Ban

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

carajás

Plebiscito do estado de
Carajás mobiliza sul do Pará



Lideranças do sul do Pará preparam ampla mobilização para pressionar o Congresso Nacional a aprovar o projeto de decreto legislativo que estabelece a realização de plebiscito para a criação do estado de Carajás.


O deputado federal Giovanni Queiroz (PDT) considera inadiável a votação da proposta, “pois só assim teremos um instrumento que efetive a presença do Estado na região, que por suas dimensões continentais e ocupação irregular gerou problemas sociais, econômicos e de segurança nacional”.

O projeto está pronto para ser incluído em pauta, para votação pelo plenário do Senado. Se aprovado, seguirá, então, para a Câmara dos Deputados.
Giovanni acredita que, até o final deste ano, “teremos boas novidades nesse projeto”.

A informação consta do último boletim do deputado, cuja íntegra pode ser acessada aqui http://blogdogiovanniqueiroz.blogspot.com/

2 comentários:

Anônimo disse...

É a única forma de dar jeito nessa situa~ção de violencia e invasões no sul do Pará.
Criando um Estado com Governo próximo aos cidadãos.

Anônimo disse...

PARA VC VER PERERECA " CHAPA TÁ QUENTE" POR AQUI: LEIA ISSO.
ESSAS POSTAGENS SÃO DO BLOGGER DO HIROSHI BOGÉA.

Anônimo Anônimo disse...

Ô das 09:55 hs. aceitamos mas não concordamos com suas colocações. Mesmo pq vc parece ñ conhecer a imensidão física do Sudeste do Estado. De Parauapebas até Marabá, incluso aí todas as áreas de influencia do Proj. Grande Carajás, nos últimos 15/20 anos, foram criados 8 municipios e, toda essa área fazia parte do municipio de Marabá ou seja, é humanamente impossível, administrar com eficiencia, daí de Belém, essa área de dimensões continentais. E esse é só 1 dos motivos. Na verdade, queremos, e temos condições de "caminhar com nossas próprias pernas". O cerne principal da questão e motivo para " o não" dos belemenses e região metropolitana, é "a arrecadação" de nossa região que n querem perder pois, cairia em muito o valôr total mensal arrecadado pelo Estado. Pense um pouco nisso. Em 21.11.09, Marabá-PA.

21 de Novembro de 2009 10:53
Anônimo Anônimo disse...

Anônimo das 10:53
Tô bem aqui conheço a realidade local. Sou paraense.Marabá é minha casa. Conheço todos os politicos daqui,sei os maleficios que fizeram e fazem com essa região,politicos que com o advento do governo Petista perderam as asas,pois, nunca tinham soltado a teta da vaca profana. Vaca que derramou muito leite na boca das oligarquias locais e da região.Hoje vivem das migalhas poupudas do governo nefasto de Ana Julia e Lula da Silva. Viram Fernando Henrique 'entregar' a Vale a Preço de Banana e nada fizeram,dividem as migalhas que a vale joga na região entre si. O povo da região coitado vive a mercê desses pulhas.
No momento certo iremos ficar frente a frente nesse debate. DESSA VEZ COM O POVO. NÃO OS PULHAS. Ai mano vamos ver quem argumenta melhor.

É PERERECA O BICHO VAI PEGAR!!!!