Ban

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Dura Lex...

Se a moda pega, vai faltar
paredon e Manoel Pinto da Silva...


Corrupto é condenado à morte...(Na China, na China...)


Da Agência Estado - Um ex-diretor da Agência Reguladora de Drogas e Alimentos da China foi sentenciado à morte, ontem, por ter recebido subornos e aprovado medicamentos abaixo dos padrões de qualidade aceitos, inclusive um antibiótico responsável pela morte de dez pessoas. (...)

A Primeira Corte Popular Intermediária de Pequim condenou Zheng Xiaoyu pelo recebimento de dinheiro e de presentes em forma de suborno no montante de quase 6,5 milhões de yauns (equivalente a mais de 1,65 milhão de reais) na época em que dirigia a Agência Reguladora de Drogas e Alimentos da China, informou a agência de notícias Nova China.

Os subornos recebidos por Zheng resultaram na aprovação de medicamentos com baixo padrão de qualidade submetidos à agência por oito diferentes laboratórios, prosseguiu a Nova China.

As ações de Zheng 'minaram amplamente a eficácia do monitoramento e da supervisão de medicamentos, colocaram em risco a vida e a saúde pública e tiveram um impacto social negativo', publicou a agência de notícias.

A punição é considerada adequada pelas autoridades locais por causa 'do volume de propina envolvido e da extensão dos danos causados ao público e ao país', concluiu a Nova China.


Corrupto se suicida...(No Japão, no Japão..).


Um ex-executivo saltou pela janela de seu apartamento, nesta terça-feira, no Japão, por causa de um esquema de corrupção com o qual também teria ligação o ministro da Agricultura que se suicidou anteontem, alimentando ainda mais um escândalo que ameaça o já abalado governo do primeiro-ministro Shinzo Abe.

O ex-executivo Shinichi Yamazaki, de 76 anos, saltou pela janela de seu apartamento em Yokohama, ao sul de Tóquio, informou Masamichi Ito, um oficial da polícia local.

A morte ocorre um dia depois de o ministro da Agricultura Toshikatsu Matsuoka ter se enforcado em seu apartamento horas antes de depor no Parlamento por causa de uma série de escândalos que o perseguiam desde quando foi empossado.

2 comentários:

Eduardo André Risuenho Lauande disse...

ahahaha
essa é perereca mais cheirosa das paradas paroaras

Ana Célia Pinheiro disse...

Obrigada, Lauande, pela atenção. Dá um beijão na Débora, que me pareceu uma pessoa very bacana! E, aliás, muitíssimo bem acompanhada!
Bjs, Ana