Ban

sexta-feira, 23 de outubro de 2009



Governo Popular já investiu mais
de R$ 240 milhões na Santa Casa


De 2007 a setembro deste ano, O Governo Popular já investiu R$ 242.597.261 na Santa Casa, sem contar os recursos para a construção da nova Unidade Materno-Infantil. A informação foi fornecida à Assembléia Legislativa do Estado (Alepa), pelo presidente da Fundação Santa Casa, o médico Maurício Bezerra. Ele contestou informações divulgadas na mídia, dando idéia de descontrole no hospital. O auditório estava lotado de servidores da Santa Casa e representantes da sociedade civil organizada, principalmente da saúde.



A audiência pública, realizada na última quarta-feira, foi proposta pelo deputado Airton Faleiro, líder do governo na Alepa, para tornar públicas as ações de aquisição de equipamentos e capacitação de servidores.



Faleiro disse que a oposição se aproveitou das dificuldades da Santa Casa para atacar a imagem da instituição. Ele disse que a governadora contrapôs aos ataques o projeto da "Nova Santa Casa". "Nós não temos outra instituição que faz o que a Santa Casa faz".



Maurício Bezerra fez um relato minucioso dos números de atendimentos ambulatoriais e hospitalares e destacou os investimentos em infra-estrutura e projetos entre janeiro de 2007 e setembro de 2009.



Bezerra informou sobre a reorganização dos serviços, a partir de visão estratégica assistencial voltada à excelência no atendimento em média e alta complexidade; a adoção de ferramentas de gestão destinadas à transparência e qualidade, democratização da estrutura organizacional, valorização do servidor e fortalecimento institucional junto à sociedade e a modernização e ampliação dos serviços oferecidos, com a construção da nova Unidade Materno-Infantil, orçada em R$ 110.830.228,15.



Bezerra também enumerou a série de obras em benefício da população, como Programa de Atendimento Integral às Vítimas de Escalpelamento (Paives), Programa de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Pró-Paz), Projeto do Centro de Recuperação Nutricional (Cerenu), Projeto para Detecção Precoce do Câncer de Mama - Parceiras do Peito e Projeto de Educação Continuada em Saúde com Ênfase em Neonatologia e Atendimento à Gestante.



Como melhorias para a sociedade, ele apontou a implantação do Serviço Ambulatorial de Atenção Integral à Saúde da Mulher, modernização do parque tecnológico de imagem, com aquisição dos aparelhos de mamografia doado pela Sespa, ressonância magnética e tomografia, doados pela Uepa; e ampliação da UTI Neonatal de 22 para 40 leitos.



Além de Faleiro, que presidiu o evento, compuseram a mesa o presidente da Santa Casa, a representante do Conselho Estadual de Saúde (CES), Eunice Guedes, a representante do Movimento Popular de Saúde, Silvia Macedo, o representante do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sindsaúde), Ribamar Santos, o médico aposentado da Santa Casa, Alípio Bordalo e o prefeito de Portel e presidente da Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam), Pedro Barbosa.





Fonte: Ascom - Santa Casa / veja www.pa.gov.br. Notícia enviada ao blog pela Assessoria de Imprensa do deputado Aírton Faleiro.

2 comentários:

Anônimo disse...

O que aconteceu? Uma postagem transcrevendo uma nota da assessoria de comunicação da Santa Casa. Uma chamada de postagem denominando o atual governo de POPULAR. O que acontece Ana Célia? Esquisito, fora de contexto. Anti-jornalismo. Seja o que for, tomara que passe logo!

Anônimo disse...

Tu estás sem notícias ou estás queendo puxa o saca do tua xará, pra ve se descola uma boquinha no goveno?