Ban

domingo, 29 de novembro de 2009

Resposta final a um estuprador imundo

Um sujeito que abandona a própria mãe e, depois, tenta usá-la para se fazer de coitadinho, é o cúmulo da bestialidade.



É tão frouxo, tão covarde, tão indigno, que se esconde atrás da saia de alguém que passou a vida a maltratar.



Esse imundo sabe muito bem que as pessoas normais – o que não é o caso dele – tendem a sentir pena de gente doente.



Por isso, tenta usar o “marketing da piedade” para manipular os outros e inverter os papéis dessa peça sórdida.



Quer se fazer de vítima, quando, na verdade, os ataques canalhas partiram é dele.



Quer satanizar quem apenas se defende – mas, se defende usando a única linguagem que ele entende: a linguagem da imundície, da pocilga imunda em que ele cresceu.



Nunca teve amor a ninguém.



Porque quem tem amor a alguém não abandona os pais doentes; quem tem amor a alguém não estupra menininhas indefesas.



É o monstro a tentar iludir a platéia; é o psicopata a tentar se fingir de anjo.



É o porco tentando vender a imagem de uma dignidade que não possui.



Não sente nada, não – não se iludam! Quer, apenas, é bancar o mocinho aos olhos de vocês; enganar vocês.



Não teve nenhum pudor em insinuar as coisas mais porcas, mais canalhas acerca dos outros – e de forma absolutamente gratuita, porque nunca foi atacado por ninguém.



É como o bandido, o assassino frio que estupra e mata mulheres e depois, quando lhe perguntam por que fez isso, ainda tenta convencer os outros de que foram elas que o provocaram.



No meu caso, tudo isso começou porque, simplesmente, não quis trabalhar com esse patife.



NÃO QUERO! NÃO VOU!



Simplesmente, não tô a fim. E daí? Vais fazer o quê?



Trabalho pra todo mundo, mas, não pra ti.



PREFIRO VENDER PUPUNHA NO VER A PESO, A TRABALHAR PRA TI, SEU MERDA!



E não tô mais disposta a engolir “aru” por causa dessa tua DOENÇA.



Agora, presta a atenção no que eu vou te dizer, seu javardo: meu blog não é a tua lixeira; não é o teu covil de puxa-sacos; o teu aglomerado de bestas-feras, que parecem gozar diante dos teus ataques porcos e covardes.



Em respeito aos meus leitores, não vou mais ficar a usá-lo para te responder com a lama da tua imundície.



Mas, fiques certo de uma coisa: não vais continuar impune; vais pagar por todos os crimes que cometeste ao longo dessa tua vida imunda.



Vou prestar um serviço à comunidade, ao te banir, seu corrupto, seu ladrão de dinheiro público, seu estuprador, do horizonte da sociedade paraense – e não só a ti, mas, à tua quadrilha inteira.



Vou prestar um serviço à humanidade, ao PROVAR para todo mundo, inclusive para os teus filhos, quem, de fato, és.



E podes ter certeza de que isso não vai ser feito com ódio, não.



Porque, no meu trabalho, eu sei ser fria como a morte, seu canalha.



E tu sabes bem que não vai faltar quem se disponha a me ajudar, né mermo?



Ah, e já ia me esquecendo: meu melhor trunfo não vai cair na mesa de qualquer jeito, não! Podes ter certeza de que ele virá. Mas, no tempo certo.



Será, a bem dizer, o gran finale dessa peça sórdida que começaste a escrever.




FUUUIIIIIII!!!!!!

8 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns, colocastes os pingos nos "ís".

Anônimo disse...

Muito bem, Ana Célia. muita força. Estou na torcida. Põe esse canalha atrás das grades, sem dó nem piedade. Vou ficar rezando para que a justiça se faça pelas tuas mãos.

Anônimo disse...

É isso aí Ana Célia, não caia no jogo desse patife. Faça a sua parte como você sabe muito bem fazer. Te garanto que temas não faltarão. O currículo "oculto" desse canalha é enorme pra você se debruçar e revelar em todos os detalhes pra todos nós.

Anônimo disse...

Ana, o que deu o caso Hangar? Você acredita que nesse Estado ou país aoonteça alguma coisa?

No Hangar, contiuam fazendo mega farras com o dinheiro público.

Anônimo disse...

E NÃO ESQUECE DE FICAR DE OLHO NESTE GOVERNO CORRUPTO DO PARÁ.

Anônimo disse...

Temos que banir esse pílantra da sociedade, ele é um doente, um psicopata, todo cuidado é pouco.

Wanterlor Bandeira disse...

Saudações a quem tem coragem.
Valeu perereca. Beijos

Anônimo disse...

não perde tempo com picuínhas
investiga o assalto da ds
é bomba pura
distribuição de mensalinho para eleger suely