará e atiça as paixões políticas?


Você vai saber de tudo no “Jogo Aberto” deste sábado, de 2 às 4 da tarde, pela Rádio Tabajara FM 106.1, que pode ser sintonizada, além do rádio, no celular ou pelo endereço
www.radiotabajara.com.br


O programa também vai tratar de direitos humanos e de tortura, mostrando como essa prática monstruosa ainda prevalece no Brasil.


Depoimentos de juristas e defensores de direitos humanos revelam como o castigo físico para obter confissão de presos ou de pessoas subjugadas é prática que sobrevive ao longo dos séculos. Até policiais são torturados em treinamentos da própria polícia.


José Emílio de Almeida, presidente da Associação dos Concursados do Pará, estará ao vivo no programa para dizer que a luta dos aprovados nos concursos públicos realizados pela administração estadual, parece ter se transformado num eterno drama.


Os mais de seis mil aprovados nos concursos da Seduc, Secult, Sepaq, Sespa, Emater, Susipe, Detran, Hemopa, etc., dão como certa a intenção da governadora Ana Júlia Carepa em manter os temporários ocupando os seus lugares, para garantir parte dos votos que precisa para ser reeleger em 2010.


Nenhum comentário: