Ban

terça-feira, 8 de abril de 2008

descobridores



Os Descobridores



Vou descobrir-te o caminho das Índias,
a América Prometida,
e os mares inavegados de teu corpo...

Hei-de encontrar-te a Boa Esperança.
E reunir-te, qual um Fernão de Magalhães,
os continentes dispersos...

Naufragarei em teus vendavais,
mas ressurgirei das ilhas remotas.
E de novo tornarei a possuir-te...

Roubar-te-ei o ouro, as especiarias,
as pedras com que te adornas
no refulgir de cada dia.

Serei o teu astrolábio,
e tu, a minha bússola bendita.

Juntos, aportaremos em Vera Cruz.
E faremos... um do outro...
o Cruzeiro do Sul.


Lisboa, 1988

Nenhum comentário: