Ban

sábado, 28 de julho de 2007

Lauande II

Lauande II


O que mais dói nessa história toda é que todos nós sabemos que essa foi uma morte canibalesca, autofágica...

Os filhos da dona Maria e do seu José mataram sem querer – e foi sem querer! – alguém que os defendia.

Ficamos sem ele. E eles, muito mais do que nós...

Mas é a guerra. Assim, são todas as guerras...

Nenhum comentário: