Ban

terça-feira, 15 de agosto de 2006

15 de Agosto - Vou Festejar!


Às “meninas” do Bataclan

(Quando vocês começaram a procurar calçada, pra rodar bolsinha, eu já era a dona do bordel!)


Dada a extrema sensibilidade de seus leitores, a Perereca deixa de publicar dois e-mails, recebidos há pouco. Um chororô tão copioso, que já gastei trezentas caixas de Kleenex...

Chamaram-me até de ingrata - as saaaannntas!!!! Logo eu, que, em cadeira de rodas, tive de me associar ao fabricante do Reparil...

Tão certo quanto a morte, é que a estrada é cheinha de curvas...

Em resposta ao “anônimo”, portanto, nada melhor que aquele sambão.

Para ouvir com a Beth Carvalho, tomando uma bem gelada. E, é claro, lembrando, bem devagarinho, tudo o que já lhe fizeram...


Vou Festejar

Chora, não vou ligar
(Não vou ligar)
Chegou a hora
Vais me pagar
Pode chorar, pode chorar

É, o teu castigo
Brigou comigo
Sem ter porque
Eu vou festejar, vou festejar
O teu sofrer, o teu penar

Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão
Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão

(Neoci / Dida / Jorge Aragão)

2 comentários:

Anônimo disse...

Quando ninguém lhe queria, ela lhe acolheu e lhe deu a mão.
E o que vc fez agora? Pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão...
Não esqueça que esse mundo é redondo e com algumas esquinas no caminho.
De qualquer maneira, boa sorte na sua vida e fique sempre com Deus.

Ana Célia Pinheiro disse...

Precisarei criticar - no sentido, mesmo - mais que o costume, esse comentário. Mas, me desculpem os leitores, estou tão Bâbada que tenho de reescrever isso sei lá quanto. Então, esperem. FUUUUIIIIII