ban

Busque no Google sem sair daqui!

Custom Search

sexta-feira, 4 de maio de 2007

Os Novelino

Um caso complexo




Há coisas muito esquisitas nessa história sórdida que envolve o assassinato dos irmãos Novelino.

A própria cena do crime é intrigante: como é possível que dois estrangulamentos tenham produzido tanto sangue, a ponto de obrigar a que o lugar fosse, não apenas lavado, mas, também, tivesse até as paredes raspadas?

Como os Novelino, que também não eram santos, puderam ir ao encontro de Chico Ferreira, da forma como foram, desarmados e sem qualquer segurança, e até atendendo ao suspeitíssimo “pedido” de utilizarem um carro que não fosse reconhecido? E, pra mais, levando os originais de cheques em quantias tão elevadas?

A título de que “emprestaram” esses R$ 4 milhões a Chico Ferreira, que, de há muito, era conhecido, nos meios políticos e empresariais, pelos rolos em que se metia?

De onde veio o dinheiro dos Novelino e em que Chico Ferreira o utilizou?

Tratou-se, de fato, de um empréstimo? E, se foi assim, como e por que os dois empresários conseguiam atuar, tão livremente, num ramo que é exclusivo de instituições financeiras?

Como Chico Ferreira, um sujeito conhecido por sua “esperteza”, pôde planejar operação tão desastrada?

Por que não contratou, pelos mesmos R$ 30 mil, assassinos profissionais – desses que passam de moto e dão um tiro na cabeça da vítima – e que poderiam, por um trocado a mais, simular um assalto ou provocar um incêndio na casa dos Novelino?

Quais as ligações e do que sobreviveu, nos últimos dez anos, o possível executor, Sebastião Cardias, afastado da Polícia Civil, por envolvimento, se não estou enganada, no tráfico de drogas?

Por que Cardias pediu, à polícia, colete à prova de balas e prisão em separado? A quem teme, se Chico Ferreira e, aparentemente, as pessoas mais perigosas envolvidas na “operação” já estão presas e a família Novelino jura que não quer vingança?

E o colete é que é mais intrigante: que forças se arriscariam a apagá-lo, mesmo com toda a polícia e a imprensa em volta, numa coletiva, ao vivo e em cores?

Como Cardias pôde preparar, sem ser visto, em um ponto de bicho, os “caixões” onde as vítimas seriam colocadas? Como e quando ocorreu o incêndio nesse mesmo ponto? A quem pertence a “casa de jogatina”? E o dono (ou donos), ao ver (ou saber) da preparação, sequer desconfiou do que se tratava? Que lugar ocupava Cardias na organização dele, para ter tão livre trânsito?

Como um “empresário” que faturou, provavelmente, bem mais de R$ 100 milhões junto ao Governo do Estado, estava tão liso a ponto de precisar tomar emprestado e – e se apertar para pagar – “míseros” R$ 4 milhões? Ou, até, as “módicas” prestações em que o empréstimo foi dividido? Ou, ainda, os “levíssimos” juros de R$ 400 mil?

Ora, só o último contrato com o antigo Ipasep, rendeu a Service Brasil, entre 2002 e 2006, ou seja, em quatro anos, mais de R$ 10 milhões em pagamentos ilegais, conforme constatou a Auditoria Geral do Estado (AGE). Fora, portanto, o que pode ser considerado “legal”. E fora o que ela recebeu, do mesmo Ipasep, entre 1996 e 2002. E fora o que recebeu de outros organismos estaduais. E fora o que receberam as demais empresas, do mesmíssimo grupo, que mantinham contratos com 27 organismos estaduais. E fora o que o grupo ganhou de prefeituras paraenses. E fora o que ganhou nos outros seis ou sete estados em que operava, como já constatou a Polícia Federal.

Em outras palavras: onde é que foi parar tanta “bufunfa”? Ou será que esse dinheiro jamais entrou, integralmente, nos caixas dessas empresas? Se não, a quem beneficiou?

Mais: por que era necessário um quantitativo tão vasto de empresas – já foram identificadas 27 e há mais cinco na “agulha” – e uma profusão de laranjas, se a “quadrilha”, como classifica a PF, possuía quase que uma linha de crédito com o Governo do Pará e prefeituras paraenses, e quem sabe, com os governos de outros estados?

Principalmente se, como me contaram – mas ainda não tive condições de checar – os contratos de terceirização dessas empresas, com o Governo do Estado, previam o pagamento, pelo erário, de eventuais dívidas previdenciárias e trabalhistas que elas não tratassem de honrar?

Quer dizer: por que, tendo em vista os valores envolvidos e as condições camaradas dessa “linha de crédito”, a quadrilha se arriscaria a ser apanhada, pela polícia, receita e ministério público federais, por um rombo de R$ 9 milhões na previdência?

E por que Chico Ferreira, um de seus principais chefões – se era, mesmo – mandaria matar, às 20 horas, no centro de Belém (atrás, aliás, do maior shopping center da cidade), na sede de uma de suas empresas, dois irmãos de um deputado estadual, por causa de R$ 4 milhões? Mania de banditismo? Certeza de impunidade? Desespero? Por quê?

Como viviam Chico Ferreira e os vários parentes dele, usados como “laranjas”, nas constituições societárias dessas empresas?

E, como indaga um promotor de Justiça, de onde saiu Chico Ferreira, como, onde e com que iniciou seus “negócios”? De onde veio a teia de relações que lhe permitiu chegar ao filho do governador? E, sobretudo, por que e para quem Chico Ferreira é necessário?

Quando - e em que bases - Chico Ferreira estabeleceu relações tão “íntimas” com os tucanos, a ponto de suas empresas terem obtido contratos com o Governo Estadual, em licitações realizadas ainda em 1995, ou seja, ainda no primeiro ano do tucanato?

Mas, para além de tudo isso, há uma questão até mais intrigante: como o crime organizado, conforme investiga o Gemproc, pôde se estabelecer dessa forma, no coração do Poder, sem ser minimamente incomodado, ao longo de 12 longos anos?

Ninguém desconfiou? Nenhum senador, deputado, vereador, prefeito, técnico, secretário de Estado? Nenhum promotor ou procurador de Justiça? Nenhum desembargador ou juiz de Direito? Nenhum auditor ou conselheiro dos tribunais de contas? Nenhum policial? Nenhum advogado, nenhuma entidade? Nenhum jornal ou jornalista? Nem, pra mais não fosse, um mero clube de mães? Nem mesmo um “mísero” cidadão?

De onde adveio esse silêncio acachapante, pelo qual, todos, somos responsáveis? Da sensação de impotência? Da lassidão moral? Da cumplicidade? Do medo? De quê? Do aparentemente oculto? Daquilo que não quisemos ver e que, até hoje, nos aterroriza, dado o risco – de morte - que isso envolve?

Quem ou o quê está por trás desse esquema que, “somente hoje”, começamos a enxergar?

São muitas e profundas as questões.

Tomara que, um dia, consigamos, de fato, respondê-las.

33 comentários:

Romolo Sampaio disse...

Ana Celia,

voce eh corajosa e necessaria a nossa sociedade quando aborda esses "temas tabu" , na sordida historia dos bastidores da politica paraense que se confunde com a criminalidade sem precedentes instaurada em nosso Estado, enquanto os paraenses assistem a tudo com " cara de palhaco". Parabens pela sua ousadia.Queremos sim uma explicacao.

roberto ronie disse...

eu não conheci os rapazes que morreram mas só o fato de matarem e serem mortos da forma que foram..é uma corvadia, conhecço muito o ALESSANDRO E trabalhei pra ele como deputado, ninguem tem culpa de ter o dinheiro que tem. Dai hoje fazer das vitimas o criminoso e rediculo....

roberto ronie disse...

coverdes assasinos precisam de punição, não e justo fazer de reu quem já morreu os assasinos devem ir para a cadeia...

Anônimo disse...

Muito fácil pra vc, levantar hipoteses de um possível caráter duvidoso dos Novelinos, umas vez que eles não tão aqui pra se defender...

Anônimo disse...

Ana Célia. Análise corajosa, mas incompleta para o meu gosto.
Não vale a pena pesquisar a vida pregressa do Chico Ferreira. Talvez a vida atual ( agora atrás das grades) também possa elucidar quem é Chico Ferreira. Não só governadores do PSDB, mas governadora do PT. Não só prefeitos do PSDB, mas prefeita do PT estão metidos com Chico Ferreira. Tem até deputado federal do PT que Chico dava carona na garupa de seu jet-sky.
Prossiga, minha velha amiga. Pelo menos aqui nesse blogue não há censura, ao contrário do jornal onde trabalhas.
Vá em frente.
Te admiro muit.
Um maigo e admirador.

Anônimo disse...

Ehhhh...isso tá muito estranho mesmo, não acredito que em 12 anos de amizade com esse Chico sabendo quem ele é, os Novelinos acabaram caindo no papo furado dele de ir lá sem o carro deles, e os Novelinos com tanta grana, pq não foram com seguranças pra receber esse dinheiro todo? Ou que pedissem para o Chico, depositar na conta deles, pq não? A não ser que esse dinheiro "emprestado" seja trambique tb! Aí tem coisa! Mas que tudo isso não deixa de ser uma covardia mesmo desses assassinos, deveriam é estarem mortos isso sim, a justiça brasileira ainda tem muito que aprender!!

Djalma Jefferson disse...

Parabéns pela sua iniciativa, de analisar os fatos.
Vale ainda provocar a Receita Federal para investigar as origens e destinação de valores em dinheiro tão expressívos. Será que ambos tanto assassinos e vítimas estão ou estavam em dia com o Leão?
O história deve ser amplamente investigada doa a quem doer, precisamos deixar de romanticos e encarrar os fatos como são e se apresentam.
Mais uma vez parabéns!!!

Anônimo disse...

acho uma brutalidade que ocorreu com esses dois rapazes, e os assasinos deveriam pagar com a pena de morte.............

NELSON BANDEIRA disse...

Cara Ana Celia;

Sirvo-me da presente para repudiar parte dos vossos comentários, no que tange as suspeitas infundadas, sem conhecimento de causa, levantadas sobre a família Novelino.

Vale ressaltar que os Novelinos (naturais de Pernambuco), constituiram seu patrimonio ao longo de muitos anos, a custa de muito trabalho, em especial do seu Patriarca (BIRA NOVELINO), conhecido por ser um homem simples e de uma capacidade invejável ao trabalho, o que foi prontamente herdado por todos os seus filhos, sem exceção.

Levantar suspeitas quanto ao Patrimonio dos Novelinos, torna-se ato irrelevante para onde deve dirigir a indignação de qualquer cidadão.

Com certeza, o que se deve repudiar e condenar são as atrocidades cometidas contra dois jovens empresarios de futuros promissores, arrancados do seio da família de modo tão brutal e cruel, com requintes de crueldade que fariam corar o pior dos carrascos.

Atrocidades deste "jaez" nos faz perder a fé e esperança na humanidade, especialmente quando chegamos a estes níveis de violência.

Como a ousadia de sua reportagem, nao poderia deixar de fazer tal comentário e apontar a indignação por V.sa. sem conhecimento de causa levantar suspeita dos Novelinos, vez que os Bandidos, repise-se, são o Chico Ferreira e seus comparsas, que com certeza, ao fim, culminará nas veias políticas do Estado do Pará ... é esperar para ver...

atenciosamente,

NELSON BANDEIRA ´e Secretário de Assuntos Jurídicos do Município do Paulista/PE e casado com uma integrante da Nobre Família Novelino.

Anônimo disse...

O seu Nelson... ...nobres familias de fato , nao fazem agiotagem e nem traquinagens com e no governo. Defenda, com razao ,as vitimas da familia que voce e agregado pela forma repugnante como os memmbros da outra gang os mataram mas... ...quantos pais de familia nao perderam tudo, inclusive as proprias familas, por causa desses jurinhos "camaradas"que eles cobravam? E legitimo vc tentar defender mas... "diz com quem andas que eu te direi quem es."

Anônimo disse...

Tudo bem mas... ...o que mais o senhor sabe? Por que razao nao falas? Qual o misterio ? Por que atingir as veias politicas do Estado do Para, senhor secretario de assuntos juridicos de ... , do... ...de onde mesmo? Na sua condicao de secretario de assuntos juridicos, deve saber que acaba de se expor demais.Fale o que sabe ou se nao fala,por que?

Pedro F. disse...

"Nobre" Sr. Nelson Bandeira, talvez v.sa não conheça esta reporter, na qual vc lança um comentário hilário e descabido, faça uma viagem ao Pará para conhecer de perto de vc fala. Por outro lado, como Sec. Ass. Jur. v.sa faça parte deste poder (judiciário) municipal, e não seja atingido pelos desmandos deste outro poder que é o legislativo. Faça-me o favor, vc conhece óleo de peróba? pois é, se não conhece, lhe digo, serve para passar na sua cara-de-pau. Passar bem com o seu circulo "nobre".

Anônimo disse...

Alguem sabe, como os novelinos em pouco tempo se tornaram empresários de postos de gasolina?.
Herança?
rs rs rs isso é uma Piada!!!!!
Dizem q o Patriarca era Motorista de Caminhão.
Se foi esse o caminho, amanha mesmo eu vou procurar um emprego de motora de caminhão.
Parabéns Ana Celia Pinheiro

Anônimo disse...

Será que esse senhor NELSON BANDALHEIRA, já que o mesmo é advogado, poderia capitular para nós as penas previstas no Código Penal para quem empresta dinheiro a juros, ou melhor, faz agiotagem?

Um estudante de Direito

Anônimo disse...

O mínimo que peço é que se respeite a dor de uma família que perdeu dois filhos da forma que perdeu. Vamos deixar o resto por conta da polícia.

Anônimo disse...

Nada justifica tirar a vida de alguem. Rir da desgraça alheia é horrendo,abominável, digo isso porque tem muita gente julgando, os caras foram as vitimas e não quem os matou. Se eles (os assassinos) pediram dinheiro emprestado para financiar a campanha de quem quer que seja teriam que pagar, quem pede emprestado paga pô! Eu dúvido que o Chico Ferreira não sabia que o empréstimo era a juros!
Pena que neste Brasil não existe justiça, mas se este crime tivesse ocorrido nos EUA, no minimo para eles a penalidade seria a cadeira elétrica...

Anônimo disse...

Os meios, de forma alguma, nao justificaram ou justificarao os fins. Eh mais um triste capitulo da violencia no Para e reflexo de um Pais sem ordem e sem progresso,sobretudo, espiritual.
Ninguem pode ser feliz e cima da desgraca de alguem.
Romolo Sampaio

Anônimo disse...

Não vejo razão para levantarem tantas hipóteses sobre os Novelino, acredito que isso deve ser ato único e exclusivo da Receita Federal com quem eles terão que explicar a origem de tanto dinheiro.
Agora pergunto a vocÊs: O que muda de o dinheiro era ilegal ou não?! Eles vão voltar a ter vida?
Será que por ser dinheiro "sujo" a justça deve atenuar a pena dos culpados?

O que me impreciona na verdade e que apesar de todo sofrimento, pessoas recalcadas começam a ficar levantando hipóteses e mais hipóteses. Quero saber se fosse com vocês. Com pai, irmão, filho, amigo ou seja lá o que for, se vocês iam ficar se preocupando se o dinheiro era limpo ou sujo, quando tiverem seus entes sofrido o que eles passaram.
Além de pai, irmãos e sobrinhos sofrendo, não se esqueçam que eles tinham mulheres que devem estar arrasadas, mas pessoas como os pais, irmãos e amigos mais maduros, menos dependentes deles. o kitan tem um filho de 3 anos e o Ci tem duas filhas, uma de 17 e outra que completou 16 dois dias depois do assassinato do pai e do tio. Se ponham no lugar dessas meninas e pensem se ainda vale a pena ficar se perguntando do dinheiro.
Tenho pouca experiência de vida, com meus 22 anos, mas sei tentar me colocar no lugar das pessoas. E se fosse comigo acabaria minha vida.
Que essa tentativa de eludibriar os acontecimentos, de falar que não de sanidade mental do Chico F. não seja levada a sério, pois não passa de uma mentira deslavada. Imprecionante que no dia que os amigos/ irmãos dele foram assassinados na sua frente ele dormiu como um anjo, só veio ter problemas de sanidade mental, quando parte do seu plano foi descoberta. É muita ousadia, na verdade, isso muita confiança de impunidade. Que a polícia continue como atuou no caso e termine de desvendar esse emaranhado existente nesse duplo homícidio e que os culpados sejam resposabilisados, cada um respondendo pelo crime que cometeu, inclusive meus caros, a fam´lia da vítima, mas que respondam as autoridades competentes e não a suposições e levantamento de pessoas, que só vieram ao mundo para julgar e tentar fazer "justiça com as próprias mãos". Lembrem-se O mal julgador, por si só julga mal os outros.
Eu amo o Ci e o Kitan, nunca vou me esquecer deles. Como todas as pessoas tinham virtudes e defeitos. Nunca ganhei nada com eles, nunca tive nada com eles além de amizade e ainda estou estarrecida com tamanha brutalidade dos executores e maldade de algumas pessoas...
Espero que a família consiga neste momento de dor, ver realmente quem são seus amigos, pois na missa e no velório, pude presenciar vários papo defunto e pessoas querendo mostrar intimidade, porque eles continuam sendo influente, tendo poder e principalmente dinheiro. Aos que foram de coração me desculpem, mas as vezes por causa de "poucos" julgamos os outros d emaneira indevida.
Que seja feita jsutiça!!

Anônimo disse...

Me compadeço com a dor da família, porém, caso seja provado que o dinheiro realmente era "sujo", é incabível não dar importância a este "pequeno" detalhe. É bom lembrar, por exemplo, que uma pessoa que somente consome drogas não está apenas se prejudicando, mas também alimentando o crime, ajudando a matar adolescentes traficantes e etc. Agiotagem não é crime?

Anônimo disse...

Nada justifica a sordidez e brutalidade do crime. Infelizmente o inferno é aqui mesmo, somos cercados de "diabinhos" travestidos de gente, que nos envolvem em suas tramas, principalmente quando o "maldito" do dinheiro é o principal. Se esquecem de tudo e de todos, lhe dão corda até você não ter mais ar.

O tal de Chico Ferreira é um criminoso confesso (alguém sabe dos meandros que o fizeram confessar?) e deve ser tratado como tal. Mas ele é a ponta do novelo que deve, e tem que ser puxado - embora dificilmente o será. Nessa história macabra o que não falta é santo.

Muitos pauzinhos estão sendo mexidos para que a coisa fique só por aí. É de vital importância para muitos poderosos. E é gente de todos os credos, credores, posição, cores, ideologias e raças. A carga é altamente explosiva com o poder de derrubar gente poderosa e bem posicionada politicamente.

A meiga carta é subliminar, e o destino de Chico e seus comparsas já está traçado... é questão de tempo...

Anônimo disse...

Se realmente houver envolvimento da família Novelino com negócios escusos e enriquecimento com dinheiro sujo, acredito já terem se arrependido, pois duas vidas foram tiradas tão abruptamente por razões materiais. Acreditem, não há dinheiro no mundo que restitua as ausências e o sofrimento interminável que esta família vai ter que suportar. Isso é o próprio inferno em vida!
Que todos paguem pelos seus crimes! Todos que forem criminosos.
Que saibamos mais valorizar as coisas simples da vida e não correr somente em busca de riquezas materiais, pois mais valem as riquezas pessoais.
Esses rapazes eram preciosos para suas famílias! Que consigam encontrar a paz!

Anônimo disse...

Cara Ana Célia,

Seus questionamentos são coerentes, Chico Ferreira não se fez sozinho, a família Novelino não enriqueceu apenas como CAMINHONEIROS isso e conto de fadas!!!
Vivemos no Brasil e sabemos que a vida não e tão doce assim.
Sou educadora e tenho escutado no meio acadêmico comentário a respeito do fato.
Como você. Também tenho minhas duvidas sobre o caso, a policia do nosso Estado sabe que o crime foi motivado por dividas e sabe os motivos pelo qual ela foi contraída. Portando cabe a policia do Estado investigar para esclarecer:
1)Quais as vantagem em ser amigo de Chico Ferreira ?
2)Pq ser amigo a 12 anos de um homem que tem sua origem desconhecida?
3)Qual o real envolvimento dos Novelinos com Chico Fereira?
4) Qual o papel de Chico Ferreira no cenário político paraense?
5) Os Novelinos são agiotas ou apenas são bonzinhos ?
Segundo os jornais, os negócios de Ferreira vem desde o governo Almir, por duas vezes no governo Jatene contando ainda com o apoio de Parlamentares PTistas.
Comenta-se ainda que Chico Ferreira exercia um papel relevante no meio político, sendo que em alguns casos mantinha estreita relação econômica com alguns políticos dos mais diversos partidos do estado.
Logo deve se questionar, será que Chico Ferreira e um LOBISTA ? Quem mais poderia estar por trás destes negócios? E quem teria real interesse em resolver a questão com os Novelinos, sabendo que eles são agiotas?
E a Policia e seus Delegados pq não investigam a real motivação do crime?
Afinal, deve-se considerar que o crime se deu pq Ferreira não tinha dinheiro para pagar os juros da divida contraída com os agiotas?
A imprensa Paraense divulgou que Cárdias ia falar sobre o crime. E pq não falou? O que será que ele tem a dizer? E pq não ouvi-lo?
Eh! Talvez estas perguntas nunca tenham respostas, e este macabro acontecimento jamais tenha sua real motivação exposta a sociedade.
Amim só resta torcer que fatos como estes sejam solucionados e que a verdade apareça. para que nem um inocente seja punido pelas mãos da justiça.

Um grande abraço e acompanharei a repercussão dos fatos pelo seu blog.

Maria

Anônimo disse...

A FAMÍLIA NOVELINO É TÃO NOBRE, QUE A POUCO MAIS DE UM ANO A POLÍCIA FEDERAL FECHOU UM DOS POSTOS DE GASOLINA DE ALESSANDRO NOVELINO, JUSTAMENTE POR VENDER GASOLINA ADULTERADA.

JÁ NO CASO DO CHICO FERREIRA QUE ERA SÓCIO DE MARCELO GABRIEL,POR QUE SÓ O CHICO TINHA INTERESSE NA MORTE DOS IRMÃOS?UMA VEZ QUE O DINHEIRO FOI EMPRESTADO PARA SALDAR DÍVIDAS DA EMPRESA,SEGUNDO DEPOIMENTOS.

Anônimo disse...

SE ELES TINHAM CARATER DUVIDOSO NUNCA VAMOS SABER ,MAIS UMA COISA É REVOLTANTE TIRAR VIDAS HUMANAS, DESSA FORMA,PELO AMOR DE DEUS NÃO SE DEVE FAZER ISSO NEM COM UM ANIMAL,ESPERO SINCERAMENTE DO FUNDO DO CORAÇÃO QUE SE FAÇA JUSTIÇA,ISSO FOI UMA BARBARIDADE.

Anônimo disse...

Ana Célia
Não é a primeira vez que leio algo escrito por pessoas que não fazem a menor ideia do que estao falando! Se informe, não queira ser mais uma recalcada que quer criticar a familia Novelino, pois vc e muitos outros só falam estas coisas pq não tiveram a felicidade de conhecer Ubiraci e Uraquitan Novelino as duas pessoas mais maravilhoras que conheci.
Da onde surgiu tanto dinheiro?
vcs ja ouviram falar de trabalho, não é o emprego, e sim a força de vontade do trabalhador, Ubiratan Novelino é um homen que sempre deu duro para poder dar aos seus filhos o melhor que ele poderia, e seus filhos o msmo fizeram, abriram mão de muita coisa pra trabalhar e poder dar aos seus filhos uma boa educaçao e que no futuro se tornassem bons profissionais, nenhum Novelino trabalha pra si, trabalha para os seus filhos, é esse amor que faz uma pessoa ter sucesso alem de um verdadeiro talento para os negocios. NÃO É CONTO DE FADAS NÃO, É UMA COISA CHAMADA TRABALHO DURO, nao sei se vcs pessoas que tanto falam conhecem o significado disso, pq talvez se soubessem o significado não falariam tanta besteira!
O caso Novelino deve ficar marcado na memoria do povo paraense para que crimes barbaros como este nao voltem a acontecer, e para que nao mais bandidos como estes fiquem impunes, como tanto ja aconteceu.
E vc não foi ousada, foi só mais uma que tentou conseguir mais 5 minutos de fama como muitos outros, como reporter vc deveria se envergonhar, e da proxima vez que for escrever algo se informe !
Vc escreve bem, só falta se informar sobre o que vc fala.
O mais triste disso tudo, é saber que pessoas tão maravilhosas foram mortas por causa de um pedaço de papel, apenas isto, um pedaço de papel !
dois filhos, dois pais, dois irmao, dois tios que foram arrancados de suas familias, e que hoje contam com os amigos para os defender de pessoas que insistem em falar mal deles, duas pessoas que passaram o que passaram e que infelizmente não estao mais aqui para se defender.
Essas pessoas deveriam ve-los como pessoas a quem admirar!

Anônimo disse...

"Puxa saco"

Anônimo disse...

Em primeiro lugar ,meus sentimentos FAMILIA NOVELINOS.
pai nosso que esta no ceu
santificado seja o teu nome
venha a nos o teu reino
seja feita a tua vontade
aqui na terra
como no ceu
nao nos deixe cair em tentacao
+ live-nos de todo mal
AMEM
Isso tudo e a falta DE:
DEUS
AMOR
Tenho vergonha de ser BRASILEIRA nesse momento!

Anônimo disse...

Queria manifestar minha indignação sobre alguns comentários aqui postadso. Como qualquer ser humano, o Cí e o Quitan tinham defeitos sim, mas tb tinham grandes qualidades. Quem fala deles é pq, certamente, não tiveram o privilégio de conhecê-los. Eram pessoas boas, que faziam caridade aos outros, sem que ninguém soubesse, pq só assim tem valor. Meu contato maior era com o Cí, ele era uma pessoa MARAVILHOSA, um excelente filho, pai, amigo, vizinho, patrão, enfim uma pessoa sem igual. Lamento muito o que aconteceu com eles. Tinham um futuro lindo. O Cí era cheio de vida, mas hj tenho ceretza q ele conseguirá superar td isso, irá perdoar esse inimigos, para poder ser ainda mais feliz, em sua vida espiritual. O tempo que vcs perdem escrevendo ou falando mal deles, deveriam fazer como eles sempre fizeram, trabalhem. Nunca vi o Cí falar mal de ninguém. Apesar de ser muito rico, todos os dias, às 8h da manhã ele saía pra trabalhar, ia lá para o seu escritório na BR, onde ficava o dia inteiro. Não ia em casa sequer pra almoçar. Então acho que isso mais do que explica a origem do seu dinheiro - De muito trabalhho e honesto. Era incapaz de ficar com 1 real que não fosse seu. Ele morrei pq estava cobrando o que era seu. Ele não estava pedindo nada de ninguém. Agora, quem pede dinheiro, tem que pagar. Nada justifica o que fizeram. Foram uns idiotas em achar que ficariam impunes. Infelizmente a prisão desses bandidos não traz a vida dos meninos, mas talvez consiga amenizar a dor de todos. Cí e Quitan, que Deus conserve vcs, sempre, em um ótimo lugar. Saudades!!

Anônimo disse...

Como jornalista você é uma vergonha para nossa classe. Como pode uma pessoa se julgar como agente de tal profissão sem saber uma coisa básica que se aprende nos primeiros anos de curso? Vou lhe dar uma breve aula... Faz-se o cruzamento de informações, pesquisa-se, e não se sai por ai falando o que não sabe só para aparecer na mídia, ou no caso, um blogzinho mediocre de internet. É muito fácil falar quando não é você quem esteve ao menos aos arredores da situação. Em um situação como esta, o minimo que vc deveria fazer dessa sua vidinha estúpida, é respeitar os mortos e seus familiares, já que se vivos estivessem, os irmãos estariam propagando o bem, e não se preocupando em fazer fofoquinha da vida alheia. A formalidade me impede de dizer onde queria que você estivesse, pois para gente baixa, não existe outra possibilidade, entretanto, me conforto em saber que você nunca deixará sua devida insignificancia, só falta aprender a se colocar no seu lugar.

Anônimo disse...

Eu acho que para você escrever isso, você deveria ter provas em mãos para fazer o mesmo. Agora se você ao que parece não tem provas concretas, e "apenas" levanta hipóteses, você vai arcar com suas palavras. Não vem em questão dizer quem ta certo ou errado, se eram santos ou não, o que importa é que está neste momento vivo, e quem está morto, seria fácil qualquer pessoa aqui fazer um "blog" e comentar de sua vida alheia não seria ?, sem embasamento, qualquer um pode fazer isso, é uma pena "maldita inclusão digital" que da espaço pra pessoas de baixo caráter escrever o que vem a sua cabeça, antes de falar, pense, pesquise, vá atrás da fonte das notícias, uma pena que você "dita jornalista", no "exercício de sua profissão não faz jus ao que lhes são ensinado, uma pena que essa mídia sensacionalista tão atuante hoje em dia, ainda consiga "chamar" atenção, mas aguarde, porque dias melhores virão, e sinceramente, mais atenção em suas proximas públicações.
Cumprimentos

Anônimo disse...

Ana Célia!
por favor me ajude!
eu gostaria d saber o nome da irmã do irmãos novelino!
por favor me responda:
mariovox11@hotmail.com

lundgren disse...

Vcs nao tem oq fazer nao cambada de liso, interessa a ninguem a vida particular dos outros o dinheiro e deles eles fazem oq bem entenderem. e nao interessa a puto nenhum nenhum saber o nome de nenhum dos integrantes da nobre tradicional familia Novelino. vao arrumar oq fazer bando de perrapados. essa jornalista e mt ousada cuidado coma lingua q e o castigo do cu.


ass: Joao Lundgren ( secretario de açao juridica do estado de sao paulo )

Anônimo disse...

Bom,
Lamento o assassinato ocorrido, realmente o crime chocou o estado.
Respeito os familiares e amigos das vítimas.
Mas a blogueira tem razão, a área em volta do crime é muito nebulosa, não se sabe de fato a motivação deste crime.
"isso é trabalho para a polícia" a Polícia está buscando somente os culpados e cumplices pelos assassinatos, e se investigarem mais a fundo, muito provavelmente uma autoridade de cima irá arrumar um jeito de bloquear esta investigação, uma vez que o crime foi solucionado.

E sim, agiotagem é crime. Estelionato.
Isso é fato, e fato nao se discute.

E essa assinatura de Joao Lundgren? euhauheuhauehua faz me rir.